ASSESSORIA PARLAMENTAR

Arquitetos e urbanistas assumem protagonismo em Prefeituras do Brasil

Arquitetos e urbanistas estão assumindo cargos de destaque nas Prefeituras em todo o Brasil. Como profissionais especializados na construção de cidades, eles trazem a esperança de que é possível transformar a realidade dos centros urbanos, reforçando o planejamento e buscando melhores soluções para questões como sustentabilidade, mobilidade e acessibilidade. A presença de arquitetos nas Prefeituras do país é um dos pontos reivindicados pelo CAU/BR e pelos CAU/UF na Carta Aberta aos Prefeitos e Vereadores, onde estão listadas uma série de ações em favor do planejamento urbano, com base na Nova Agenda Urbana proposta pelas Nações Unidas durante a Conferência Habitat III, realizada no ano passado em Quito, no Equador. Leia aqui a Carta aos Prefeitos.

 

 

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2016 o Brasil elegeu sete arquitetos e urbanistas como prefeitos e 25 como vereadores. Um deles é o novo prefeito de Canoas (RS), Luiz Carlos Busato. Ex-deputado federal reeleito em 2010, o arquiteto e urbanista interrompeu seu mandato na Câmara dos Deputados, onde apoiou o CAU/BR em diversas causas ligadas a Arquitetura e ao Urbanismo, como a exigência de projeto completo nas licitações de obras públicas e a obrigatoriedade de concurso pública para contratação de projetos arquitetônicos. Veja aqui. 

 

O arquiteto e urbanista Luiz Carlos Busato, prefeito de Canoas (RS)

 

No mesmo sentido, o arquiteto e urbanista José Francisco Soares Sperotto, novo prefeito de Guaíba (RS), coloca como fundamental o planejamento a médio e longo prazo, reforçando a importância de os gestores públicos estarem acima dos interesses privados. “Eu não posso simplesmente aceitar o que os investidores me trazem. Tenho que pensar no planejamento das cidades, na expansão e na mobilidade urbana, para que o município dê as diretrizes e não o investidor”, avaliou. Leia mais aqui. 

 

No Paraná, o arquiteto e urbanista Anderson Bento Maria foi reeleito para um segundo mandato como prefeito de Maripá. Ele afirma que vai trabalhar com atenção às 10 medidas do planejamento urbano defendidas na campanha do CAU/BR. “É fundamental para nós gestores públicos, conhecermos a realidade em que vivemos, e com isso planejar ações concretas que visem desenvolver sustentavelmente nossas cidades, também pensando nas futuras gerações. A campanha lançada pelo CAU/BR irá proporcionar aos novos gestores uma visão diferenciada de planejamento e fará com que tenham outra forma de ver e pensar tudo que está em sua volta. Isso tem impacto direto sobre a forma de trabalhar, o que para mim tem feito a diferença à frente da administração do Município de Maripá”.

 

O arquiteto e urbanista Anderson Bento Maria, prefeito de Maripá (PR)

 

Há ainda uma grande quantidade de arquitetos e urbanistas servindo a seus municípios como secretários de pastas ligadas ao planejamento urbano. A maior cidade do país, São Paulo, possui dois arquitetos e urbanistas no comando de pastas importantes da Prefeitura. O secretário de Habitação é o arquiteto e urbanista Fernando Chucre. Político experiente, foi deputado federal e foi um dos principais apoiadores da Lei Nº 12.378/2010, que criou o Conselho de Arquitetura e Urbanismo. Até o ano passado, era presidente da Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa). Já a Secretaria de Desenvolvimento Urbano será chefiada pela arquiteta e urbanista Heloísa Proença,que possui 37 anos de experiência em gestão pública.

 

Fernando Chucre, secretário de Habitação de São Paulo

 

ARQUITETOS PROTAGONISTAS
O arquiteto e urbanista Celso Saito assumiu a Secretaria de Planejamento e Urbanismo de Maringá (PR). Ele possui mestrado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e pós-graduação lato sensu em Economia pela Fundação Getúlio Vargas. É vice-presidente do IAB Núcleo Maringá. Em Mogi das Cruzes (SP), a Secretaria de Planejamento e Urbanismo está a cargo do arquiteto e urbanista Claudio de Faria Rodrigues. Funcionário de carreira da Prefeitura, ele já havia sido secretário de Obras na gestão anterior.

 

O arquiteto Celso Saito, secretário de Planejamento e Urbanismo de Maringá

 

Outra jovem profissional que assume cargo político é a arquiteta e urbanista Jalila Böhm, secretária de Planejamento de Venâncio Aires (RS). Ela é autora do projeto arquitetônico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município gaúcho. A nova secretária de Infraestrutura da Prefeitura de Santo Antônio de Jesus (BA) é a arquiteta e urbanista Sônia Fontes, ex-deputada estadual. Já em Guarujá (SP), a nova gestão tem três arquitetos e urbanistas em seu quadro de secretários: Dirceu Marçal (Infraestrutura e Obras), Adalberto Ferreira da Silva (Planejamento e Gestão) e Darnei Cândido (Coordenação Governamental).

 

Arquiteta Jalila Böhm, secretária de Planejamento de Venâncio Aires

 

Na Paraíba, mais dois arquitetos e urbanistas assumiram funções importantes no planejamento urbano. No município de Conde, assumiu como secretário de Planejamento o arquiteto Flávio Tavares, que já recebeu, ainda quando aluno, láurea acadêmica proferida pelo CAU/PB por alcançar o melhor CRE no curso de Arquitetura e Urbanismo. “Nossa ideia é montar um quadro técnico e criar uma diretoria de controle, que alimentará tecnicamente todos os projetos e será uma base de dados comum que norteará a gestão”, explicou Flávio Tavares, destacando que buscará o apoio do CAU/PB nesta jornada.

 

Em Picuí, o arquiteto Alexandre Dantas, secretário de Infraestrutura da cidade, procurou o CAU ainda no mês de dezembro de 2016, para trabalhar em parceria com a legislação. “A nossa ideia é trabalhar dentro das leis estabelecidas pelo conselho, tanto na questão dos projetos quanto na questão urbanística e de infraestrutura, nos planos de habitação, saneamento e plano diretor da cidade”, explicou Alexandre Dantas, que trabalhou na Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup).

 

Secretário de Infraestrutura de Picuí (PB), arquiteto Alexandre Datas (no centro, de azul) em visita ao CAU/PB

 

 

CONSELHO DE PLANEJAMENTO URBANO DO RIO DE JANEIRO

Com o objetivo de apoiar o planejamento urbano da cidade, a Prefeitura do Rio de Janeiro instalou em janeiro o Conselho Municipal de Planejamento Urbano da Cidade do Rio de Janeiro (COPUR Rio), para o biênio 2017-2018. O COPUR Rio é formado por cinco arquitetos, sendo dois deles funcionários concursados da Prefeitura do Rio. Entre as atribuições do COPUR Rio está propor e discutir alterações urbanísticas, que privilegiem o desenvolvimento sócio econômico da cidade, respeitando as expressividades de cada região.

 

O COPUR Rio será presidido pelo arquiteto e urbanista Augusto Ivan Freitas Pinheiro, que foi um dos responsáveis pela concepção do corredor cultural de preservação e revitalização do Centro, e terá ainda como membros os arquitetos Paulo Casé, Pedro Rolim e Márcio Menezes. Estes dois últimos funcionários de carreira da prefeitura.

 

O secretário municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação, Índio da Costa, ressaltou que as áreas mais carentes das Zonas Norte e Oeste serão as prioridades na área de urbanismo. “O COPUR Rio mescla arquitetos já consagrados com jovens talentos da prefeitura. Através dele, vamos buscar formas de melhorar a cidade e cuidar das pessoas sem precisar comprometer os recursos públicos. Os membros do Conselho, que não recebem remuneração, vão pensar novas operações e formas de melhorar a cidade com o apoio da iniciativa privada e com o olhar dos urbanistas, que pensam a cidade como um todo”.

 

Membros do COPUR-RIO, acompanhados do prefeito e secretários

 

 

EXPERIÊNCIA INOVADORA

Em Brasília, o Governo do Distrito Federal apostou na capacidade técnica dos arquitetos e urbanistas e vem colhendo resultados significativos e quem têm merecido reconhecimento em todo o Brasil. Desde 2015, a Companhia de Desenvolvimento Habitacional (CODHAB-DF) vem implementando uma agenda inovadora nas regiões periféricas da capital, com a implantação de dez escritórios de assistência técnica de habitação de interesse social e dez concursos públicos de Arquitetura para construção de escolas e unidades de saúde. Todo o trabalho, realizado por arquitetos e urbanistas, é coordenado por Gilson Paranhos, ex-presidente do IAB Nacional. Saiba mais aqui.

 

A Secretaria de Estado de Gestão do Território e Habitação, à qual a CODHAB está subordinada, está sob responsabilidade do arquitetos e urbanistas Thiago de Andrade (secretário, ex-presidente do IAB-DF) e Luiz Otavio Alves Rodrigues (secretário-adjunto). A SEGETH está realizando uma consulta pública com toda a população do DF sobre as melhores formas de utilização da orla do Lago Paranoá. Veja aqui.

 

Gilson Paranhos (de azul) recebe Conselheiros do CAU/BR em posto de Assistência Técnica

 

NOVA AGENDA URBANA
Para reforçar a importância do planejamento urbano junto à sociedade e aos gestores municipais, o CAU/BR lançou em dezembro uma campanha nacional em favor da Nova Agenda Urbana, com anúncios em TV, rádio, jornais, internet, metrô, ônibus e até no recém-inaugurado VLT do Rio de Janeiro. Saiba mais aqui.

 

A campanha propõe 10 medidas em favor do planejamento urbano. A ideia é disseminar essas propostas nas cidades brasileiras, buscando abrir o diálogo entre prefeitos e sociedade sobre o futuro de nossas cidades. Conheça aqui as 10 medidas.

 

Publicado em 10/01/2017

16 respostas

  1. Secretario de Desenvolvimento Urbano do município de Serra (ES), o arquiteto Tarcísio Bahia

  2. Em Novo Hamburgo,RS temos eleita a arquiteta e urbanista Fátima Caixinhas Daudt.

  3. .
    Excelente ! Esse é o caminho.
    .
    Os Cargos considerados de “Confiança”, quando são ocupados por Técnicos/Profissionais Especialistas, produzem uma ação mais efetiva nos municípios, em especial nas áreas de saneamento básico, construção civil, planejamento urbano… etc.

  4. Espero sim q o CAUBR, trabalhe pra ampliar as oportunidades de negocios efetivamente para os arquitetos e urbanistas e faça publicidade disto; isso eu chamo de etica profissional…nao é so punir e cobrar anuidade…fica facil

  5. Tivemos oito anos de Prefeito Arquiteto em Jacareí-SP.
    Nem por isso houve alguma evolução urbana.
    Agora tudo novo, arquitetos assumindo cargos que antes eram só interesse político, muita coisa pode melhorar.
    Espero que esses que assumiram as prefeituras Brasil afora paguem o piso!
    Sirvam de exemplo nesse assunto tão esquecido e abandonado pelo CAU.

    1. Exatamente. CAU deveria lançar a campanha e a fiscalização pelo pagamento do piso.

  6. Ok. Mas isso já ocorria na PMSP, onde o protagonismo dos colegas foi fundamental para a elaboração e aprovação de um Plano Diretor, premiado pela ONU.
    Além do colega e conselheiro de São Paulo, João Setti, que foi o Secretário de Habitação.

  7. O prefeito eleito para o município de São Miguel no Rio Grande do Norte é arquiteto e urbanista, como também integrou a 1a gestão do CAU-RN, como conselheiro titular. Na atual gestão voltou como suplente.

  8. Que esses poucos exemplos se amplifiquem nas próximas eleições.

  9. Bom dia,
    O prefeito da cidade de Guaíba no RS, também é arquiteto. O nome dele é José Sperotto.

  10. Um técnico – arquiteto e urbanista associado a experiência de três mandatos de deputado federal e a vontade de fazer dão ao arqt. L.C. Busato todas as condições para fazer grande trabalho em canoas e com certeza deixará grande legado.

  11. Acredito que a carta não chegou em Natividade/RJ. Posso imprimir e entregar? Considero esta questão importante.

  12. ” O país tem mais de 5000 municípios, esperamos que este seja um bom começo. Boa Sorte, além de muito trabalho.”

    1. José, estes são apenas alguns exemplos que tomamos conhecimento. Caso saibam de outros profissionais que estão em cargos de direção em prefeituras, pedimos que por favor nos enviem mais informações.

  13. Sim! Nosso Prefeito de Canoas, vem há anos se preparando, aperfeiçoando e estudando nossa e sua cidade para propor o melhor. Se temos a $$* é graças aos estudos por ele feitos do Urbanismo da Cidade de Canoas! Parabéns Busato Conte conosco! Arq. e Urbanista Jane Mirian Wurth.

  14. O secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Canoas também é arquiteto e urbanista. Moacit Stello.

Os comentários estão desabilitados.

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

NOTA DE ESCLARECIMENTO

CAU/BR

CAU/BR aponta protagonismo feminino na arquitetura e urbanismo durante 98º ENIC

CAU/BR

Comissões do CAU/BR debatem temas de interesse dos arquitetos e urbanistas

CAU/BR

CAU/BR celebra uma década dos primeiros empregados públicos efetivos

Pular para o conteúdo