CAU/BR

É campeã: Casa de dona Dalva é eleita melhor casa do mundo pelo ArchDaily

 

A residência da diarista Dalva Borges Ramos, na Vila Matilde (São Paulo), projeto do escritório Terra e Tuma, venceu o Prêmio ArchDaily de melhor casa do mundo. O prêmio é promovido pelo Archdaily, o site de arquitetura mais acessado no mundo. Foram mais de 55 mil votantes de vários países que escolheram entre três mil projetos concorrentes, em várias categorias. A “Casa da Vila Matilde”, como ficou conhecida, concorreu ao Prêmio ArchDaily de melhor casa do mundo com concorrentes do Reino Unido, Japão, Eslovênia e Vietnã. Foi o único projeto brasileiro vencedor.

 

Veja aqui todos os ganhadores nas diversas categorias.

 

A história de dona Dalva e de sua casa foram mostradas na campanha em homenagem ao Dia do Arquiteto e Urbanista, do CAU/BR, como exemplo de que a Arquitetura, mesmo com poucos recursos, pode transformar vidas. E que construir com arquitetos e urbanistas é garantia de economia e qualidade.

 

 

Dona Dalva é uma das mais antigas moradoras da Vila Matilde. Após 30 anos trabalhando como diarista São Paulo, ela estava vendo sua casa na zona Leste de São Paulo com problemas estruturais que causaram infiltrações e a queda do teto. Com poucos recursos disponíveis, resolveu contratar três jovens arquitetos – Danilo Terra (36 anos), Pedro Tuma (38) e Fernanda Sakano (27).

 

Com R$ 150 mil – incluindo os custos do projeto – os arquitetos ergueram uma casa simples, mas bonita e confortável. Por meio de uma estrutura com blocos aparentes, a obra foi pensada com sala, lavabo, cozinha, área de serviço, suíte e uma pequena horta. O local foi projetado para ser bem ventilado e com iluminação natural, mostrando que soluções inteligentes podem ser viáveis para ajudar famílias de baixa renda.

 

 

“Ficamos, claro, muito felizes com o resultado do prêmio. Um contentamento compartilhado entre o reconhecimento ao nosso trabalho e o interesse, reflexões e discussões que surgiram a partir da Casa da Vila Matilde”, afirmam os arquitetos Danilo, Pedro e Fernanda enviada ao CAU/BR. “Enfatizada pela excelente campanha do CAU, ela chamou atenção dos arquitetos e da sociedade. Este prêmio mostra que esta reflexão não está restrita ao contexto nacional, ela está ocorrendo em diversas partes do mundo e é gratificante saber que estamos de alguma forma contribuindo com ela”.

 

A campanha publicitária do CAU/BR que mostrou a Casa da Vila Matilde tinha como objetivo justamente mostrar à população brasileira que as obras feitas com auxílio de arquitetos e urbanistas acabam custando menos do que as construções feitas apenas com pedreiros. Arquitetos e urbanistas também garantem segurança, conforto e a valorização de seu patrimônio.

 

Conheça a casa de Dona Dalva e saiba mais sobre a campanha do Dia do Arquiteto e Urbanista clicando aqui.

 

 

 

Publicado em 12/02/2016

0 resposta

  1. Lindo projeto. A simplicidade é perfeita.
    Penso que esse projeto poderia ser mais divulgado para que possa inspirar pessoas que possuem poucos recursos.

  2. Fico muito feliz em saber que este projeto é no Brasil e que são arquitetos brasileiros, isso valoriza os nossos profissionais (arquitetos, engenheiros, administradores, empreiteiros e todos os profissionais do ramo civil)!

    Avante!

  3. Realmente, o grande diferencial desse projeto é a simplicidade! E é aí que está a qualidade dele.
    Só discordo onde se diz que o custo da obra foi pequeno. 150 mil é grana!!!

  4. Parabéns aos colegas, muito merecido. Muito profissionalismo de todos profissionais envolvidos, precisamos mostrar aos nossos governantes que com criatividade envolvimento de todos é possível realizar grandes projetos com poucos recursos

  5. Um Projeto bonito e muito bem elaborado, com materiais comuns, mas muito bem aplicado ao caso, principalmente por conta de um orçamento enxuto!
    Parabéns a todos!

  6. parabéns aos colegas precisamos mostras aos nossos governantes que com poucos recursos podemos viabilizar grande projetos habitacionais

  7. Fiquei muito feliz pela escolha de um projeto simples e muito inteligente, parabéns aos arquitetos e à feliz proprietária.

  8. Parabéns, Dona Dalva! Tomou a decisão correta ao contratar os arquitetos! E , realmente, sua casa é um palacete! A simplicidade e o projeto bem resolvido tornaram mesmo esta casa um palacete!

  9. A casa é genial. O prêmio mais que merecido. Parabéns a equipe do Terra e Tuma e a Dona Dalva.

  10. Parabéns aos três colegas, que traduziram muito bem os ideais da maioria dos profissionais existentes no mercado. A cabeça no céu e os pés na terra!!!

  11. Parabéns aos colegas Danilo, Pedro e Fernanda.Um grande incentivo para eles e todos nós.

  12. Lindo! Viva o arquiteto e urbanista brasileiro. O belo está no simples. E que lindo pomar-horta-jardim! Parabéns Brasil e CAU-BR.

  13. Uma coisa ainda me deixa triste no Brasil, apesar de tanta qualidade na vida das pessoas que nós podemos proporcionar, com projetos enxutos, sustentáveis e econômicos. Apesar dos inúmeros estudos sobre habitações de interesse popular e das leis decorrentes desses estudos, não temos a lei que torna as carreiras de arquitetura e engenharia como carreiras de estado e a criação de um órgão público para a criação de projetos residenciais e urbanos gratuitos e desta forma proporcionar a população projetos de arquitetura e engenharia qualitativos assim como existem as defensorias públicas. As cidades poderiam ser menos caóticas e haveria um maior rigor nas construções irregulares que tanto degradam a paisagem das cidades.

  14. Projeto ideal. A funcionalidade dos ambientes convergindo com a Iluminação Natural.
    A satisfação do cliente com os recursos limitados com ideias e conceitos sem limites.
    Lindo.

  15. O projeto é de uma simplicidade fantástica e ao mesmo tempo de um extremo bom gosto, ele é um ótimo exemplo que é possível mudarmos a realidade das periferias brasileiras, parabéns aos profissionais envolvidos.

  16. Desde que vi o projeto me encantei com a história da Dona Dalva. Projeto sustentável que deveria inspirar os projetos de interesse social do nosso país. Parabéns aos arquitetos autores e à dona Dalva por ter apostado todas as suas fichas num projeto politicamente correto, por ter confiado no trabalho do arquiteto, que tem função social de melhorar a vida das pessoas e da cidade. Prêmio mais que merecido!

  17. Enorme Parabéns à equipe e ao CAUBR!! Acredito que após essa bela oportunidade que tiveram os colegas que tão felizmente elaboraram e executaram o projeto abriram caminho para melhores e mais consistentes estudos de viabilidade de execução legal da Lei nº 11.888, de assistência técnica. A Autoconstrução existe de alguma forma como resposta à falta de possibilidade e acesso à nós profissionais, mesmo às vezes com os desrespeitos à lei de honorários mínimos. Como o CAU poderia também levantar essa bandeira?

  18. ADOREI A PROPOSTA DE UTILIZAÇÃO DA LUZ NATURAL E DE TIRAR PARTIDO DE MATERIAIS SIMPLES E BONITOS.

    PARABÉNS!

  19. Parabéns aos Arquitetos!
    Isso mostra que a nossa nova geração de arquitetos tem toda a capacidade de conquistar espaço dentre os melhores do mundo!

    Muito feliz em saber que foi um projeto no Brasil, por arquitetos brasileiros e uma casa na Zona Leste, que é tão mal vista dentre os próprios moradores de São Paulo!

    Mais uma vez, Parabéns Danilo, Pedro e Fernanda!

  20. Uma vez um arquiteto estrangeiro fez a seguinte crítica aos arquitetos brasileiros: “pobre também merecer um projeto de arquitetura!” Sim mas a consciência para isto é mútua, dos profissionais e do povo. Arquitetura não é luxo e não deve ser! Arquitetura é para servir e o preço do projeto deve compatível com a renda de cada cliente. Então fale ao arquiteto qual é o seu orçamento e ele irá ponderar tudo isto! Como sempre faz ao analisar as suas necessidades funcionais! Bravo Dona Dalva!

  21. …não existem mais palavras com relação a iniciativa e a criatividade nesse projeto, diante tantos comentarios acima. Porem, como trabalho na area (Decoração, atuei em Multinacional da HunterDouglas e 4 anos na Euro Esquadrias Brasil) acho EXTREMAMENTE IMPORTANTE atentar para o fato de que algumas informações não são TOTALMENTE fiaveis, devido ao quesito ESQUADRIAS. Aqui em nosso pa+is, apesar da nova NORMA E DESEMPENHO ainda somos reféns do protecionismo na indústria de ALUMIO, o que gera um atraso na aquisição de nova cultura, a qual realmente se pode falar sobre tecnologia sustentavel, gerando eficiencia termica, eficiencia acustica, estanquidade, uma real qualidade ao novo projeto de vida e mais, gera uma economia ENERGETICA na fatura de energia eletrica de até 40%… nos dias de hoje a economia gera sustentabilidade! Vale a pena lembrar que a SEGURANÇA é um ponto forte quando falamos de SELOS INTERNACIONAIS. Estes superiores aos padrões nacionais certamente, mas que tambem dispomos em nossas ESQUADRIAS DE uPVC.
    Enfim, talvez, seja a falta de oportunidade ou até mesmo, de interesse, visto que existe informação para qualquer profissional e instituições de carater idoneo na area de construção e projetos arquitetonicos.
    …acho que vale a pena frisar este quesito de suma importancia.
    Obrigada e continuarei de olho em vocÊs!

  22. Estou procurando informações sobre o auxílio de arquitetos para pessoas de baixa renda, aquela da lei de moradias de interesse social. Porém liguei no CREA e não consegui informações e ainda notei o desinteresse no assunto. É algo tão bacana que poderia servir até para mudar o conceito que se tem de arquitetura e elitismo no país. Continuo minha pesquisa porque quero meu quarto e cozinha bem bonito e aconchegante, porque é minha primeira casa!

    1. Leia a Lei Federal 11.888. Ela requer que a prefeitura tome providencias para acessar os recursos.

    2. O conselho de arquitetutra não é mais crea, é CAU. tenta entrar em contato, talvez tenha maior sucesso com as informações.

  23. Boa noite!!!

    Tenho também poucos recursos para uma reforma na minha casa, e gostaria de ter idéias sustentáveis e de baixa renda. Por isso aceito todos os tipos de idéias para essa conquista com minha família.

    Muito obrigado pela atenção!!!

  24. .
    PARABÉNS !!!!
    .
    Essa é apenas mais uma prova que a melhor casa do mundo, não precisa ser necessariamente, a mais cara.
    .
    Arquitetura é isso. O resto… é “puxadinho”.

  25. Parabéns aos colegas Danilo, Pedro e Fernanda.
    Isso mostra que, com simplicidade, é possível fazer uma casa bem planejada!
    Só acho que o preço poderia ser menor, achei muito alto para a realidade de pessoas simples.

  26. PARABÉNS A SRA.DALVINA BORGES RAMOS E AOS CEAU-dos ARQUITETOS E URBANISTAS ; A simplicidade e humildade É DIVINA somando a solidariedade humana mas DIVINO SE TORNA.Sempre sonhei em Criar uma grande, Fazenda e construir casas como esta ou parecidas,infelizmente não tenho dinheiro para isto,então sugiro se permitido,vermos o preço dos terrenos e colaborar em construir junto aos semelhantes A Sra.DALVINA que sonha e gosta de lutar para uma sobrevivência mais digna.

  27. Parabéns colegas, emocionante esse olhar sincero pra uma realidade verdadeira da nossa sociedade, num trabalho fiel e criativo!

  28. Maravilhoso projeto! Isso sim é o futuro!
    Mudança da moradia daqueles com renda baixa. A beleza não está apenas no luxo, está na praticidade e no conforto do cliente, o que é belo para uma pessoa, pode não ser belo para o outra, em um projeto o que importa é o cliente satisfeito. Dona Dalva é um exemplo de um excelente projeto! Parabéns!

  29. Poxa, como eu gostaria de ter tido e/ou sido contemplado com a orientação de um e/ou grupo de Arquiteto (s) quando precisei em uma grande reforma que ate hoje, ainda não consegui concluir…
    Lindo trabalho, gostei muito.
    Parabéns.

  30. Arquitetura é isso: generosidade, honestidade e ética.
    Não tem preço, gordura e nem luxo e sim, bom caratismo.
    Um abraço a voces.

  31. na medida que o povo Brasileiro seja pluralista nas soluções de moradia , muitas coisas positivas irão acontecer; Brasil terra que me adotou aos 26 anos , sempre tem me surpreendido pelas suas soluções sociais , que paulatinamente estão mostrando o caminho certo; que sirva de exemplo a todos os Arquitetos Brasileiros qual é o caminho do apostolado da profissão . . .

Deixe um comentário para Bárbara Cintia Santos Siqueira Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ARQUITETURA SOCIAL

Representantes do CAU Brasil e do CEAU se reúnem com Secretário Nacional de Habitação

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Presidente do IPHAN e diretor de Patrimônio Material visitam sede do CAU Brasil

CAU/BR

CAU Brasil lança política de benefícios para aquisição de softwares e outros bens e serviços

IAB

Projeto de Lelé, prédio do IAB/GO é alvo de demolição da Prefeitura em Goiânia

Skip to content