CATEGORIA

CAU/DF publica post orientativo sobre o tema “Venda de projetos na internet”.

Diante da incidência recorrente de questionamentos à Gerência de Fiscalização do CAU/DF sobre a comercialização de projetos por meio de sites na internet e em mídias sociais, o Conselho publicou, na última terça-feira (26/4), um post em sua página no Facebook (www.facebook.com/CAUDF). O objetivo é orientar arquitetos e urbanistas com relação a questões importantes que devem ser considerados antes do profissional oferecer seus serviços na rede mundial. “Existem questões que envolvem o Código de Ética e na própria legislação do CAU que devem ser respeitadas pelo profissional, para que seu negócio também seja respeitado e ganhe credibilidade por seus futuros clientes”, afirmou o gerente de Fiscalização do CAU/DF, Cristiano Ramalho.
Veja o post abaixo.

FONTE: CAU/DF
Publicado em 29/04/2016
MAIS SOBRE: CATEGORIA

0 resposta

  1. Acredito que vender serviços de arquitetura pela internet é possível, isso é tendência mundial. Mas vender projetos prontos é onde pode morar o problema. O Código de ética diz que devemos zelar pela boa arquitetura, mas essa conduta se perde no ato de vender o produto “pronto” para qualquer terreno / região?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo