CATEGORIA

Comemoração dos 100 anos do arquiteto Demetrio Ribeiro

2eb560adcbfa4bc9

 

O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB RS) irá promover na quinta-feira, dia 01 de setembro, às 19h30min, um evento comemorativo ao centenário do arquiteto e urbanista Demetrio Ribeiro, ex-presidente do IAB RS e do IAB nacional. A programação ocorrerá no Ponto de Cultura Solar do IAB RS com palestras, projeções de trabalhos, fotos e projetos, além de coquetel.

 

Demetrio Ribeiroe exerceu a presidência do IAB gaúcho e nacional,. Nascido em Porto Alegre e criado em Alegrete, onde ficou até os cinco anos de idade, Demetrio aos sete foi para a Europa, voltando à capital gaúcha aos 18 anos, no ano de 1935, quando se comemorava o centenário da Revolução Faroupilha. Estudou na Escola de Arquitetura de Montevidéu, na época em que ainda não existia o curso aqui e em 1943 precisou revalidar o diploma no Rio de Janeiro para poder trabalhar no país, ocasião em que conheceu Oscar Niemeyer.

 

No ano seguinte, começou a trabalhar em Porto Alegre, nas Obras Públicas do Estado, quando José Lutzenberger, que projetou a Igreja São José, dava aulas no curso de Belas Artes. Foi um dos fundadores da Faculdade de Arquitetura da Ufrgs, em 1946, onde lecionou durante muitos anos. Militante comunista, foi cassado em 1964, sobrevivendo do planejamento de pequenas e médias cidades, sem poder assinar seus trabalhos. Uruguaiana, Ita e Panambi são alguns dos municípios que levaram a assinatura do urbanista, que foi reintegrado com a Anistia. Sua obra era baseada na “arquitetura moderna no sentido autêntico, que dá prioridade ao conforto, ao bem-estar e à estética, obtidos com o mínimo de recursos”

 

FONTE: IAB-RS

 

Publicado em 25/08/2016
MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo