SEMANA DA HABITAÇÃO 2023

Boas práticas na execução de parcerias e prestação de contas pautadas na Semana de Habitação 2023

 

Dando continuidade à série de oficinas da Semana de Habitação em Aracaju/SE, um dos temas abordados no dia 27  foi “Boas Práticas na Execução de Parcerias”. A adoção de medidas que garantam a gestão responsável de recursos, monitoramento contínuo, comunicação aberta com as partes interessadas e relatórios detalhados é fundamental para a transparência  dos projetos. Além de demonstrar o compromisso com a transparência e a eficiência na gestão dos recursos públicos envolvidos, boas práticas na prestação de contas permitem responsabilidade na tomada de decisões e contribuem para o sucesso das ações.

 

A oficina abordou como as organizações da sociedade civil devem prestar contas do uso dos recursos. Dialogando sobre bons exemplos que podem ser replicados pelos CAU/UF, o encontro contou com a presença de profissionais de arquitetura de diversas cidades brasileiras. De acordo com o assessor especial da Presidência do CAU Brasil, Hermann Pereira, foi uma oportunidade para o CAU acessar um panorama das diferentes realidades e aproximar a autarquia das organizações das sociedade civil. “Um dos maiores desafios é o acesso das OSCs aos recursos disponibilizados nesses editais de ATHIS, que são, hoje, a melhor forma de fazer com que a arquitetura chegue às pessoas não apenas nos grandes centros, mas também aos lugares distantes, onde há ausência de poder público”, afirmou.

 

Já para analista técnica de Controladoria do CAU Brasil, Paula Valéria das Neves Benitez, a prestação de contas também é uma “parte nobre” do projeto, pois evita riscos. “É através da prestação de contas que a gente vê o resultado do projeto. Aqui na oficina tivemos vários exemplos de como comprovar as despesas realizadas, a correta organização da juntada de documentos, os documentos válidos para este tipo de comprovação, devidamente identificados com o termo de fomento em nome da entidade que recebeu o patrocínio”, afirmou.

 

Com projetos socialmente inclusivos, ambientalmente responsáveis e economicamente viáveis, as boas práticas garantem que as decisões tomadas levem em conta o bem-estar das comunidades, preservando a identidade local e criando espaços que beneficiem as gerações atuais e futuras.

 

ACESSE A APRESENTAÇÃO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

SEMANA DA HABITAÇÃO 2023

Semana da Habitação 2023 indica propostas para uma Política Nacional de Habitação efetiva

SEMANA DA HABITAÇÃO 2023

Oficina simula atendimento a famílias usuárias da lei de ATHIS

Pular para o conteúdo