ARQUITETOS EM DESTAQUE

Clóvis Ilgenfritz da Silva recebe o Colar de Ouro no 21º CBA

Clóvis Ilgenfritz da Silva será homenageado no 21º Congresso Brasileiro de Arquitetos (CBA), evento que acontece em Porto Alegre de 09 a 12 de outubro. Aos 80 anos, o arquiteto e urbanista gaúcho natural de Ijuí (RS) receberá na cerimônia de abertura o Colar de Ouro, comenda criada pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) como reconhecimento máximo aos arquitetos e urbanistas pela sua obra e atuação profissional. A entrega do Colar de Ouro será às 19h30, no Auditório Araújo Viana.

 

 

Clóvis Ilgenfritz da Silva no estande do CAU/RS durante a Feira do Livro de Porto Alegre em 2016. Foto: CAU/RS

 

Formado em 1965 pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Clóvis dedicou sua trajetória profissional a projetos e políticas de habitação popular, sendo o criador da chamada Lei de Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social (ATHIS). A Lei nº 11.888/2008 assegura, às famílias de baixa renda, assistência técnica pública e gratuita para o projeto e a construção de moradias. A iniciativa foi aprovada em 2008, após anos de discussão no Congresso, e sancionada pelo presidente Lula no mesmo ano. Clóvis sempre esteve à frente dessa pauta, pela qual lutou por quase quatro décadas. “Seguimos lutando nem que seja a conta gotas. Cada ação que se fizer no âmbito regional vai gerar uma repercussão local e regional e fazer com que outros queiram”, destaca o arquiteto e urbanista.

 

A trajetória profissional, política e sindical de Clóvis é para poucos. O ex-presidente e fundador da Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA) e do Sindicato dos Arquitetos no Estado do Rio Grande do Sul (Saergs), coordenou, ainda na década 1970, da Assistência Técnica para Moradia Econômica (ATME), que gerou a Lei nº 11.888/2008. Também auxiliou na articulação e fortalecimento da categoria e dos sindicatos, tendo sido um dos criadores e presidido a FNA entre 1983 e 1986, e o Saergs, em suas primeiras três diretorias (1974 a 1983). No currículo, está uma extensa atuação ligada ao Partido dos Trabalhadores (PT), tendo sido um dos fundadores do partido (1981) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT), no mesmo ano.

 

Clóvis lecionou na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRGS entre 1972 e 1977, assumiu como vereador de Porto Alegre por três mandatos (1989 a 1992/1993 a 1996/1997 a 2000), além de ocupar o cargo de Secretário Municipal de Planejamento (1989) e Deputado Federal. “Temos problemas, limitações e defeitos, mas não podemos desistir. A persistência tem que estar junto com nossa visão política. Temos que persistir e não esmorecer. Em todos os sentidos, há uma esperança que o Brasil volte a ser o país dos brasileiros e se revogue toda essa situação calamitosa que está em relação aos direitos dos trabalhadores”, afirma o homenageado.

 

Na 81ª Plenária do CAU/RS, realizada em janeiro de 2018, Clóvis presidiu a sessão de posse da nova gestão. O arquiteto e urbanista é conselheiro do CAU/RS, coordenador da Comissão Temporária de Assistência Técnica e integrante da Comissão de Organização e Administração. Foto: CAU/RS

Premiações e homenagens

Este não é o primeiro reconhecimento recebido pelo arquiteto e urbanista ao longo de sua trajetória profissional. Em 2016, Clóvis foi surpreendido, na abertura do II Congresso Internacional de Arquitetura e Sustentabilidade da Amazônia (II ArqAmazônia), realizado em Manaus (AM), com o Prêmio Juan Torres Higueras, honraria concedida pela Federação Pan-Americana de Arquitetos (FPAA) pelo “conjunto da obra” dos trabalhos desenvolvidos pelos premiados.

 

Fonte: CAU/RS

 

Saiba mais sobre a presença do CAU/BR no 21° Congresso Brasileiro de Arquitetos

 

Uma resposta

  1. Aos Colegas Arquitetos e Urbanistas do Brasil
    Pensei duas vezes antes de decidir digitar alguma linhas, para enaltecer a pessoa íntegra e respeitosa que conheci mais de perto na década de 1970.Vou abreviar, e chegar no ano de 1974, quando ainda estudante de Arquitetura na Universidade do Vale do Rio dos Sinos(UNISINOS), na cidade de São Leopoldo, que faz parte da Região metropolitana de porto Alegre, fiz o convite para que o amigo e mestre Arq.Clóvis Ilgenfritz da Silva, viesse a proferir uma “aula especial”, na disciplina de Teoria da Informação, na época ministrada por Antônio Holfeldt e Sérgio Caparelli, escritores renomados.O tema que a mim interessava apresentar aos meus colegas, era nada mais do que a “semente” do que hoje é denominado por “ATHIS”.Na época o querido colega lançou o “ATME”(Assistência Técnica a Moradia Econômica),sistema inovador,radical,totalmente associativo, e com una linha que propunha o melhor encaminhamento para a construção de fato, para quem não a tem. Foi uma noite inesquecível para mim,que tive a honra de apresentar em sala de aula algo revolucionário em termos conceituais. Esta era a minha intenção, em mostrar que a teoria da informação, neste processo onde a arquitetura social, não circulava( e ainda não circula), deveria ser bem entendida nos meios de comunicação da categoria dos arquitetos, mas fundamentalmente já pelos futuros profissionais que ali estavam tendo a oportunidade primeira de ouvir do autor da iniciativa social, popular e democrática.A palestra foi bem aceita. O resultado prático realmente delonga-se por décadas, mas o nobre arquiteto, professor, político e fundador de nosso Sindicato em Porto Alegre, foi visionário e porque anteviu que mais cedo ou mais tarde, a semente iria germinar com outros nomes, mas está em pleno andamento.Quanto a distinção do “Colar de Ouro”, tomo a liberdade de dizer que está em boas mãos.Mãos de quem projetou algo a nível social, com absoluta convicção, de que a arquitetura deve ser social, e atingir seus fundamentos. Parabéns e vida longa ao amigo e colega. Arq.Urb.William Cunha Pupe-CAU/RS A10912-6

Os comentários estão desabilitados.

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Projeto brasiliense ganha destaque Internacional no Prêmio ArchDaily Edifício do Ano 2024

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquiteto Washington Fajardo vai atuar na Divisão de Habitação e Desenvolvimento Urbano do BID

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquitetura Modernista: New York Times indica Brasília como um dos melhores lugares para visitar 2024

IAB

IAB divulga nota com expectativas para a nova gestão do CAU Brasil

Pular para o conteúdo