#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Um dos maiores propósitos da arquiteta e urbanista Tainã Dorea é difundir o olhar afro centrado e a diáspora africana na arquitetura, no paisagismo e na constituição das cidades. Dentro da campanha MulherEspecialCAU, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) compartilhou mensagem da influencer, representante da Região Sudeste, no canal oficial da entidade no YouTube.

 

Com especialização em Gestão de Projetos pela Poli USP Pro e mestranda em História e Fundamentos da Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP).

 

Dentre suas ações, realizou pesquisas voltadas à presença negra na cidade de São Paulo e ao processo de projeto de paisagismo afro centrado.

Atualmente é docente de Arquitetura no Senac Lapa Tito, trabalha no ecossistema de inovação CTE Enredes e é suplente de conselheira na Comissão de Políticas Afirmativas (CPAF) do CAU/SP, que promove ações de equidade, dentre elas, a equidade de gênero.

 

Compõem a CPAF/CAU/SP, coordenada por Melyssa Maila de Lima Santos e pela coordenadora-adjunta Nadir Moreira da Silva: Bruna Beatriz Nascimento Fregonezi, Maria Ermelina Brosch Malatesta, Maria Isabel Rodrigues Paulino, Marineia Lazzari Chiovatto e Thais Borges Martins Rodrigues (titulares), além das suplentes Jessica Aparecida da Silva Oliveira, Cristiane Lopes dos Santos, Tainã Antunes Valgas Dorea, Flávia Santos Santana, Marco Antonio Teixeira da Silva e Leticia Faidiga.

 

Diante da fragmentação bibliográfica e da ausência de referências, dedica suas redes sociais para a divulgação e disseminação das pesquisas afro centradas através do canal @arq.uilombo, o que chama de quilombo da arquitetura.

 

Veja a mensagem de Tainã Dorea dedicada às mulheres arquitetas, representando a Região Sudeste. Até o final do mês os canais digitais do CAU/BR contarão também com mensagens de profissionais das demais regiões do país. Acompanhe a hashtag #MulherEspecialCAU nas redes sociais.

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

#MulherEspecialCAU

Mesmo capacitada, arquiteta é preterida em promoção por não ser homem e não ter filhos para sustentar

#MulherEspecialCAU

“Trabalhe muito! É fazendo, errando, avaliando e sendo avaliado que crescemos”, diz Gisele Borges

#MulherEspecialCAU

“Quem para de estudar fica para trás”, alerta Imira de Hollanda ao citar estratégias para se manter no mercado

#MulherEspecialCAU

#MulherEspecialCAU: Arquitetura vai além da construção de estruturas físicas, defende Vanessa Mondin

Pular para o conteúdo