CATEGORIA

CAU/MA promove “Diálogos das Arquitetas” para debater inserção feminina na construção

Como a mulher se encontra no mercado da construção civil? Qual espaço  ocupam uma vez que são maioria entre os arquitetos e urbanistas? Norteado por essas questões, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Maranhão – CAU/MA realizou na última sexta, 22/03/2019, o  “Diálogos das Arquitetas”, na Livraria AMEI, no São Luís Shopping.

 

 

Na oportunidade, os representantes do CAU/MA, dentre eles o presidente, Marcelo Rodrigues, a vice-presidente, Carla Veras e os conselheiros estaduais, Marcelo Espírito Santo e Raimundo Nonato, enfatizaram o papel do CAU e como a entidade vem desenvolvendo atividades que incentivam a valorização profissional no mercado da construção civil atual, o envolvimento e aproximação dos profissionais junto ao Conselho e o panorama das ações de fiscalização realizadas no primeiro ano de gestão.

 

 

A roda de conversa também teve como pauta a inserção da mulher e seu papel como arquiteta e urbanista, as diferentes áreas de atuação profissional e os aspectos primordiais para que os arquitetos e urbanistas sejam mais valorizados em seu exercício tanto em órgãos/entidades públicas como no setor privado.

 

O Diálogos das Arquitas contou com o apoio da Sherwin Williams, por meio de sorteio de brindes, do INBEC, instituto de pós-graduação e do Grupo Pro com sorteio de bolsas, do Rio Poty Hotel e da Livraria AMEI.

 

Fonte: CAU/MA 

 

MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo