Habitat III

Assembleia do UN-Habitat debate implementação da Nova Agenda Urbana

A primeira Assembleia Global do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (UN-Habitat) teve início hoje, dia 27 de maio, na sede da UN-Habitat, em Nairóbi, no Quênia. O encontro, que vai até o dia 31 de maio, reúne especialistas e técnicos do UN-Habitat para traçar um roteiro global em questões urbanas, sob o tema “Inovação para uma melhor qualidade de vida nas cidades e comunidades”.

 

O encontro terá a participação de 3 mil delegados, quatro chefes de Estado, mais de 40 ministros e representantes de 116 países. O evento será concluído com a publicação de uma declaração ministerial, na sexta-feira (31).

 

 

Durante os cinco dias, serão discutidas as principais linhas a seguir para um futuro urbano inclusivo e sustentável, com a representação dos 193 estados membros das Nações Unidas, outras agências da ONU, autoridades locais e atores não estatais, representantes da sociedade civil, grupos de jovens e mulheres, o setor privado e a Academia.

 

Alguns dos temas que serão debatidos são: pobreza urbana, a marginalização de grupos em risco de exclusão, o desemprego nas cidades, a crise humanitária nas cidades, a poluição ambiental, a resiliência às mudanças climáticas em escala urbana.

 

Painel de abertura da Assembleia Global do UN-Habitat. Foto: UN-Habitat.

 

 

A assembleia irá eleger os membros para o Conselho Executivo da UN-Habitat. O Conselho será responsável por revisar e aprovar o Plano Estratégico 2020-2025; bem como fornecer conselhos e oportunidades de formar alianças estratégicas para avançar na implementação das Metas de Desenvolvimento Sustentável (ODS), particularmente o objetivo número 11 e outros relacionados à urbanização.

 

O presidente do Quênia Uhuru Kenyatta foi uma das entidades a discursar no painel de abertura da UN-Habitat. Foto: The Mt. Kenya Times.

 

 

Criada por meio de uma resolução aprovada em dezembro de 2018 pela Assembleia Geral da ONU, a Assembleia da UN-Habitat é convocada a cada quatro anos e analisará os progressos realizados na Nova Agenda Urbana (NAU), que foi definida em 2016 durante a Conferência das Nações Unidas Habitat III em Quito, Equador.

 

A assembleia foi iniciada com discurso do Maimunah Mohd Sharif, Diretora-Executiva da UN-Habitat. Foto: UN-Habitat.

 

Confira aqui a cobertura em tempo real da Assembleia Global da UN-Habitat, que está sendo realizada por meio do Twitter oficial do Programa.

 

 

Com informações do El País e do site oficial da ONU.

 

Veja também:

Defesa do planejamento urbano é tema do primeiro dia da Assembleia UN-Habitat

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Em nome da ONU, Norman Foster lançará o “juramento de Hipócrates” dos arquitetos

ABAP

CAU e CEAU lançam abaixo-assinado por Cidades Justas e Moradias Dignas. Participe!

Acessibilidade

Campanha Mais Arquitetos 2022 mostra que Arquitetura e Urbanismo é acessível a todos

Habitat III

Prêmio UIA 2030: inscrições prorrogadas até 14 de janeiro de 2022

Pular para o conteúdo