ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquitetura Brasileira: Carla Juaçaba vence Prêmio da revista Architectural Review

 

A arquiteta e urbanista brasileira Carla Juaçaba foi a vencedora do AR Emerging Architecture Awards 2018, prêmio que reconhece os jovens profissionais da arquitetura. Seu escritório, Carla Juaçaba Studi,o receberá 10 mil libras em reconhecimento a projetos exemplares, como a capela do Pavilhão da Santa Sé na Bienal de Veneza de 2018 e a Casa Santa Teresa, no Rio de Janeiro. O Carla Juaçaba Studio foi selecionado a partir de uma lista de 14 escritórios finalistas. Carla, carioca de 42 anos, formou-se na Universidade Santa Úrsula, no Rio de Janeiro, onde mantém seu escritório.

 

Um de seus projetos de maior destaque foi o Pavilhão da Humanidade, que abrigou a Rio+20 em 2012, projetado em parceria com a artista Bia Lessa. A proposta do Pavilhão foi a sustentabilidade, fator que é uma preocupação nos demais trabalhos da arquiteta. “Um dos princípios de sustentabilidade em Arquitetura é construir com o acessível”, explica.

 

Pavilhão da Humanidade da Rio+20 (Foto: Leonardo Finotti/Carla Jaçuaba Arquiteta)

 

O Ar Emerging Architecture Awards é concedido desde 1999 pela Architectural Review, uma revista inglesa internacional e mensal que é referência em arquitetura e design. O objetivo da premiação é destacar novos talentos da arquitetura e promover seus trabalhos para uma audiência global. Nesta edição, houve a entrega do Prêmio Peter Davey, em homenagem ao editor mais antigo da Architectural Review e fundador da premiação, que faleceu neste ano. O prêmio foi concedido ao Aulets Arquitectes de Mallorca, da Espanha.

 

Dentre os jurados da 20ª edição da premiação, que foi realizada em Amsterdã do dia 28 ao dia 30 de dezembro, estava a arquiteta espanhola Ángela García de Paredes Pedrosa e os arquitetos Gurjit Singh Matharoo e Ronald Rietveld, vencedores de edições prévias da premiação. Ao conceder a homenagem ao Carla Juaçaba Studio, o júri elogiou a “consistência e continuidade da arquiteta… de um simples pavilhão a uma residência familiar, a tenacidade e determinação para alcançar sua visão e trabalhar de perto no terreno. ”

 

Capela do Vaticano na Bienal de Veneza 2018. Projeto de Carla Juaçaba.

 

Além do Ar Emerging Architecture, Carla Juaçaba já foi vencedora do prêmio arcVision – Women and Architecture, em 2013 e foi indicada ao Prêmio Mies Crown Hall Americas de 2018, organizado pela Faculdade de Arquitetura do Instituto de Tecnologia de Illinois. Também entrou na lista dos participantes da exposição principal da Bienal de Arquitetura de Veneza de 2018, ao lado de Paulo Mendes da Rocha e do GrupoSP, e foi a primeira vencedora do prêmio arcVision – Women and Architecture, em 2013. 

 

Confira a lista completa de finalistas do AR Emerging Architecture 2018:

 

Carla Juaçaba Studio, Rio de Janeiro, Brasil (vencedora)

Yu Momoeda Architecture Office, Fukuoka, Japão (menção honrosa)

Johansen Skovsted Arkitekter, Copenhagen, Dinamarca (menção honrosa)

Aulets Arquitectes, Palma de Mallorca, Espanha (Prêmio Peter Davey)

Abari, Kathmandu, Nepal

Alejandro Guerrero | Andrea Soto, Zapopan, México

Ampuero Yutronic, Londres, Reino Unido

DOMAT, Hong Kong

OJT, New Orleans, Estados Unidos

Rosmaninho + Azevedo, Porto, Portugal

Studio FH Architects, Kampala, Uganda

Studio Weave, Londres, Reino Unido

T O B Architect, Dublin, Irlanda Titan, Nantes, França

 

Foto principal: Casa de Santa Teresa, Rio de Janeiro. Projeto indicado ao Prêmio Mies Crown Hall Americas (Foto: Divulgação)

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

PRÊMIOS

Prêmio Projeto de Arquitetura reconhecerá obras criadas por arquitetos nacionais

PRÊMIOS

SESI Lab concorre ao 8º Prêmio Obra do Ano da ArchDaily Brasil

PRÊMIOS

Prêmio Deca abre inscrições com novas categorias para arquitetos e designers de interiores

PRÊMIOS

CAU/MT e SOUL premiados com categoria no Prêmio Colunistas  

Pular para o conteúdo