CATEGORIA

Brasília, 56 anos

 

Foto de Bento Viana para o ensaio “Brasília vista do céu”

 

Construída em cima do barro e da esperança, Brasília nasceu de um sonho ambicioso de Juscelino Kubitschek. Agora, 56 anos depois, é mais do que apenas capital do país. Cidade planejada, no mesmo século em que foi criada recebeu da UNESCO o título de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade.

 

Para quem é arquiteto ou simplesmente gosta de arquitetura, Brasília é imperdível. E não estamos falando apenas de obras reconhecidas como cartões postais da cidade, como o Palácio da Alvorada ou o Congresso, mas de obras novas que trazem um estilo futurístico e revolucionário, como é possível ver no edifício da Procuradoria Geral da República, projetado por Oscar Niemeyer e inaugurado em 2002.

 

Prédio da Procuradoria Geral da República                                                                                                        Foto: Bento Viana

 

O planejamento urbano da cidade é diferente. Começando por seu formato, um avião dentro do quadradinho que é o Distrito Federal, certo? Não, no projeto de Lucio Costa era uma cruz, mas o imaginário popular transformou em um avião. O poeta Nicolas Behar afirma que o urbanista ficava irritado quando faziam tal comparação e dizia que uma borboleta ficaria melhor. E nessa cidade borboleta, as ruas não têm nomes, apenas números. E as esquinas? Elas quase não existem, na capital os cruzamentos são substituídos pelas famosas tesourinhas.

 

As “tesourinhas” de Brasília                                                                                                                              Foto: Bento Viana

Mas Brasília é mais do que arquitetura e política. Se o Brasil é uma junção de diversas culturas do mundo, Brasília consegue ser o resumo de o que é ser brasileiro. E para comprovar isso é fácil, converse com um brasiliense e o veja usar em uma só frase, gírias de nordestinos, gaúchos e mineiros. É um “óxente, que barbaridade, uai!”.

 

 

E se o brasiliense ou o turista gostar de sair, em Brasília não faltam opções. Só a arquitetura dos museus e igrejas da capital já fazem a viagem valer a pena. E se você gosta de verde, precisa saber que um dos apelidos de Brasília é “Cidade-Parque”. O Parque da Cidade Sarah Kubitschek é o maior parque urbano do mundo (4 milhões e 200 mil m² de área verde), ultrapassando, inclusive, o Central Park de Nova Iorque. E a cidade é cheia de jardins maravilhosos, como o do Palácio do Itamaraty ou do Setor Militar Urbano, projetados pelo paisagista Roberto Burle Marx. E se após conhecer a cidade der uma fome, não se preocupe, Brasília é o terceiro maior polo gastronômico do país. Tem comida pra todo gosto.

 

Catedral Metropolitana de Brasília                                                                                                                         Foto: Bento Viana

 

Ah, e o céu de Brasília? Segundo Lucio Costa, “o céu é o mar de Brasília”. Parte das fotos utilizadas na matéria fazem parte do ensaio Brasília Vista do Céu, do fotógrafo Bento Viana. “ Este projeto foi um grande desafio e estas fotos são meu presente para todos os brasilienses e brasileiros que admiram Brasília. Cidade monumento e museu vivo da nossa história ao ar livre. Capital deste grande país”, conta Bento.

 

Foto: Bento Viana

 

Brasília é conhecida pelo seu tempo quente e seco, o que faz com que a população saia de locais fechados e vá aproveitar a vida ao ar livre. O Lago Paranoá é uma das principais fontes de lazer da cidade. Construído em cima de onde antes era a Vila Amaury, o lago funciona como uma moldura para a cidade, e foi projetado com o objetivo de umedecê-la. Mas será que Juscelino Kubitschek imaginava que 56 anos após a inauguração da cidade, o lago seria o ponto de encontro de brasilienses que buscam surfar, andar de caiaque e até velejar?

 

Ponte JK                                                                                                                                                         Foto: Bento Viana

 

E aqui as pessoas vivem intensamente e em qualquer lugar. Por exemplo o Cine Drive-in, único cinema a céu aberto ainda em funcionamento na América Latina,  um ótimo ponto de encontro. Lá, famílias e amigos se reúnem, colocam cadeiras de praia para fora do carro e pronto: assistem filmes embaixo das estrelas, em um lugar calmo de 15 mil metros quadrados que nem parece ficar no centro da cidade.

 

E não para por aí, andando pelas ruas da 308 Sul, você pode passar pela famosa Banca da Conceição  (local de trabalho da jornalista, e agora também jornaleira, Conceição Freitas), e se der sorte, pode topar com cenas inusitadas. Como casais dançando na calçada ao som de um piano instalado nos dias em que a banca de jornais promove um sarau.  Já ouviu falar do Beijódromo?  Menor em dimensão que outras obras projetadas na cidade pelo arquiteto João Filgueiras Lima, o Lelé, a sede da Fundação Darcy Ribeiro, dentro da UNB, tornou-se famosa não só pela bela arquitetura, mas pelo seu anfiteatro, ‘um lugar onde os estudantes pudessem expressar seu afeto, sem o qual a universidade não seria feliz”, nas palavras de um ex-reitor.

 

Banca da Conceição na 308 Sul                                                                                                        Fotos de Cristina Ávila e Júlio Moreno

 

Brasília tem tantos detalhes e peculiaridades que precisaríamos de diversas reportagens para apresentá-los as vertentes da capital, e bem… foi isso que fizemos. Confira abaixo o clipping especial do CAU/BR e descubra mais sobre a Brasília que vai muito além da politica. Colabore, enviando outros links que você acha interessante para [email protected]

 

 

Arquitetura

CAU/BR: Lucio Costa

CAU/BR: Oscar Niemeyer

Correio Braziliense: Sabe quais são os patrimônios culturais do DF? Faça o teste e descubra

Vitruvius: Brasília cinquentenária: a paixão de uma monumentalidade nova

Metrópoles: Jornal britânico inclui Brasília nos top 10 destinos de turismo de arquitetura do mundo

 

Arte brasiliense

Fundação Athos Bulcão: Galeria virtual

Brasília Poética: Declarações de Amor a Brasília

Brasília Pantone: Qual a Cor de Brasília?

Bento Viana Fotografia: Brasília vista do céu

Correio Braziliense: Fotógrafos do Correio transformam nascer do sol em obras de arte

Correio Braziliense: “Hiperfotos” do francês Jean François Rauzier chegam ao Museu da República

Correio Braziliense: De forma bem-humorada, ilustrador faz registros para ‘completar’ Brasília

G1: Quadras, asas e eixos; veja lugares de Brasília que viraram música

R7: Você conhece a Brasília de Renato Russo?

 

História

Fato Online: Brasília aos 56 anos continua a ser uma jovem capital promissora 

Jornal Artefato: Cine Drive-In – O último da América Latina

Jornal Artefato: Brasília, a rebelde musa do punk rock dos anos 80

Istoé: Brasília abre as portas para o mundo

Rádio Senado: Educação pública em Brasília : realidade e perspectivas

UOL Notícias: Brasília contrasta riqueza e desigualdade após quase 50 anos de existência

Correio Braziliense: Brasília, capital do Ipê 

Correio Braziliense: Saiba como os ipês que colorem Brasília são plantados e cultivados

G1: Início da floração dos ipês deixa ruas de Brasília coloridas

Correio Braziliense: Qual a sua Brasília? 

Correio Braziliense: O céu de todos nós

Correio Braziliense: O que move a capital

 

Povo

G1: Não entende endereços em Brasília? G1 decifra ‘sopa de letrinhas’; veja

Correio Braziliense: Quatro vezes Brasília Parte 01 / 02 / 03 / 04

Blog da Conceição: Banca da Conceição, 308 Sul

Buzzfeed: 10 fatos que fazem de Brasília a cidade mais esquisita do Brasil

Buzzfeed: 22 coisas que só quem mora em Brasília vai entender

Buzzfeed: 18 razões para você nunca colocar os pés em Brasília

Correio Braziliense: #SuaFamiliaNoCB: compartilhe fotos no Instagram e homenageie Brasília nos 56 anos

Correio Braziliense: Jovens criam empresas para ajudar a divulgar a imagem de Brasília

Jornal Artefato: Imigrantes enfrentam dificuldades e têm novas experiências no DF

Jornal Artefato: Em Brasília, espaços da cidade são usados para pedidos de casamento

Câmara dos Deputados / Plenarinho: Feliz Aniversário, Brasília!

Correio Braziliense: Blocos no DF arrastaram um milhão de pessoas em quatro dias de carnaval

 

Verde

Planeta Sustentável: Mitos e verdades sobre o Lago Paranoá

Ele é o maior do mundo: Ele é o maior do mundo

Acontece Brasília: Confira a lista com 24 parques para atividades ao ar livre em Brasília

 

Publicado em 20/04/2016

Pedro Grigori (Sob supervisão de Júlio Moreno)

MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo