CATEGORIA

CAU/RS alerta prefeituras sobre irregularidades em editais

Recentemente, o CAU/RS obteve duas importantes vitórias na fiscalização e valorização profissional. Após constatadas irregularidades em editais de Tomada de Preço nos municípios de Ibiaçá e Garibaldi, o Conselho notificou às prefeituras e solicitou a correção das informações, que não levavam em consideração critérios importantes relacionados à etapa de qualificação técnica.

 

Prefeitura de Ibiaçá

O CAU/RS obteve, após impugnação, a retificação do Edital de Tomada de Preços 09/2015, do Município de Ibiaçá, que visa a contratação de empresa para substituição de piso da quadra do Ginásio Municipal de Esportes José Durigon.

 

Na versão original, o referido Edital não contemplava o registro no Conselho de Arquitetura e Urbanismo para a qualificação técnica das empresas licitantes.

 

O Termo de Retificação foi publicado no site oficial do Município em 11 de agosto de 2015.

 

Prefeitura de Garibaldi

No caso do Município de Garibaldi, o Edital de Tomada de Preços 007/2015 – que visa a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de elaboração de projeto de restauro da Mansão Mazzini – não excluía da licitação a possibilidade de participação de profissionais sem atribuição legal para este tipo de atividade.

 

No ofício enviado à prefeitura, o CAU/RS alertou que a elaboração de projeto de restauração arquitetônica interna e externa é atribuição exclusiva de Arquiteto e Urbanista, conforme previsto na Resolução CAU/BR nº 51.

 

Após a impugnação, o edital foi retificado atendendo às solicitações do Conselho.

 

Publicado em 25/09/2015. Fonte: CAU/RS

MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo