CATEGORIA

Cidades felizes e inclusivas pautam abertura do Urban Thinkers Campus no Recife

 

“Temos que construir uma cidade para nós mesmos, as cidades que queremos, cidades felizes”, foi com essa fala que o presidente do CAU/BR, Haroldo Pinheiro, encerrou sua fala na abertura da edição brasileira do Urban Thinkers Campus (UTC), realizada no Recife. Até a próxima sexta-feira (27), a capital pernambucana recebe o evento que reúne sociedade civil, setores público e privado para compartilhar soluções de inclusão social e criar uma narrativa urbana ligada às tecnologias abertas.

 

Com o objetivo de responder à pergunta “Qual o papel das cidades como redes de espaços de aprendizado, especialmente para os jovens?”, o encontro, lembra o presidente do Conselho, é um forte chamado aos arquitetos e urbanistas, que trabalham diretamente na construção física desses espaços. “O Brasil, assim como o mundo, já fez sua opção pelas cidades. Em um século, atingimos a marca de 82% de urbanização, muito a cima da média global de 54%”, comentou Haroldo, ressaltando a essência múltipla das cidades contemporâneas.

 

O aspecto plural das cidades é exatamente o norte das discussões que vão ocorrer nos próximos dias e que terão como resultado um relatório a ser encaminhado à ONU Habitat, como forma de contribuir à conferência Habitat III, em Quito. Foram definidos quatro eixos temáticos para orientar os debates estão: o papel da cultura na transformação urbana; tecnologias abertas, ciência do comum e patrimônio tecnocultural; a cidade como lugar de inclusão e aprendizado; e urbanismo tático e a regeneração do espaço público. Na programação, além de painéis fechados e grupos de trabalho, há debates abertos ao público, apresentação de vídeos e música.

 

Membro associado da World Urban Campaign, o INCITI – grupo transdisciplinar de pesquisa vinculado à Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) que tem o objetivo de incitar novos conhecimentos capazes de transformar a vida nas cidades – foi selecionado para coordenar o primeiro UTC no Brasil. Com patrocínio do Governo Federal, Prefeitura do Recife e Iron House, o evento conta ainda com o apoio institucional do CAU/BR e do CAU/PE, além de instituições como a Fundação Joaquim Nabuco, a Universidade Católica de Pernambuco, a Livraria Cultura e a ONG Auçuba.

 

Saiba mais sobre o evento AQUI.

 

Você pode acompanhar o evento ao vivo pelo player abaixo:

 

Publicado em 26/11/2015. Com informações de CAU/PE.

MAIS SOBRE: CATEGORIA

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo