CATEGORIA

Atribuições dos arquitetos e urbanistas são apresentadas na Unicuritiba

Palestrante
O gerente técnico e agente de fiscalização do CAU/PR, Walter Gustavo Linzmayer, enfatizou as competências e as habilidades dos arquitetos e urbanistas

 

 

As atribuições dos arquitetos e urbanistas foram o tema da palestra do gerente técnico e agente de fiscalização do CAU/PR, Walter Gustavo Linzmayer, realizada nesta quarta-feira (04) durante o Simpósio Integrado de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil do Centro Universitário Curitiba (Unicuritiba).

 

Linzmayer apresentou o histórico da profissão no Brasil e destacou as competências e as habilidades dos arquitetos e urbanistas. Segundo a Resolução nº 2, de 17 de junho de 2010, do Conselho Nacional de Educação, a proposta pedagógica para os cursos de graduação em Arquitetura e Urbanismo deve assegurar a formação de “profissionais generalistas, capazes de compreender e traduzir as necessidades de indivíduos, grupos sociais e comunidade, com relação à concepção, à organização e à construção do espaço interior e exterior, abrangendo o urbanismo, a edificação, o paisagismo, bem como a conservação e a valorização do patrimônio construído, a proteção do equilíbrio do ambiente natural e a utilização racional dos recursos disponíveis”.

 

Durante o evento, realizado no Grande Auditório da instituição, foi enfatizado o texto da Resolução 21 do CAU/BR, que especifica as 250 atividades dos profissionais em sete grupos: projeto; execução; gestão; meio ambiente e planejamento regional e urbano; atividades especiais; ensino e pesquisa; e engenharia e segurança do trabalho.

 

Plateia

 

O gerente técnico e agente de fiscalização do CAU/PR também falou sobre a implantação do Conselho, que foi criado pela Lei Federal nº 12.378, de 31 de dezembro de 2010, sendo fundado em 15 de dezembro de 2011, após meio século de luta por um conselho uniprofissional para defender os interesses da categoria. “Os estudantes serão os futuros arquitetos e urbanistas, por isso precisam conhecer os limites da atuação profissional. Essa orientação é uma das funções do CAU/PR”, explicou Linzmayer.

 

A estudante do 4º ano do Curso de Arquitetura e Urbanismo do Unicuritiba, Fabiana da Silva, ressaltou a importância da palestra. “Entendemos que os arquitetos trabalham em conjunto e de maneira integrada com profissionais de outras áreas” disse.

 

Já o coordenador do curso, Antonio Miranda, lembrou que intenção do evento foi aproximar alunos e CAU/PR. “Esse contato engrandece a formação dos nossos acadêmicos”, finalizou.

 

FONTE: CAU/PR

 

Publicado em 05/05/2016

MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo