ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquiteto surdo conclui graduação com projeto de clínica especializada para PcDs

Emerson: “Temos que fazer projetos para que as pessoas com deficiências sejam vistas e tenham todos os seus direitos respeitados” | Foto: Acervo pessoal

 

No dia 7 de janeiro de 2023, Emerson Rafael Galli da Silva realizou o sonho de concluir o curso de Arquitetura e Urbanismo. Mais do que uma conquista pessoal, o jovem arquiteto de Erechim, no norte do Rio Grande do Sul, produziu um feito simbólico: é um dos poucos estudantes surdos a receber diploma no país. Apenas 7% das 10,7 milhões de pessoas com deficiência auditiva concluem o ensino superior completo no Brasil, segundo levantamento da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada pelo Ministério da Saúde em 2019. 

 

Emerson conta que a arquitetura e urbanismo despertou sua atenção ainda na infância. “Desde muito cedo tive interesse por arquitetar projetos, desenhar cidades, observar a natureza…”, relata. Mas o caminho entre a decisão pelo curso e a conclusão da graduação revelou as barreiras que se impõem para as pessoas com deficiência no ambiente acadêmico e que levam ao baixo número de profissionais PcDs. Apenas 1% dos/as arquitetos/as e urbanistas que responderam ao Censo 2020, realizado pelo CAU Brasil em parceria com o Instituto Datafolha, declararam ser portadores de algum tipo de deficiência. 

 

 “Um dos maiores desafios foi a aceitação de um surdo pela falta de conhecimento dos professores e, às vezes, até de colegas que não acreditavam muito”, conta Emerson. A condição que costuma excluir pessoas como ele virou potência criativa na graduação. Ao longo dos seis anos que passou na universidade, ele conta que se dedicou a provocar o olhar da comunidade acadêmica para as pessoas com deficiências, especialmente as surdas. “Quando vê um cego ou um cadeirante, você sabe qual é a deficiência que ele tem. Mas você não sabe quando uma pessoa é surda. O surdo tem uma deficiência invisível”, observou. 

 

IAB homenageia Emerson pelo projeto de conclusão de curso, uma clínica especializada em atendimento a PcDs | Foto: Acervo pessoal

 

A inclusão é um desafio que os profissionais de arquitetura e urbanismo precisam atender, alerta Emerson. “Temos que fazer projetos para que as pessoas com deficiências sejam vistas e tenham todos os seus direitos respeitados”, disse o jovem arquiteto. A própria passagem do estudante pela universidade pode ter sido transformadora para a formação dos colegas. “Eu acredito que a minha presença em sala de aula possa ter ajudado, porque se você não convive com a deficiência, ela vai passar despercebida”, disse.

 

Segundo Emerson, frequentar a universidade por seis anos apenas foi possível com muito esforço diário e suporte profissional. O apoio da família também foi fundamental; em especial, o da mãe. A pedagoga e intérprete de Língua Brasileira de Sinais, Veranice Galli, chegou a  acompanhar o filho em alguns semestres.

 

No trabalho final de graduação, o estudante uniu os conhecimentos adquiridos ao longo do curso e a experiência pessoal para criar o projeto Liberté – Clínica Especializada no Atendimento de Pessoas com Deficiências. A edificação conta com espaço dedicado a fisioterapia aquática, iniciativas educacionais, ensino bilíngue (Libras), consultórios e outros ambientes adequados ao público. O projeto contou com a orientação da professora Kelly Pavan e foi selecionado pelo IAB – Instituto dos Arquitetos do Brasil – seção Erechim – como um dos três melhores trabalhos de conclusão de curso. 

 

Conheça o projeto:

 

 

5 respostas

  1. Parabéns, lindo o projeto e extremamente necessário…

  2. Tenho orgulho da conquista de meu filho. Foram 6 anos de esforço e dedicação. Tive o privilégio de acompanha-lo diariamente. Seu otimismo e dedicação foram essenciais a sua caminhada. Parabéns.

  3. Como pai sinto-me orgulhoso em participar da conquista do Emerson. Foram 6 anos com o privilégio de que o acompanhou diariamente. Sua maior virtude dedicação. Suas maiores atitudes não desistir é otimismo. Parabéns.

  4. Parabéns Emerson pela dedicação e esforço. Que seu exemplo seja de fato um incentivo para outros mais. Espero ver publicações de trabalhos seus porque é muito bom no que faz. SUCESSOS!

  5. Parabéns Filho, quanto orgulho tenho de sua caminhada… Amo você…. agora sim.. voa que o mundo é seu….

Os comentários estão desabilitados.

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Projeto brasiliense ganha destaque Internacional no Prêmio ArchDaily Edifício do Ano 2024

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquiteto Washington Fajardo vai atuar na Divisão de Habitação e Desenvolvimento Urbano do BID

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquitetura Modernista: New York Times indica Brasília como um dos melhores lugares para visitar 2024

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Conheça os profissionais premiados pelo CAU Brasil no Dia do Arquiteto e Urbanista 2023

Pular para o conteúdo