CAU/BR

56ª Plenária: CAU/BR e IAB-DF assinam contrato para construção de sede

IMG_8332
Matheus Seco, do IAB-DF, e Haroldo Pinheiro, do CAU/BR assinam contrato da sede compartilhada

 

Em singela, mas histórica cerimônia realizada durante a 56ª. Plenária Ordinária do CAU/BR, em 21/07/16, os presidentes do Conselho,  Haroldo Pinheiro, e do IAB-DF, Matheus Seco, assinaram  contrato para a construção de uma sede própria para as duas instituições. Pelo acordo, o edifício será construído pelo CAU/BR em um terreno do IAB-DF em Brasília, e o espaço será divido entre as duas instituições.

 

Para Haroldo Pinheiro, o fato da obra ser realizada em Brasília, cidade emblemática para os arquitetos e urbanistas, é um grande e estimulante desafio. “Mas será igualmente significativa a oportunidade de colocarmos  em prática o que temos historicamente defendido e demonstrar que o melhor caminho, o mais correto, é a escolha do projeto pelo critério da melhor técnica, que é o critério do Concurso Público de Arquitetura”. O edital do certame, de caráter nacional,  deverá ser lançado em breve.

 

Da mesma forma, ressaltou ele, “coerente com a posição das entidades de Arquitetura e Urbanismo, a obra será licitada com projeto completo, desenvolvido em todos os detalhes de arquitetura e complementares, a um preço digno e com cronograma bem definido.  O valor disponível é baixo, mas nem por isso nossa sede será de menor qualidade e menor expressão. O dr. Lucio Costa dizia que uma cidade que tem nobreza não pelo excesso ou ostentação, mas pelo que ela em si representa”.

 

IMG_8363
Gislaine Saibro e Anderson Fioretti, vice-presidentes do CAU/BR, ladeiam os presidentes do IAB-DF e do CAU/BR

 

Matheus Seco, presidente do IAB/DF, afirmou que esse é um momento de grande felicidade para a entidade, pois concretiza um sonho de várias gestões anteriores. “A felicidade é maior ainda porque isso ocorre junto com o CAU, o que possibilitará um atuação mais rica junto ao governo e aos parlamentares nos assuntos pertinentes à Arquitetura e Urbanismo. Tenho certeza de que com a sede teremos onde celebrar novas conquistas para a sociedade e a organização da profissão”. Ele disse também que a sede deverá ser um exemplo de qualidade arquitetônica e boas práticas de contratações.

 

IMG_8356
Matheus Seco: sede é sonho de várias gestões do IAB-DF

 

COMISSÃO – Uma comissão conjunta, com dois membros de cada instituição, coordenará e fiscalizará os atos necessários à realização do empreendimento, sob a direção conjunta dos presidentes do CAU/BR e do IAB-DF. Os dois membros do CAU/BR, eleitos pelos seus pares, são os conselheiros federais Celso Costa (Mato Grosso do Sul) e Heitor Maia(Alagoas), tendo o conselheiro Sanderland Coelho Ribeiro (Piauí) como suplente. Pelo IAB/DF, foram indicados para a comissão os arquitetos Luiz Otávio Alves Rodrigues e Célio Melio Costa Jr.

 

Celso Costa, conselheiro federal pelo MS
Celso Costa, conselheiro federal pelo Mato Grosso do Sul

 

Na visão do conselheiro Celso Costa, o primeiro grande passo da Arquitetura no Brasil, que marcou a presença dos profissionais no país, foi dada em 1921 com a criação do IAB.  “Logo após o nascimento do IAB podemos notar que a Arquitetura brasileira toma outra dimensão, com o nascimento de grandes arquitetos que surgem em função de uma ideia que foi formada nesse período” Já o segundo grande passo foi a criação do CAU, que trouxe mais segurança aos profissionais, além de aumentar a visibilidade da profissão.

 

Ele complementa: “Eu acredito que a assinatura desse contrato de parceria é o terceiro grande passo. É o momento em que o IAB tem traçados os passos políticos da profissão e o CAU que vêm cuidando da nossa condição na sociedade. As entidades tem um diálogo amoroso, companheiro, o que cria a perspectiva de que essa nova fase de relacionamento resultará em lutas compartilhadas de uma forma muito gratificante, talvez maior do que outras coisas que nós já pontuamos. Vivemos, sem dúvida, um marco de extrema importância para que tenhamos no futuro uma arquitetura grande, consciente, consolidada e madura”.

 

Heitor
Heitor Maia, conselheiro federal por Alagoas

 

O conselheiro Heitor Maia fez questão de lembrar quatro tópicos aos colegas que se manifestaram em redes sociais. Primeiro que, nessa parceria, CAU/BR e IAB-DF entrarão com investimentos iguais e no final terão frutos iguais. “Um segundo ponto a ressaltar é que o contrato só foi possível graças a uma economia de recursos feita pelo CAU/BR ao longo dos últimos cinco anos, recursos esses que só poderiam ser aplicados em investimento de capital. Portanto, sua utilização será de forma otimizada, buscando o benefício aos profissionais de arquitetura e urbanismo do Brasil.”.

 

Em terceiro lugar, diz ele, é preciso frisar o significado da  concretização e consolidação física do Conselho. ”Ao mesmo tempo em que teremos melhores instalações para o funcionamento, será  gerada uma economia de despesas de aluguéis. Alguns colegas se manifestaram com essa preocupação e é exatamente o contrário do que eles pensam, teremos sim uma economia”. Por último, Heitor Maia lembrou o grande desafio que será a contratação do projeto através de concurso público. “Deverão ser propostos projetos de qualidade arquitetônica aliados ao custo reduzido. Não queremos propostas mirabolantes, não queremos novos palácios, essa é uma busca por arquitetura de qualidade com um custo adequado”.

 

IMG_7947
Sanderland Coelho Ribeiro, conselheiro geral pelo Piaui

 

Para o conselheiro Sanderland Coelho Ribeiro, a construção da sede do CAU/BR “fechará com chave de ouro a segunda gestão do Conselho, dando aos arquitetos e à sociedade brasileira um ícone de referência para a Arquitetura no Brasil”.

 

Ele lembra que a realização de um concurso público para a definição do projeto para a sede compartilhada com o IAB-DF, além de proporcionar um certame aberto para todos os profissionais da área, servirá de referência para os governos federal, estaduais, distrital e municipais, pois será um concurso que busca o retorno qualitativo que só um projeto completo pode propiciar”.

 

LOCALIZAÇÃO – A área da futura sede do CAU/BR e do IAB-DF é o Lote 21 da Quadra 603 do SGAS (Setor de Grandes Áreas Sul), uma dos últimos terrenos ainda disponíveis no centro da cidade. O texto do contrato foi aprovado na 3ª Reunião Plenária Extraordinária do CAU/BR, realizada em Brasília no dia 08/07/16, na oportunidade em que os conselheiros federais estavam em Brasília para a reunião ordinária das Comissões do CAU/BR.

 

O terreno do IAB-DF foi avaliado pela Caixa Econômica Federal em R$ 14,7 milhões. O CAU/BR deverá aplicar o mesmo valor na construção, sendo que R$ 10 milhões já estão disponíveis via receita de capital, ou seja, que só pode ser utilizada para investimentos. Ao final, cada entidade ficará com 50% do terreno e 50% do edifício, cuja solução arquitetônica deverá preservar a independência física e institucional das organizações. Como a lei prevê a criação de subcondomínios, cada parte fará a manutenção de sua área respectiva.

 

A edificação poderá ser construída em uma ou mais etapas, a depender do valor total orçado para o empreendimento, com área total estimada em 7.500 m², assim distribuídas: 2.500m² em subsolo para garagem, acesso e locais técnicos, mais 5.000m² em três pavimentos e até 40% da cobertura (quarto pavimento) para área social útil.

 

Saiba mais:

56ª Plenária: parceria do CAU/BR com BB e Cielo facilitará acesso a projetos

56ª Plenária: CAU/BR condena arquitetos que aprovavam os próprios projetos em Prefeitura

 

Publicado em 21/07/2016

 

Atualizado em 28/07/2016

MAIS SOBRE: CAU/BR

4 respostas

  1. Meus parabéns ao Presidente Haroldo pela Excelente Gestão do CAU/BR, me sinto extremamente feliz pela iniciativa dos representantes que elegi para a classe. Parabéns!

  2. Nossas entidades juntas, uma antiga aspiração se concretizando. Parabéns CAU e IAB.

  3. Parabéns! Parabéns! Parabéns! Sabia decisão… comunhão…

  4. QUe esse exemplo seja multiplicado nos demais estados do Brasil; com clareza das atribuições e fortalecimento da profissão.

Os comentários estão desabilitados.

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

NOTA DE ESCLARECIMENTO

CAU/BR

CAU/BR aponta protagonismo feminino na arquitetura e urbanismo durante 98º ENIC

CAU/BR

Comissões do CAU/BR debatem temas de interesse dos arquitetos e urbanistas

CAU/BR

CAU/BR celebra uma década dos primeiros empregados públicos efetivos

Pular para o conteúdo