ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Hoje (18/03), 17 hs: fim do prazo para inscrição no Processo Seletivo Simplificado

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) lançou edital para a contratação temporária, por intermédio de Processo Seletivo Simplificado, para o preenchimento de empregos temporários e para formação de cadastro de reserva, até que se realize o concurso público.

 

Confira aqui o Edital do Processo Seletivo Simplificado

 

As vagas decorrem do aumento transitório no volume de trabalho em consequência de novas atribuições do Conselho, bem como de licenças e afastamentos. O preenchimento das vagas será feito até que o CAU/BR conclua os trabalhos de revisão do Plano de Cargos Carreiras e Remunerações (PCCR) e promova concurso público para contratação de empregados efetivos. O edital está baseado no artigo 37, inciso IX da Constituição Federal, e na Lei n° 8.745, de 9 de dezembro de 1993.

 

Os empregos temporários serão para a execução de atividades de Arquiteto e Urbanista, Contador, Advogado, Jornalista, Auditoria, Tecnologia da Informação, Geotecnologia Comunicação Social, Relações Institucionais e Parlamentares, Controladoria, Auditoria, Recursos Humanos, Planejamento e Gestão Estratégica e demais áreas correlatas com formação de nível superior, e, de Assistente Administrativo, para o nível médio.

 

O processo seletivo será realizado pela empresa SOMA Desenvolvimento Humano, com sede em Brasília (DF), que se responsabilizará por todas as etapas:

 

01. Recebimento das inscrições

02. Análise curricular

03. Análise documental

04. Entrevistas

05. Classificação final dos candidatos.

 

As inscrições são gratuitas e serão realizadas exclusivamente pela internet, no período de 11 de março de 2020 (quarta-feira) até 17h do dia 18 de março de 2020 (quarta-feira), diretamente no site da empresa Soma Desenvolvimento Humano:

 

www.somadesenvolvimento.com.br

 

Cada candidato poderá se inscrever para uma única área de atuação, sendo vedada sua candidatura para as demais áreas, ainda que para níveis de escolaridade diferentes (Superior e Médio).

 

 

30 respostas

  1. Prezados CAU BR, boa noite.

    Alguma notícia sobre a convocação dos aprovados na seleção?

    Desde já agradeço.

  2. Difícil. Nenhuma informação sobre o resultado nem aqui e muito menos no site da promotora e nem mesmo a resposta pelos inúmeros questionamentos.

  3. Prezados, o prazo de fato se acabou? Diante te toda a situação no país, acredito que o ideal seria ampliarem um pouco mais. A situação de crise só vai piorar. Muita gente precisando. Arquitetos são profissionais desnecessários para a população de forma geral e para muitas empresas. Essa quarentena pegou todos de jeito. Sugiro pensarem nessa possibilidade. Na correria de fechar tudo o mais rápido possível para poder ficar em casa, perdi o prazo por 3h de diferença. Enfim.
    Grata.

  4. A entrega de documentação para o processo seletivo e recursos, deveriam ser feito em todos os estados brasileiros ou anexado em uma plataforma digital. Dá forma que foi feita, somente os profissionais residentes em Brasilia ou estado próximo terá a possibilidade de participar. Muito injusto, porque a maioria dos arquitetos estão desempregados e não terão como se deslocar até Brasília para entrega de documentação, entrega de recursos e entrevista.

    Nosso conselho nem em processo seletivo ajuda os profissionais de Arquitetura e Urbanismo.

    1. Todo o processo seletivo é regido pelo Edital publicado e todas as informações e orientações, modelos estão contidas nele.

  5. Devido às crescentes medidas de isolamento por conta do coronavirus o CAU/BR poderia aceitar o envio da documentação por sedex diretamente para o CAU/BR, e não apenas pessoalmente ou por procuração, como está no edital. A data de entrega da documentação está relativamente próxima e até lá o isolamento deve aumentar e não diminuir.

  6. Análise de currículo e documentos, numa autarquia federal? Por que não, provas e títulos, como qualquer processo seletivo público? Vamos avaliar conhecimento e experiência, CAU, não folhas de papel e padrinhos.

  7. Até quando ouviremos, ou melhor, leremos esse ]”blá, blá, blá” sobre as ações do Conselho que não resultam em nada para quem trabalha nas menores cidades (que são maioria no país) e continuaremos a não ver a fiscalização do CAU na rua?
    Até quando disputaremos projetos com técnicos em edificações ou canetinhas diversos?
    Creio que a estrutura do Conselho é mega e o resultadodela é muito aquém do que realmente necessitamos!

    1. Adailton, informamos que o CAU/BR promove diversas ações objetivando a valorização da Arquitetura e do Urbanismo no Brasil, por meio de campanhas publicitárias, diálogo institucional com o Governo Federal e Congresso Nacional, eventos nacionais e agora também ações de apoio à Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social. O Código de Ética, a Tabela de Honorários, Resolução sobre Atribuições Privativas dos Arquitetos e Urbanistas e Resolução de Direitos Autorais também são ações que visam valorizar a profissão e estabelecer as regulações básicas da Arquitetura e Urbanismo.

      Em dezembro de 2019, a campanha do Dia do Arquiteto foi vista por mais de 90 milhões de pessoas. A campanha do Dia do Arquiteto é realizada todos os anos desde 2013, sempre em TV aberta, rádio, jornais, internet e mobiliário urbano. Saiba mais em http://www.caubr.gov.br/todos

      No ano passado, o CAU/BR produziu o programa de rádio Arquitetura para a Vida, transmitido três vezes por semana nas rádios CBN e Bandnews. Ouça em http://www.caubr.gov.br/vida.

      O CAU/BR também oferece aos arquitetos e urbanistas e aos possíveis clientes de todo o Brasil a plataforma ACHE UM ARQUITETO, com informações sobre profissionais atuantes em todo o Brasil. É possível encontrar profissionais e empresas por nome, município, estado ou número de registro. Confira em https://acheumarquiteto.caubr.gov.br/

      Divulgamos todas as semanas oportunidades de trabalho para arquitetos e urbanistas, como editais, concursos e licitações. Veja em https://bit.ly/2MvtenF

      Destacamos ainda que as ações de valorização da profissão tem ajudado o crescimento do mercado de Arquitetura e Urbanismo do Brasil. Em 2018, os profissionais registrados no CAU realizaram 5,4% mais atividades que no ano anterior.

      Destaque-se o crescimento cada vez maior das atividades ligadas à Execução de Obras: houve um crescimento de 6,3% em 2018 – o que representa 30.000 execuções de obras a mais que no ano anterior. Em 2017, esse tipo de atividade também cresceu mais que 6% – o dobro da média nacional naquele ano.

      Confira essas e muitas outras informações no Anuário de Arquitetura e Urbanismo 2019.

      https://caubr.gov.br/anuario2019/

      Informamos ainda que a fiscalização é realizada pelos CAU/UF, conforme determina a Lei 12.378/2010. Ao CAU/BR cabe promover as normas gerais de fiscalização e analisar possíveis recursos de processos já julgados pelo CAU/UF. Publicamos todos os dias ações de fiscalização dos CAU/UF aqui no Face. Acompanhe!

      Saiba mais como funciona a fiscalização dos CAU/UF em https://bit.ly/2kTOUyT

      Para fazer uma denúncia, por favor clique em https://bit.ly/2C2zxhH

  8. Tenho mais de 50 anos de profissão e não vejo melhora nenhuma para nossa categoria. Já denunciei alguma vezes neste espaço a estrutura gigante que se criou com o CAU reunindo gente do Brasil todo em Brasília com altos custos, basta ver na transparência. Concordo com as críticas e não adianta tentar justificar cada uma delas em resposta.

    1. Antonio, o CAU/BR e os CAU/UF existem desde 2011, tendo criado o SICCAU, Tabela de Honorários, Código de Ética, Resolução sobre Direitos Autorais, Resolução sobre Atividades Privativas de Arquitetos e Urbanistas, Site Ache um Arquiteto, desenvolveu campanhas nacionais de valorização profissional e têm lutado no Congresso Nacional pelo planejamento correto de nossas cidades, entre outras ações. O CAU/BR promove ainda diversas ações objetivando a valorização da Arquitetura e do Urbanismo no Brasil, por meio de campanhas publicitárias, diálogo institucional com o Governo Federal e Congresso Nacional, eventos nacionais e agora também ações de apoio à Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social.

      Os CAU/UF destinam 2% de seus orçamentos para apoiar projetos de Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social em todo o Brasil. Como esse financiamento, arquitetos e urbanistas têm resgatado um direito fundamental do cidadão. Assim como saúde e educação, trata-se da qualidade de vida da população, garantida pela Lei 11.888/2008. Saiba mais em https://caubr.gov.br/athis

      Informamos ainda que o CAU/BR possui uma intensa atuação junto ao Congresso Nacional, com acompanhamento diário dos projetos de lei em tramitação e diálogo permanente com deputados e senadores. Todos os anos, o CAU/BR realiza um Seminário Legislativo de Arquitetura e Urbanismo em Brasília, com a participação de arquitetos e parlamentares. Veja em http://www.caubr.gov.br/seminariolegislativo

      Além disso, o CAU/BR tem promovido diversas campanhas nacionais e de grande alcance pela valorização profissional. Em dezembro de 2019, a campanha do Dia do Arquiteto foi vista por mais de 90 milhões de pessoas. A campanha do Dia do Arquiteto é realizada todos os anos desde 2013, sempre em TV aberta, rádio, jornais, internet e mobiliário urbano. Saiba mais em http://www.caubr.gov.br/todos

      O programa Arquitetura para a Vida, produzido pelo CAU/BR, está sendo transmitido três vezes por semana, em rede nacional nas rádios CBN e BandNews. Veja em https://caubr.gov.br/vida/

      Essas ações de valorização da profissão tem ajudado o crescimento do mercado de Arquitetura e Urbanismo do Brasil. Em 2018, os profissionais registrados no CAU realizaram 5,4% mais atividades que no ano anterior. Os estados que mais contribuíram para o crescimento do mercado foram São Paulo – 9% mais atividades – e Santa Catarina – 7% mais atividades.

      Destaque-se o crescimento cada vez maior das atividades ligadas à Execução de Obras: houve um crescimento de 6,3% em 2018 – o que representa 30.000 execuções de obras a mais que no ano anterior. Em 2017, esse tipo de atividade também cresceu mais que 6% – o dobro da média nacional naquele ano.

      Confira essas e muitas outras informações no Anuário de Arquitetura e Urbanismo 2019.

      https://caubr.gov.br/anuario2019/

      Os CAU/UF realizam ainda ações de fiscalização, de apoio às prefeituras e orientação dos profissionais recém-formados. Existem ainda uma série de benefícios, como planos de saúde, desconto em softwares BIM e financiamento de projetos. Você pode conferir todos em https://caubr.gov.br/indice-beneficios/

      Lembramos que o CAU é de todos os arquitetos e urbanistas. Caso tenha alguma dúvida, por favor entre em contato com a nossa Central de Atendimento:

      Chat: https://caubr.gov.br/atendimento
      Telefones: 0800-883-0113 e 4007-2613

  9. Uma anuidade caríssima cobrada pelo Cau e os arquitetos na maioria desempregados e necessitando dirigir UBER para sustentar suas famílias, porque não conseguem empregos e nem serviços autônomos. E ainda um concurso oferecendo salários de R$9000,00? São as nossas anuidades que vão sustentar este comprometimento da receita do Conselho? Quando denunciamos um serviço ilegal ou uma obra ilegal,nada acontece. Hoje nós arquitetos disputamos projeto e obra com pedreiro, pintor, encarregado e outros. Isto é uma vergonha. O País em crise, o povo sem dinheiro, arquiteto desesperado para pagar suas contas básicas no final do mês e SEM TER TRABALHO. Não há políticas e nem ações para melhorar a atividade profissional do arquiteto brasileiro. Estamos esquecidos,esta fortuna que pagamos ao Conselho deveria ser investida em propaganda de massa, enfatizando o profissional e valorizando a profissão. Para uma grande parte da sociedade, não sabem nem o que é um arquiteto! Fica aqui meu protesto.

    1. CM, informamos que o CAU/BR promove diversas ações objetivando a valorização da Arquitetura e do Urbanismo no Brasil, por meio de campanhas publicitárias, diálogo institucional com o Governo Federal e Congresso Nacional, eventos nacionais e agora também ações de apoio à Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social. O Código de Ética, a Tabela de Honorários, Resolução sobre Atribuições Privativas dos Arquitetos e Urbanistas e Resolução de Direitos Autorais também são ações que visam valorizar a profissão e estabelecer as regulações básicas da Arquitetura e Urbanismo.

      Em dezembro de 2019, a campanha do Dia do Arquiteto foi vista por mais de 90 milhões de pessoas. A campanha do Dia do Arquiteto é realizada todos os anos desde 2013, sempre em TV aberta, rádio, jornais, internet e mobiliário urbano. Saiba mais em http://www.caubr.gov.br/todos

      No ano passado, o CAU/BR produziu o programa de rádio Arquitetura para a Vida, transmitido três vezes por semana nas rádios CBN e Bandnews. Ouça em http://www.caubr.gov.br/vida.

      O CAU/BR também oferece aos arquitetos e urbanistas e aos possíveis clientes de todo o Brasil a plataforma ACHE UM ARQUITETO, com informações sobre profissionais atuantes em todo o Brasil. É possível encontrar profissionais e empresas por nome, município, estado ou número de registro. Confira em https://acheumarquiteto.caubr.gov.br/

      Informamos que divulgamos todas as semanas oportunidades de trabalho para arquitetos e urbanistas, como editais, concursos e licitações. Veja em https://bit.ly/2MvtenF

      Destacamos ainda que as ações de valorização da profissão tem ajudado o crescimento do mercado de Arquitetura e Urbanismo do Brasil. Em 2018, os profissionais registrados no CAU realizaram 5,4% mais atividades que no ano anterior.

      Destaque-se o crescimento cada vez maior das atividades ligadas à Execução de Obras: houve um crescimento de 6,3% em 2018 – o que representa 30.000 execuções de obras a mais que no ano anterior. Em 2017, esse tipo de atividade também cresceu mais que 6% – o dobro da média nacional naquele ano.

      Confira essas e muitas outras informações no Anuário de Arquitetura e Urbanismo 2019.

      https://caubr.gov.br/anuario2019/

    1. Todo o processo seletivo é regido pelo Edital publicado e todas as informações e orientações, modelos estão contidas nele.

  10. Doutorado em Tecnologias Ambientais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) pontua como pós-graduação em geotecnologias (vaga 03) deste edital do processo seletivo simplificado?

    1. Camila, informamos que todo o processo seletivo é regido pelo Edital publicado e todas as informações e orientações, modelos estão contidas nele.

  11. Bem felpudo o salário de mais de R$ 9 mil reais por mês para um arquiteto e demais cargos. Quem paga esse salário ????

    1. A ver pelo Portal da Transparência, esse salário não chega nem perto de alguns cargos lá dentro, certamente comissionados. Os salários chegam a R$ 25 mil reais !

  12. Tem horas que não dá para entender o CAU, vocês querem um arquiteto urbanista com pós em TI?!???que bizarrice é essa?

    1. Deve ter um cidadão, já pré-selecionado a dedo, com essa especialização. Porque realmente, não faz muito a logica de mercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

NOTA DE ESCLARECIMENTO

CAU/BR

CAU/BR aponta protagonismo feminino na arquitetura e urbanismo durante 98º ENIC

CAU/BR

Comissões do CAU/BR debatem temas de interesse dos arquitetos e urbanistas

CAU/BR

CAU/BR celebra uma década dos primeiros empregados públicos efetivos

Pular para o conteúdo