CAU/BR

CAU/BR adota teletrabalho até 30/04, sem prejuízo da prestação de serviços

O Conselho Diretor do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil,  em reunião por videoconferência nesta quarta-feira, dia 18 de março, decidiu implantar, excepcionalmente, o regime de teletrabalho para todos empregados e estagiários do CAU/BR, em sua sede, em Brasília, a partir de segunda-feira, 23 de março até 30 de abril próximo.

 

A decisão é  motivada pelos recentes fatos que sinalizam a progressão da disseminação do COVID-19, já reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como pandemia. A  medida atende  a necessidade de ações cautelosas em defesa da saúde dos colaboradores,  dos membros do Plenário, fornecedores e convidados.

 

A medida sucede a outras igualmente motivadas pelo avanço do coronavírus no mundo e no país. No dia 12, o presidente do CAU/BRl, Luciano Guimarães, já deliberara suspender todos os eventos, reuniões, encontros e atividades coletivas do CAU/BR marcados para acontecer em Brasília no período de  16 a 20 de março de 2020. A medida (Portaria PRES  n° 294/2020) foi tomada após consulta ao Conselho Diretor, cujos membros deliberaram de forma unânime a respeito. 

 

Posteriormente, a Portaria Gerencial n° 24, de 16 de março,   reduziu a jornada de trabalho na sede do CAU/BR e permitiu o revezamento de funcionários e estagiários, de forma a reduzir o adensamento de pessoas.

 

Com a nova decisão do Conselho Diretor, as precauções se ampliam. Os serviços prestados pelo SICCAU, no entanto,  seguem funcionando normalmente, pois estão baseados em plataformas digitais uniformes em todo país.  Da mesma forma, a Central de Atendimento do CAU, que fica de segunda a sexta, das 9h às 19h, à disposição dos profissionais e empresas.

 

Fones:

  • 0800 883 0113
    (ligação gratuita)
  • ou 4007 2613

 

Ou pelo chat online

 

 

 

MAIS SOBRE: CAU/BR

5 respostas

  1. Boa tarde tem alguma restrição para quem irá realizar a coleta, vcs estão fazendo? A escola do meu filho fechou por causa das notícias mas acabei sabendo em cima da hora, por isso estou questionando para não perder viajem. Obrigada.

  2. Tá na hora do CAUBR descobrir reuniães via rede!
    Sai muito mais barato, economia de passagens, diárias e verbas, além que pode diminuir as possibilidades de uns contaminarem os outros, principalmente com políticas partidárias, concentrando-se em políticas profissionais.
    É uma grande oportunidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

CAU/BR aponta protagonismo feminino na arquitetura e urbanismo durante 98º ENIC

CAU/BR

Comissões do CAU/BR debatem temas de interesse dos arquitetos e urbanistas

CAU/BR

CAU/BR celebra uma década dos primeiros empregados públicos efetivos

CAU/BR

CAU/BR inaugura Galeria de Presidentes com a presença de três ex-presidentes

Pular para o conteúdo