CATEGORIA

Balanço 2016: denúncias são a principal demanda de Ouvidoria

cbiesplanada
Fachada do edifício CBI Esplanada, no Vale do Anhangabaú, sede do CAU/SP na capital. Imagem: Arquivo CAU/SP.

 

Denúncias de más práticas profissionais foram o principal item do balanço parcial das demandas atendidas pela Ouvidoria do CAU/SP neste ano, respondendo por 116 dos 679 atendimentos realizados entre janeiro e setembro.

 

Para esses casos, a Ouvidoria tem instruído aos usuários o encaminhamento direto à Fiscalização do CAU por meio do Cadastro de Denúncias do SICCAU, pois a área de Fiscalização é a primeira instância que deve ser acionada.

Saiba como encaminhar uma denúncia ao CAU/SP

Outro atendimento recorrente do trabalho da Ouvidoria diz respeito às dúvidas a relacionamento com o CAU/SP: foram 85 atendimentos.

 

Questões relativas à anuidade (80 atendimentos) também estão no topo dos assuntos mais solicitados no trabalho da Ouvidoria. Somadas às reclamações (6) sobre o valor da anuidade, este assunto foi o motivo de 13% das chamadas atendidas pela Ouvidoria.

 

O registro no CAU é condição obrigatória para o exercício profissional de Arquitetura e Urbanismo no Brasil e questões relativas a essa matéria corresponderam a mais de 10% das demandas encaminhadas.

 

O Sistema de Informação e Comunicação do CAU é a principal ferramenta de relacionamento do Conselho com os profissionais. Dúvidas de acesso a esse instrumento responderam por 10% dessas demandas.

 

No balanço anteriormente divulgado (período de abril a dezembro de 2015), as denúncias também foram o principal motivo de chamadas para a Ouvidoria, seguido por demandas a respeito do RRT (Registro de Responsabilidade Técnica). Neste ano, chamadas a respeito do RRT responderam por somente 7% das demandas atendidas.

 

A Ouvidoria atende aos chamados “casos críticos” – quando o reclamante esgotou outras possibilidades de atendimento pelos canais regulares do Conselho.

 

Cabe à Ouvidoria mediar e encaminhar as demandas às áreas competentes, acompanhando as providências e sugerindo mudanças de procedimento, quando necessário.

 

Saiba mais sobre o funcionamento da Ouvidoria do CAU/SP.
Entre em contato pelo Canal da Ouvidoria.

 

1

Fonte: CAU/SP

 

MAIS SOBRE: CATEGORIA

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CATEGORIA

Fórum de Presidentes do CAU/BR cumpre extensa pauta em Belo Horizonte (MG)

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Pular para o conteúdo