CATEGORIA

Câmara Municipal de Curitiba faz homenagem póstuma a Zezéu Ribeiro

Lola recebe o diploma
A esposa do ex-deputado federal, Lola Ribeiro e o vereador Jonny Stica.

 

O arquiteto e urbanista Zezéu Ribeiro (1949-2015) recebeu homenagem póstuma da Câmara Municipal de Curitiba, por solicitação do CAU/PR, na noite desta quarta-feira (28), no Museu Oscar Niemeyer. O vereador Jonny Stica, responsável pela proposição, entregou pessoalmente o documento da Câmara para a esposa do ex-deputado federal, a arquiteta Lola Ribeiro. “O Zezéu vai ser sempre um grande exemplo para a minha caminhada, é a minha referência”, disse Stica que também é arquiteto urbanista.

 

Emocionada, Lola falou com a plateia antes da palestra sobre Vilanova Artigas, que encerrou a 3ª Semana de Arquitetura e Urbanismo do Paraná. “Zezéu dizia que fazia política para mudar o mundo. Estou muito feliz por esta homenagem que reconhece a batalha vivida pelo meu marido”, agradeceu.

 

O presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), Haroldo Pinheiro, e o presidente do CAU/PR, Jeferson Dantas Navolar também participaram da homenagem. “Conheci o Zezéu em 1984 e ele já era uma liderança. Ficava nos convencendo também a participar da política, de maneira expansiva, característica de um bom baiano. Esse ato é mais do que justo”, ressaltou Navolar.

 

O presidente do CAU/BR, Haroldo Pinheiro (esq.), e o presidente do CAU/PR, Jeferson Dantas Navolar (dir.), na mesa de abertura do evento no MON.

 

Zezéu Ribeiro

Formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia, com pós-graduação em Gestão Ambiental, José Eduardo Vieira Ribeiro, o Zezéu Ribeiro iniciou sua militância política no movimento estudantil, na década de 1970.

 

Foi presidente do Sindicato dos Arquitetos da Bahia, do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Bahia e membro do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea).

 

Zezéu Ribeiro foi eleito deputado federal em 2002. Na Câmara, coordenou a bancada do Nordeste e destacou-se por meio de proposições sobre questões de moradia e superação das desigualdades regionais, tendo sido presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano.

 

Além de ser um dos principais articuladores no Congresso do Projeto de Lei que criou o CAU, Zezéu foi o autor da Lei de Assistência para Moradia de Interesse Social (11.888/2008) e relator do projeto do Estatuto da Metrópole (13.089/2015), sancionado neste ano pela presidente da República. Foi também relator da PEC 150/2003, que vinculou 2% das receitas da União e 1% das receitas dos estados e municípios para a produção de moradias sociais.

 

Publicado em 03/11/2015. Fonte: CAU/PR

MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

CATEGORIA

Seminário de Urbanismo debate Planos Diretores para novos tempos

CATEGORIA

Políticas urbanas e ambientais nas cidades brasileiras em pauta na Trienal

CATEGORIA

Seminário da AsBEA debate recuperação de imóveis subutilizados

Pular para o conteúdo