CAU/UF

CAU/TO lança concurso nacional para projeto arquitetônico de sua sede

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Tocantins – CAU/TO lançou em 16 de outubro de 2018 o Concurso Público Nacional de Arquitetura nº 001/2018 , do qual é promotor e organizador, cujo objetivo é selecionar a melhor proposta de Estudo Preliminar de Arquitetura  para a construção de sua Sede , a ser edificada  na quadra ACNO 11(103N), Conjunto 02, Rua de Pedestre NO-09, Lote 37 na cidade de Palmas/TO.

 

 

“A intenção do concurso é proporcionar a democratização das oportunidades, além de valorizar o trabalho do Arquiteto e Urbanista na elaboração do Projeto Arquitetônico que melhor se adeque às necessidades espaciais do Conselho e que atenda à sociedade e aos profissionais Arquitetos Urbanistas no tocante às suas atribuições de autarquia federal de fiscalização profissional”, afirma o presidente do CAU/TO, arquiteto e urbanista Silenio Martins Camargo.

 

Abertas dia 17 de outubro, as inscrições, gratuitas, serão aceitas até o dia 20 de novembro de 2018.

 

As propostas apresentadas deverão considerar, em todas as fases da implantação da edificação – quais sejam projeto, construção e utilização – os critérios de economicidade, legalidade e sustentabilidade ambiental.

 

Os trabalhos serão avaliadas por uma comissão julgadora e devem seguir os critérios, dentre outros, de valorização da acessibilidade e dos espaços públicos, soluções de conforto térmico e eficiência energética, viabilidade técnico-construtiva e orçamentária, economia e eficiência na manutenção, aspectos plásticos e estéticos, uma vez obedecidas às indicações e as determinações do conjunto de documentos das Bases do Concurso, conforme discriminado no Edital, Termo de Referência e demais anexos.

 

A comissão é constituída pelos arquitetos e urbanistas Daniel Mangabeira (presidente do CAU/DF), Tiago Holzmans da Silva (presidente do CAU/RS), Cláudia Amorim (DF), Matozalém Santana (conselheiro federal do CAU/BR pelo TO) e Rafael Simões Mano (RJ). O resultado será divulgado na data de 15 de dezembro de 2018.

Para mais detalhes e inscrições, acesse o site do concurso.

 

16 respostas

  1. Qual a base para o cálculo do valor total do contrato? Me parece muito pouco pelo escopo exigido

    1. Ricardo, o valor dos honorários tiveram como base a tabela de honorários do CAU, cabendo destacar a área (450 m²) no máximo as características da proposta arquitetônica solicitada e o programa de necessidade. Para entrar em contato com a organização do Concurso, por favor ligue para (63) 3026-1800

  2. Prezados Srs.,

    Gostaria de ter mais dados técnicos sobre o Lote(Medidas, Orientação do Norte verdadeiro, e etc…) , visto que sou de Campinas(SP). Além disso, sou Pessoa Física e de acordo com que pude analisar a equipe que constituirá uma Pessoa Jurídica, só seria necessário ser declarada quando em fase mais a frente do Procedimento do Concurso.
    Tenho como objetivo preparar uma proposta de Estudo Preliminar com foco em proposta de natureza Forma / Função com foco na versatilidade do funcionamento do CAU/TO e seu relacionamento dinâmico com a sociedade que o mesmo presta seus serviços e seja um signo técnico/estético reconhecido de modo indefectível…
    Essa Proposta teria a ver, com um ponta pé inicial para que eu pudesse articular parcerias e dai eleger uma Sociedade de Natureza Jurídica que a partir da minha proposta, estaria para formalizar com os Projetos: Executivos e Complementares.
    Então a minha questão é: Posso proceder dessa maneira, ou seja constituir a minha equipe posterior a entrega da minha proposta para o Concurso?
    No aguardo de resposta,

    Att.,

    Danilo Roberto Padovani
    CAU-BR : 15.505-5

  3. Considerando o valor do contrato é uma grande desfeita por parte do CAU com o profissional de arquitetura, considerando ainda que existe uma campanha em pró valorização profissional é uma afronta a própria campanha realizada.

    1. Cesar, o valor dos honorários tiveram como base a tabela de honorários do CAU, cabendo destacar a área (450 m²) no máximo as características da proposta arquitetônica solicitada e o programa de necessidade. Para entrar em contato com a organização do Concurso, por favor ligue para (63) 3026-1800

  4. O CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) lança um Concurso que não incentiva o trabalho do profissional liberal autônomo, pois exige a participação de PJ (coisa que a maioria dos arquitetos não tem como atender),
    e ainda, a um nível de valores abaixo do razoável para projeto de arquitetura e demais projetos complementares….é lamentável……

  5. O Valor de 67 mil é muito baixo, ainda será necessário contratar empresas pra elaboração dos projetos executivos complementares, o vencedor além de ter muito trabalho, ainda corre o risco de sair no prejuízo. Este valor é uma desvalorização ao arquiteto. Quem têm porte médio com experiência, funcionários e maiores despesas, não faz o menos sentido participar desse concurso. Lamentável que o Conselho aonde deveria regulamentar e valorizar a profissão, faz o contrário.

  6. Senhores, realmente este custo é o custo apenas do Arquitetônico e no máximo do Paisagismo (que provavelmente não é muito grande). Temos um projeto na Categoria IV (Tabela 3) e com índice de complexidade alto, espaços sem repetições e etc. Deveria haver um acréscimo de pelo menos 50% para os complementares, o que seria justo.
    Mais uma vez estamos a discutir custos e o CAU, imbuído de bons princípios e a procura de um bom projeto, poderia sim fazer este acerto e acrescentar estes valores e garanto, vai receber mais opções e de melhor qualidade e com gente feliz trabalhando mesmo em época de #elenão. Fiz minha inscrição achando que era o valor para o arquitetônico. Para o projeto completo (arq+complementares) não é possível e não vou entregar.
    Por outro lado o que é isto de entrar em contado com a organização do concurso pelo endereço http://www.concursoexpo2020dubai.org/site/1?

  7. Gostaria de saber no caso do Sr Danilo Padovani qual é a posição. Estou em mesma situação. Teria como responder por este canal visto que provavelmente mais profissionais poderiam estar nesta posição?

  8. O CAU BR so sabe dizer “tiveram como base a tabela de honorários do CAU”, mas se existe uma grande maioria reclamando do valor, pq então esse calculo da tabela não estar valorizando o serviço, desde já não precisa mandar uma Messages padrão, ao invés disso o cau deveria ver oque estar de errado na tabela, para quando poder ter futuros concurso ter uma valor melhor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CONCURSOS DE AU

Conselho Nacional de Justiça anuncia concurso público com vaga para profissional de Arquitetura

CONCURSOS DE AU

Novacap anuncia Concurso Público com vagas para arquitetos e urbanistas

CONCURSOS DE AU

Câmara Municipal de Belo Horizonte abre edital para contratação de arquiteto(a)

CAU/UF

Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RN anuncia concurso público para níveis médio e superior

Pular para o conteúdo