UIA 2023

Começou o UIA2023CPH: Cerimônia destaca responsabilidade dos(as) arquitetos(as) no combate às mudanças climáticas e na promoção da saúde

 

A capital da Dinamarca, Copenhagen, está em festa com o início do 28º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2023CPH). Evento promovido pela União Internacional de Arquitetos reúne profissionais de todo o mundo para discutir soluções arquitetônicas inovadoras e sustentáveis. E o Brasil marcou presença na cerimônia de abertura, com representantes do CAU Brasil e do IAB!

 

A participação brasileira está sendo coordenada pelo IAB (Instituto de Arquitetos do Brasil), que é o representante do país junto à UIA. Principal atração é o stand “Continente Amazônia”, concebido em parceria com o CAU Brasil e com o apoio de todas as entidades nacionais de arquitetos e urbanistas, destacando a riqueza e a importância da Amazônia para o futuro do planeta. Veja aqui

 

Stand do Brasil no UIA2023CPH

 

Nesta segunda-feira, a cerimônia de abertura do UIA2023CPH enfatizou o papel dos arquitetos no combate às mudanças climáticas e na promoção da saúde da população. Todos os discursos foram carregados de entusiasmo e esperança, ressaltando a responsabilidade dos arquitetos nas transformações sociais.

 

ARQUITETURA SUSTENTÁVEL E RESPONSÁVEL

“Queremos contribuir, por meio deste congresso, para o engajamento, a demonstração de arquitetura sustentável e responsável, visando a construção de um mundo melhor”, disse José Luis Cortés, presidente da União Internacional de Arquitetos (UIA). “Nosso mundo enfrenta diversos desafios, sejam eles políticos, econômicos ou tragédias como a pandemia. Precisamos trabalhar unidos em prol dos objetivos do desenvolvimento sustentável.”

 

Presidente da UIA, José Luis Cortés, inaugura o Congresso Mundial de Arquitetos 2023 UIA2023CPH
Presidente da UIA, José Luis Cortés, inaugura o Congresso Mundial de Arquitetos UIA2023CPH

 

O presidente também fez questão de lembrar do último Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2021RIO), que aconteceu no Rio de Janeiro em meio à pandemia. Mesmo sendo realizado de forma remota, o evento foi extremamente importante, pois conseguiu conectar milhares de arquitetos de todo o mundo. Na ocasião, o Rio de Janeiro se tornou a primeira cidade a receber o título de Capital Mundial da Arquitetura.

 

Para a presidente do CAU Brasil, Nadia Somekh, essa é uma mensagem importante de reforço ao trabalho que os(as) arquitetos(as) brasileiros(as) estão realizando. “Somos idealistas porque entendemos que transformar as cidades significa transformar a sociedade. E para isso, precisamos formar bons arquitetos.”

 

Marcela Abla, presidente do IAB-RB, o arquiteto burkinense Diébédo Francis Kéré (vencedor do Prêmio Pritzker 2022) e Nadia Somekh, presidente do CAU Brasil

 

Na cerimônia, a questão da formação profissional foi destacada pela organizadora do UIA2023CPH, a arquiteta dinamarquesa Natalie Mossin. A diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, enfatizou a relevância da preservação do patrimônio histórico e da sua intervenção com sensibilidade. Para ela, os arquitetos desempenham um papel crucial, trazendo uma abordagem contemporânea que valoriza a memória e a identidade cultural.

 

O UIA2023CPH continua até sábado. O CAU Brasil vai buscar novos acordos e parcerias com ordens, conselhos, câmaras e diversos agentes internacionais. Também vai apresentar suas iniciativas de ATHIS e o Projeto Amazônia 2040. Saiba mais aqui.

 

Presidente do CAU Brasil, Nadia Somekh; com os arquitetos dinamarqueses Natalie Mossi (organizadora do UIA2023CPH) e Jan Gehl (autor do livro “Cidades para Pessoas”)

 

No primeiro dia, os(as) arquitetos(as) e urbanistas que representam o Brasil encontraram–se com com grandes nomes da Arquitetura mundial, como o dinamarquês Jahn Gehl, autor do livro “Cidades para Pessoas”; e o burquinense Diébédo Francis Kéré, vencedor do Prêmio Pritzker 2022. Inclusive, Francis Kéré já anunciou que em 2024 vem ao Brasil!

 

A delegação do CAU Brasil no evento conta com a presença da presidente Nadia Somekh, dos conselheiros Ricardo Mascarello (coordenador da Comissão de Política Urbana e Ambiental), Valter Luis Caldana (coordenador da Comissão de Ensino e Formação), Ana Cristina Barreiros da Silva (coordenadora da Comissão de Política Profissional) do CAU Brasil; da presidente do IAB, Maria Elisa Baptista;  da presidente do CAU/AC, Dandara Lima; e da professora da Universidade Federal do Pará (UFPA) Ana Claudia Cardoso, que fará uma palestra na Embaixada Brasileira em Copenhagen.

 

Stand do Brasil no UIA2023CPH mostra projetos de ATHIS e Arquitetura Moderna na Amazônia

 

Com a participação ativa dos(as) arquitetos(as) brasileiros(as) nesse evento global, o CAU Brasil espera reafirmar o protagonismo desses profissionais nas transformações sociais, ampliando seu alcance no mercado internacional e contribuindo para a construção de um mundo mais sustentável.

 

Confira o hotsite Brasil no UIA2023CPH

MAIS SOBRE: UIA 2023

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

Relações Internacionais

CAU Brasil assinou memorando de entendimento com CPNAA e RAGA

Relações Internacionais

CAU Brasil firma termo aditivo com Conselho Superior dos Colégios de Arquitetos da Espanha

Relações Internacionais

Na Dinamarca, CAU Brasil e OA/PT assinaram aditamento do acordo das duas instituições

UIA 2023

Arquiteto brasileiro Nivaldo Andrade é o novo vice-presidente das Américas para a UIA

Pular para o conteúdo