CATEGORIA

Chamadas de trabalhos para o Arqamazônia 2016

 

Federação Pan-Americana de Associações de Arquitetos – FPAA e o Instituto de Arquitetos do Brasil – IAB convidam arquitetos e urbanistas, arquitetos paisagistas, ecologistas, pesquisadores, acadêmicos e profissionais relacionados para participar do ARQAMAZÔNIA 2016 – II Congresso Internacional de Arquitetura e Sustentabilidade na Amazônia, que se realizará na Cidade de Manaus – Brasil, de 14 a 16 de setembro de 2016 (saiba mais aqui).

 

Os trabalhos deverão serão enquadrados em duas modalidades:

 

  • Comunicação:
    1ª fase – envio de resumo expandido
    2ª fase – envio de artigo completo (após a aprovação da 1ª fase)
  • Painel:
    Apenas 1ª fase – envio de resumo expandido

As propostas devem estar relacionadas com os seguintes eixos temáticos:

 

  1. Cidade e Produção do Espaço na Amazônia;
  2. Projeto de Arquitetura e Urbanismo para a Amazônia;
  3. Gestão e Planejamento Urbano Territorial e
  4. Tecnologias Sustentáveis para a Amazônia

O resumo deverá ser submetido até o dia 15 de abril de 2016 às 18h00 (horário de Brasília), pela primeira vez na forma de Resumo Expandido, de acordo com as regras do evento, encaixando-se nos eixos temáticos do congresso.

 

Leia mais sobre a chamada de trabalhos aqui.

 

Sobre o Congresso

 

II Congresso Internacional de Arquitetura e Sustentabilidade na Amazônia (II ARQAmazônia) será realizado em Manaus, no Centro de Convenções do Amazonas (CCA) Vasco Vasques, de 14 a 16 de setembro deste ano. Com o tema “Cidade e natureza, ambiente de todos”, o evento visa a propor modelos urbanos e arquitetônicos sustentáveis de apelo ecológico na Amazônia Continental a partir de propostas teóricas e experiências de projeto. O II ARQ Amazônia servirá de preparatório para o 27º Congresso Mundial da União Internacional dos Arquitetos(UIA), que acontecerá pela primeira vez no Brasil em 2020, na cidade do Rio de Janeiro.

 

Promovido pela Federação Pan-Americana de Associações de Arquitetos (FPAA), com organização do IAB/AM, o II ARQ Amazônia reunirá cerca de 1.500 congressistas. As palestras, as mesas-redondas e os debates serão norteados por quatro eixos temáticos: cidade e produção do espaço na Amazônia; projeto de arquitetura e urbanismo para a Amazônia; gestão e planejamento urbano territorial; e tecnologias sustentáveis para a Amazônia. Fazem parte da programação também a Mostra de Arquitetura Amazônia e a exposição fotográfica de Severiano Porto.

 

Para o presidente do IAB-AM e conselheiro do CAU/BR, Claudemir José Andrade, o II ARQAmazônia vai ajudar na promoção e socialização de pesquisas e experiências entre os profissionais da macrorregião Amazônia Continental. “O congresso será importante para reforçar a prática da arquitetura e urbanismo para os novos desafios da sustentabilidade. Esperamos poder contribuir para o desenvolvimento e implantação de soluções arquitetônicas bioclimáticas, assim como seus critérios de sustentabilidade e responsabilidade ambiental”, afirmou.

 

A primeira edição do ARQ Amazônia foi realizada na cidade de Iquitos, no Peru, em 2013. A partir de então, o evento passou a fazer parte do calendário de eventos da FPAA. Simultaneamente ao II ARQ Amazônia, são previstos três eventos: a reunião de diretoria da FPAA, a reunião do Conselho Superior do IAB (COSU-IAB/AM) e a reunião da Comissão de Ética e Disciplina do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CED-CAU/BR).

 

 

Mais informações no site www.arqamazonia2016.com.br

 

FONTE: ASBEA

 

Publicado em 28/03/2016

MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo