CAU/BR

CAU amplia Central de Atendimento Telefônico ao arquiteto e urbanista

A Central de Atendimento Telefônico do CAU, que funciona pelo número 0800-883-0113 e atende aos arquitetos e urbanistas de todo o país, terá, a partir desta quarta-feira (10), aumento de 55% no número de atendentes.

 

Os novos profissionais atuarão no atendimento exclusivo de demandas de maior complexidade, que não possam ser resolvidas por meio do atendimento primário ou do Sistema de Informação e Comunicação do CAU (SICCAU). A dinâmica é conhecida como “atendimento de segundo nível” ou “atendimento qualificado” e vai permitir uma intervenção especializada junto ao CAU para implementar a resolução de demandas dos profissionais.

 

O arquiteto e urbanista não vai precisar entrar novamente em contato com a Central de Atendimento Telefônico para receber o auxílio especializado, que será automático caso identificada a complexidade da demanda e a impossibilidade de resolução dentro do prazo estipulado.

 

A evolução visa melhorar a qualidade da Central de Atendimento Telefônico do CAU, que passará a contar ainda com a supervisão técnica de uma arquiteta e urbanista durante todo o período de funcionamento e com um controlador de qualidade, mesmo tendo 95% de satisfação dos usuários e taxa de resolução de problemas de 89%. A maioria das demandas está relacionada ao Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) e ao registro de profissionais e empresas no Conselho. Mais de 99% das chamadas são atendidas em até 20 segundos.

 

Vai funcionar assim:

Passo 1: O arquiteto e urbanista entra em contato com a Central de Atendimento Telefônico do CAU, pelo 0800-883-0113, e solicita a resolução de determinado problema, de maneira idêntica à atual.

 

Passo 2: Caso seja possível o atendimento imediato, o problema é resolvido. Caso não seja possível, a demanda é encaminhada ao atendimento de segundo nível – não é preciso novo contato do profissional.

 

Passo 3: Os profissionais especializados no atendimento de alta complexidade recebem as demandas que não puderam ser resolvidas por meio do atendimento primário ou do Sistema de Informação e Comunicação do CAU (SICCAU). Em seguida, buscam a solução do problema com o setor do CAU/UF ou do CAU/BR mais adequado para responder à questão. Eles têm acesso direto ao módulo corporativo do Sistema, o mesmo usado pelos funcionários do Conselho. Os atendentes então entram em contato com o arquiteto e urbanista que fez a solicitação para avisar sobre o andamento a cada três dias, até a resolução definitiva do problema.

 

 

Publicado em 10/06/2015.

MAIS SOBRE: CAU/BR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

Nota Oficial: SICCAU

CAU/BR

CAU/BR reforça laços com parlamentares federais para fortalecer pautas da categoria

CAU/BR

Concurso CAU Brasil: resultado final das provas objetivas e resultado provisório da prova discursiva

CAU/BR

Conselho lança Relatório Marcas da Gestão CAU Brasil 2021-2023. Acesse versão digital !

Pular para o conteúdo