CONCURSO DE PROJETO

Arquiteto brasileiro, Caio Simonetti, vence concurso internacional de arquitetura minimalista

O projeto recebeu o nome ‘House of Leafs’ em referência à cobertura da casa, cuja forma lembra folhas curvadas pelo vento — Foto: Caio Simonetti / Divulgação

 

O Projeto “House of Leafs” (em tradução livre, “Casa de Folhas”), do jovem arquiteto brasileiro Caio Simonetti, venceu o concurso da Archiol Competitions, na categoria Minimal Dwelling. De caráter internacional, a competição visa explorar as possibilidades do minimalismo em projetos residenciais e premiou três competidores, tendo o brasileiro no primeiro lugar.

 

Ele inscreveu o projeto de uma residência pensada para uma família de três pessoas. A ideia era que o lugar fosse tranquilo e confortável, motivo pelo qual a paleta de cores foi reduzida a tons de branco e tonalidades de elementos naturais, como madeira, plantas e água.

 

“Ganhar um concurso de arquitetura é um sonho alimentado desde que comecei a estudar a trajetória dos profissionais que, hoje, são meus ídolos, como Angelo Bucci, vencedor do Concurso do Pavilhão do Brasil para a Expo’92 em Sevilha”, explica Caio.

Apesar de ter sido inicialmente concebido como um projeto puramente conceitual, a “House of Leafs” recebeu interesse de um cliente de Caio, que deseja incorporar o conceito em seu próprio projeto — Foto: Caio Simonetti / Divulgação

 

Para o jovem, que é formado pela Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), ganhar um concurso internacional adiciona um elemento extra de satisfação, pois na competição, ele teve a honra de enfrentar arquitetos de todo o mundo que apresentaram soluções excelentes como a casa flexível do chinês Dingxuan Chen e a estética residencial impressionante do grupo americano formado por Dora Otano, Nicolle Leon Mata e Lilyana Schilling. Ele diz sentir um misto de euforia pela vitória, felicidade pelo árduo trabalho e orgulho pelo reconhecimento da qualidade do projeto apresentado.

 

A Casa de Folhas

O título do projeto faz alusão à forma distinta da cobertura que simula folhas suavemente curvadas pelo vento.

 

A casa projetada por Caio é muito marcada pela entrada de uma luz suave, motivo pelo qual o subtítulo do projeto é “The Gentle Light” — Foto: Caio Simonetti / Divulgação

 

“A escolha do nome, no entanto, é uma homenagem especial a um amigo que conheci durante minha estadia de seis meses no Canadá, que era torcedor do time de hóquei Toronto Maple Leafs e foi quem me apresentou ao concurso”, comenta Caio.

 

Já o subtítulo – “The Gentle Light” – é decorrência da configuração e do posicionamento da estrutura de cobertura, desenvolvidos para permitir a permeabilidade difusa e sutil da luz natural.

 

O minimalismo

Como a proposta do concurso era conceber um novo paradigma residencial de caráter minimalista, foi nos princípios desse estilo que Simonetti focou.

 

Fazendo jus ao minimalismo, o projeto propõe apenas o necessário e essencial para uma vida confortável — Foto: Caio Simonetti / Divulgação

 

Ele explica que esse movimento modernista na arquitetura se afasta das tradicionais casas com telhados aparentes, molduras ornamentadas e acabamentos texturizados. Por outro lado, incorpora linhas simples e ortogonais, superfícies limpas e paleta de cores bem definidas. A influência estende-se a um nível subconsciente, segundo ele, transmitindo uma sensação de calma, limpeza e tranquilidade. “Esse enfoque também gera residências mais funcionais, com cômodos meticulosamente projetados para atender a finalidades específicas”, diz.

 

Segundo ele, o minimalismo arquitetônico se fundamenta na exclusão do supérfluo, por isso, o pavimento térreo da casa não tem divisões e dispensa ornamentos ou itens decorativos que não desempenhem função explícita e indispensável. “A residência é concebida como um espaço totalmente integrado, com exceção das áreas estritamente privativas, como o lavado e a lavanderia”, explica.

 

A paleta de cores prioriza os tons de branco e madeira, absorvendo também o verde da vegetação e o azul do espelho d’água central — Foto: Caio Simonetti / Divulgação

 

Já o pavimento superior fica a área privativa, identificada por um bloco suspenso com painéis ripados de abertura no estilo “camarão” e outros de vidro retráteis – que se estendem por todos os ambientes do primeiro piso, possibilitando a abertura total dos quartos para vistas das copas das árvores internas.

 

Para os materiais, Simonetti optou pelo uso de alvenaria, cortinas, concreto e estruturas metálicas, todos com acabamento em branco, além do emprego de vidro transparente. O mobiliário do térreo é de design exclusivo e autoral, mantendo a paleta de cores claras, com estrutura de madeira e estofamento em couro e linho.

 

Para honrar o minimalismo, a casa dispensa decorações que não desempenhem função explícita e indispensável — Foto: Caio Simonetti / Divulgação

 

Caio concebeu o projeto de forma puramente conceitual. Mas tudo mudou quando um cliente viu a “House of Leafs” após a divulgação do resultado do concurso e se interessou pelo conceito da casa.

 

“Estamos realizando um levantamento para análise dos custos totais de produção, além de adaptar o projeto ao terreno específico do cliente. Dessa forma, ele poderá avaliar se a proposta atende às suas necessidades ou se preferirá uma abordagem residencial mais convencional”, conta, feliz, o arquiteto.

 

Para honrar o minimalismo, a casa dispensa decorações que não desempenhem função explícita e indispensável — Foto: Caio Simonetti / Divulgação

 

 Concurso Archiol Competitions

A competição internacional que o arquiteto Caio Simonetti venceu está com inscrições abertas até o dia 31 de março para algumas categorias. São elas:

 

 

Outras categorias do Concurso Internacional da Archiol têm prazo para inscrição para junho, agosto e setembro de 2024 e fevereiro e março do ano que vem. Saiba mais no site. CLIQUE AQUI.

 

(Fonte: Com informações do Valor Econômico)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CONCURSO DE PROJETO

Fundepar lança concurso de Arquitetura para construção de planetário no Parque da Ciência

CONCURSO DE PROJETO

Abertas inscrições para o Concurso Nacional de Arquitetura do Memorial Erbo Stenzel

CONCURSO DE PROJETO

Fiocruz vai lançar Concurso Nacional para Projeto do Memorial sobre a Covid-19 em parceria com o IAB-RJ

CONCURSO DE PROJETO

III Fórum Internacional: Projetos vencedores de Concursos de Arquitetura mostram desafios da sustentabilidade

Pular para o conteúdo