CATEGORIA

CAU/PE entrega a candidatos Carta Aberta pela qualidade das cidades

cau

 

Candidatos ao segundo turno para a Prefeitura do Recife, Geraldo Júlio (PSB) e João Paulo (PT) conheceram as propostas do Conselho de Arquitetura e Urbanismo por cidades mais dignas, justas e de qualidade. Ao receberem a Carta Aberta do CAU, que defende o planejamento e a gestão metropolitana, ambos assumiram o compromisso de dialogar com a instituição na construção de uma agenda urbana transformadora.

 

O documento nacional, que também foi entregue aos então candidatos Daniel Coelho (PSDB) e Priscila Krause (DEM), inclui as bases para a formulação ou aperfeiçoamento de programas de governo integrados à visão de um planejamento urbanístico de longo prazo. Nele, a instituição aponta caminhos para vencer os desafios objetivos da gestão metropolitana, defendendo três eixos de atuação: a governança metropolitana, o plano de desenvolvimento urbano integrado (que reflita os planos diretores de cada município) e o monitoramento cidadão das metas e prazos.

 

Clique aqui para conferir o documento.

 

“O Recife extrapolou os limites municipais. Essa dimensão metropolitana precisa ser encarada de forma estratégica para que possamos entrar em uma nova rota de desenvolvimento”, defende o presidente do CAU/PE, Roberto Montezuma. “A Carta é uma provocação técnica do Conselho dentro desse desafio”, complementou o vice-presidente Roberto Freitas.

 

Sobre o assunto, o candidato à reeleição Geraldo Júlio destacou o grande desafio da governança metropolitana e pontuou a importância de um planejamento articulador. “Vamos colocar esse assunto na pauta sim. Sofremos impacto direto da questão metropolitana. Sobretudo na questão da economia”, comentou. Já o ex-prefeito João Paulo destacou a importância do Conselho no enfrentamento à questão. “A cada dia estou mais convencido de que o Recife tem que ter um protagonismo Metropolitano. Problemas como transporte, fornecimento de energia, abastecimento d’água, dos rios e canais são metropolitanos”, pontuou.

 

FONTE: CAU/PE

 

Publicado em 05/10/2016

MAIS SOBRE: CATEGORIA

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo