Assistência Técnica

CAU/BR firma acordo de cooperação com Ordem dos Arquitetos de Cabo Verde

Imagem destacada habitatO CAU/BR e a Ordem dos Arquitetos de Cabo Verde (OAC) firmaram acordo de cooperação para admissão de registro temporário no Brasil de arquitetos de Cabo Verde interessados em participar do programa de treinamento em assistência técnica promovido pela Companhia do Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB).

 

img_57871

 

 

A assinatura ocorreu em Quito, no Equador, durante a Habitat III. Firmaram o documento o presidente do CAU/BR, Haroldo Pinheiro, e o bastonário da OAC, César Freitas. Prestigiou o ato o presidente da União Internacional dos Arquitetos (UIA), Esa Mohamed.

 

O acordo operacionaliza memorado de entendimento entre as duas instituições, de 2015, para ações específicas de cooperação, e o acordo de cooperação técnica firmado, em 2016, entre a CODHAB e o Conselho Internacional de Arquitectos de Língua Portuguesa (CIALP).

 

Esse acordo tem por objeto a integração de informações e experiência com enfoque na assistência técnica em Arquitetura e Urbanismo, regularização e projetos para áreas urbanas de interesse social.

 

A CODHAB se responsabilizará por verificar a observância da legislação brasileira. Os profissionais deverão pagar anuidade proporcional ao CAU/BR.

 

Publicado em 21/10/2016

 

habitat-iii-menor-cliqueaquiok

7 respostas

  1. O CAU tem feito tanta coisa contra os arquitetos que tenho até duvida sobre as intenções dessa integração. Vai ter algo similar ao revalida?

  2. Conseguimos fazer parcerias com países em situação econômica melhor que a nossa, para que os nosso arquitetos possam trabalhar em outros países???

    1. Sempre que aparecem essas notícias, eu também me pergunto a mesma coisa….só lamento!

  3. Presidente,
    Primeiramente com a crise que estamos passando em nosso pais, com pouquíssimo trabalho para os profissionais nacionais, vocês nada fazem para ajudar-nos a conseguir trabalho e nem efetuam companhas para os interessados Brasileiros, querem trazer arquitetos de fora, só para receber mais anuidade???? Vou dizer uma coisa a separação do CREA foi a pior atitude efetuada pela categoria, e o senhor esta deixando em muito a desejar, é omisso e pior quer trazer mais concorrência para um mercado já saturado, agora a pergunta é qual a contra partida, teremos os mesmos direitos de trabalhar em Portugal ou Cabo Verde???? ou é um beneficio unilateral, com caracter arrecadatório!!! Me desculpe mas vocês saõ uma vergonha para nossa classe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

NOTA DE ESCLARECIMENTO

CAU/BR

CAU/BR aponta protagonismo feminino na arquitetura e urbanismo durante 98º ENIC

CAU/BR

Comissões do CAU/BR debatem temas de interesse dos arquitetos e urbanistas

CAU/BR

CAU/BR celebra uma década dos primeiros empregados públicos efetivos

Pular para o conteúdo