COMISSÕES

Comissões de Ética do CAU Brasil e dos CAU/UF debatem boas práticas em meios digitais

 

 

O CAU Brasil promoveu em São Paulo o 21º Seminário Regional da Comissão de Ética e Disciplina, com a presença de conselheiros estaduais de diversos CAU/UF. Encontro teve como objetivo produzir um Guia Orientativo de Boas Práticas nos Meios Digitais para Serviços de Arquitetura e Urbanismo. “Nós sabemos que os arquitetos e urbanistas têm muita necessidade de usar a internet para se fazer presentes no mercado”, afirmou o coordenador da Comissão de Ética e Disciplina do CAU Brasil, conselheiro Fabricio Santos (AM).

 

O conselheiro esclarece que existem leis e regramentos que orientam a atuação ética dos profissionais, porém essas normas não estão completamente adaptadas para as plaraformas e serviços que surgem a cada dia. “Queremos orientar os arquitetos sobre como atuar da melhor maneira possível, com ética, cuidado e respeito. Sempre buscando a valorização da profissão”, disse.

 

Conselheiros da Comissão de Ética e Disciplina do CAU Brasil Giedre Ezer (ES), o coordenador Fabricio Santos (AM), Matozalém Santana (TO) e  José Afonso Botura Portocarrero (MT)

 

Em dois dias de eventos, conselheiros estaduais e federais temas como a oferta de serviços de Arquitetura e Urbanismo pela internet, formação ética dos estudantes e direitos autorais de arquitetos e urbanistas. Objetivo foi envolver todos os CAU/UF na formatação do Guia Orientativo, cuja discussão começou no XX Seminário Regional da CED, em novembro passado.

 

Nesta nova reunião, os conselheiros do CAU Brasil Roberto Salomão (PE) e Giedre Ezer (ES) promoveram dinâmicas de grupo para direcionar a produção do guia. Os participantes se dividiram em equipes para fazer estudo direcionado com questões práticas enfrentadas no dia-a-dia da profissão. Isso fortaleceu os vínculos entre as comissões, pois foi possível compartilhar experiências de várias partes do país.

 

Duas palestras também ajudaram a organizar os debates. Primeiro, o conselheiro do CAU/DF, Ricardo Meira, falou sobre “Redes Sociais: Ética e Atuação do CAU”. No segundo dia do evento, o conselheiro do CAU Brasil Matozalém Santana (TO) ministrou uma palestra sobre Código do Consumidor e apresentou um estudo de diversos casos de venda de projetos e serviços de Arquitetura e Urbanismo na internet.

 

Conselheiro do CAU Brasil Matozalém Santana (TO) ministrou palestra sobre Código do Consumidor e casos de venda de projetos na internet

 

Houve ainda uma reunião os coordenadores das Comissões de Ética e Disciplina dos CAU/UF para compartilhamento dos planos de trabalhos e troca de experiencias. “É importante destacar que a Comissão de Ética e Disciplina não tem o papel de punir, mas de orientar os profissionais”, afirmou o conselheiro Fabricio Santos.

 

“É preciso estarmos atuantes para que a imagem dos arquitetos e urbanistas não seja prejudicada junto à sociedade. Isso não é censurar nem limitar, mas incentivar as formas corretas de trabalho”, disse.

Uma resposta

  1. Isso tá me cheirando a censura aos arquitetos que criticam as ações de cunho partidário do Cau. Não querem que ninguém faça qualquer tipo de critica ao Conselho. Porque ação a favor da arquitetura essas são pequenas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

EVENTOS

Patrícia Sarquis Herden é presença confirmada no 3º Fórum Mundial Niemeyer 

ÉTICA E DISCIPLINA

CAU/BR promove treinamento técnico para membros da Comissão de Ética e Disciplina

EVENTOS

Inscrições abertas para o Fórum Urbano Mundial

EVENTOS

World Architecture Festival (WAF) recebe inscrições com desconto até 28 de março

Pular para o conteúdo