CATEGORIA

Arquitetos de lingua portuguesa reúnem-se em Goa para discutir o Rio 2020

Nos próximos dias 17 e 18/04 ocorrerá em Goa (União Indiana) o IV Forum CIALP (Conselho Internacional dos Arquitetos de Língua Portuguesa), sob o lema “No Caminho para o Rio 2020 – Todos os Mundos. Um Só Mundo” e com o tema “Perspectivas para a Cidade e a Habitação nos países e territórios de língua portuguesa”.

 

O tema será desdobrado em duas sessões. A primeira sessão discutirá os “Desafios da Cidade” e, a segunda, os “Desafios da Habitação”. O presidente do CAU/BR, Haroldo Pinheiro, será um dos participantes.

 

O Forum marca o início dos eventos preparatórios do 27º Congresso da União Internacional dos Arquitetos (UIA) que irá acontecer no Rio de Janeiro  em 2020.

 

Sob o lema “Todos os Mundos. Um só mundo. Arquitetura 21”, o Rio 2020 tem como objetivo refletir a realidade urbana contemporânea, múltipla e diversa, e propor e propor novas abordagens.  “A cidade emerge como o último destino da humanidade que nela joga muito do seu futuro, necessariamente mais sustentável e em melhor ambiente construído para o maior número de pessoas. Neste sentido, a habitação constitui-se como questão central de uma cidade que se deseja para todos. Num e noutro caso, os arquitetos devem ter uma palavra a dizer”, afirma o CIALP.

 

O IV Forum CIALP é organizado pela Secção de Goa do Instituto Indiano de Arquitectos (IIA). O Fórum se realizará por ocasião da reunião do Conselho Executivo do IIA, que compreende representantes de todas as suas secções estaduais. O CIALP reunirá igualmente o Conselho Diretivo e a Assembleia Geral.

 

Para Goa, o evento tem ainda um significado especial, por marcar a integração de fato do IIA com o CIALP. A entrada de Goa, por proposta da Associação de Arquitetos de Macau, foi aprovada em assembleia-geral do CIALP em 2010. De início, seu status era de observador, agora passará a ser membro efetivo.

 

Os três fóruns anteriores do CIALP, que tem sede na capital portuguesa,  foram realizados em Fortaleza, Sumbe (Angola) e Lisboa. Através de seus membros associados, o CIALP reúne cerca de 150 mil profissionais de língua portuguesa, ou cerca de 10% dos arquitetos e urbanistas de todo o mundo, segundo dados da entidade.

 

 

Fonte: CIALP

Publicado em 14/04/2015

MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

CATEGORIA

Seminário de Urbanismo debate Planos Diretores para novos tempos

CATEGORIA

Políticas urbanas e ambientais nas cidades brasileiras em pauta na Trienal

CATEGORIA

Seminário da AsBEA debate recuperação de imóveis subutilizados

Pular para o conteúdo