CAU/BR

CAU/BR lança edital para locação de sede provisória

Por meio da Chamada Pública No. 03/2019, o CAU/BR iniciou prospecção de imóveis em Brasília, mediante coleta de propostas técnicas,  visando a futura locação de imóvel comercial para suprir as necessidades de instalação de sede provisória do Conselho. O edital foi publicado em 30 de agosto e as propostas devem ser entregues até o dia 19 de setembro.

 

Clique aqui para acessar a íntegra do edital.

 

A sede do CAU/BR funciona desde 2013 no Edifício Serra Dourada, no Setor Comercial Sul do Distrito Federal, ocupando uma área total de 871,62 m2, sendo que 500 m2 são cedidos em regime de comodato pela Superintendência do Patrimônio da União e o restante alugado. O somatório desses espaços tem se mostrado insuficiente para o funcionamento de todas as atividades do Conselho. Além de ser necessária a locação de espaços externos adicionais para a realização de reuniões regimentares (reuniões plenárias), o aumento do número de funcionários e das atividades administrativas do Conselho têm mostrado a insuficiência de espaços para o desenvolvimento das atividades administrativas com maior grau de conforto e segurança. Por outro lado, o crescimento quase exponencial do número de profissionais registrados no Conselho, mesmo o CAU/BR não possuindo atendimento na modalidade presencial, tem resultado em um aumento proporcional nas atividades fins e meio do Conselho, obrigando a constantes adaptações do layout que têm trazido certos transtornos aos fluxos processuais e de pessoas. Além disto, as áreas destinadas a reuniões, cinco em seu total, já demonstram inadequação em função do volume de reuniões regimentares e a crescente demanda por encontros em face do aumento de atividades de suporte e/ou eventos internos.

 

Outro aspecto considerado foi o estado das instalações gerais do prédio ora ocupado, que, apesar de ter atendido em uma primeira hora ao CAU/BR, hoje tem uma certa defasagem quanto a modernização, conforto e segurança. A mitigação desses fatores, geraria uma despesa adicional para o CAU/BR e uma dificuldade logística muito grande, em face da dispersão dos espaços que ocupam quatro diferentes pavimentos do edifício.

 

A área necessária para o atendimento das necessidades atuais é de aproximadamente 2059,10 m², tolerando-se uma margem de 10% para mais ou para menos, para atender acréscimos relativos a lobby, halls ou outras áreas ou equipamentos comuns que poderão compor os diferentes espaços ofertados, mas que não deverão onerar os custos de locação, Além dessas áreas as propostas devem considerar a necessidade mínima de 3 vagas cobertas para veículos leves de uso administrativo do Conselho.

 

Para a identificação do custo médio de imóveis com características semelhantes às pretendidas, nas regiões definidas para a locação da sede provisória do CAU/BR, foi feita uma prospecção em sítios eletrônicos de imobiliárias. Com base no levantamento, constatou-se um valor médio de locação de R$ 69,70 (sessenta e nove reais e setenta centavos) por metro quadrado de área locada.

 

Os documentos necessários para formalização das propostas pelos interessados são detalhados na Chamada Pública, que igualmente contém o Caderno de Especificações a serem atendidas.

MAIS SOBRE: CAU/BR EDITAIS

2 respostas

  1. Prezados Senhores, bom dia!!

    Gostaríamos de saber se porventura já finalizaram a prospecção locatícia do CAU.

    Atenciosamente,
    Onildo Siqueira
    Fundação Sistel
    (61) 3425-7057

Os comentários estão desabilitados.

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

EDITAIS

Iphan e Ministério da Cultura lançam edital para projeto de restauro da Praça dos Três Poderes

CAU/BR

NOTA DE ESCLARECIMENTO

CAU/BR

CAU/BR aponta protagonismo feminino na arquitetura e urbanismo durante 98º ENIC

CAU/BR

Comissões do CAU/BR debatem temas de interesse dos arquitetos e urbanistas

Pular para o conteúdo