CAU/BR

CONAR adverte Andrade Gutierrez por difamar arquitetos

A 7ª Câmara do Conselho de Ética do CONAR (Conselho Nacional de Autoregulamentação Publicitária) decidiu, por maioria de votos, aplicar uma advertência contra a Andrade Gutierrez em razão de campanha da empreiteira considerada pelo CAU/BR como difamatória da categoria dos arquitetos e urbanistas. As peças caracterizavam os profissionais da categoria como negligentes, imperitos e irresponsáveis.

 

A decisão relativa à Representação Nº 043/17, em primeira instância, se deu em reunião do dia 24/05. No mesmo dia, foi comunicada aos profissionais que entraram com representação junto ao CONAR, solicitando a abertura de um processo ético contra a empreiteira – por sinal, uma das maiores envolvidas em atos de corrupção descobertos pela Operação Lava Jato.

 

Tomaram a iniciativa, entre outros, em nome pessoal, os presidentes do CAU/BR, Haroldo Pinheiro, do CAU/ES, Tito de Carvalho, e o conselheiro federal Fernando Costa. Esse foi o caminho recomendado pelo CAU/BR aos profissionais. Em paralelo, o Conselho moveu ação judicial contra a empreiteira, ainda em tramitação em Brasília.

 

A campanha, uma série, foi divulgada, nacionalmente, por diversas rádios nos meses de fevereiro e março. Um dos “spots”, o episódio “O contrato vale para todo mundo”, simula o diálogo de dois homens onde se transmite a ideia de que o arquiteto responsável pelo projeto e construção da casa de um deles, “inverteu” a posição do banheiro de sua esposa. O profissional não reconheceu seu suposto erro recusando-se a corrigi-lo, não cumpriu o contrato assinado com o cliente e foi responsável pelo “tempão” de duração da obra. E ainda o iguala a políticos corruptos.

 

POSIÇÃO DO CAU/BR

 

A decisão do CONAR foi elogiada pelo presidente do CAU/BR. Em seu pedido ao órgão, Haroldo Pinheiro afirmou sentir-se “ofendido, como cidadão, arquiteto e urbanista” com a campanha. “E não tenho dúvidas de que os arquitetos e urbanistas que trabalham ou prestam serviços para a empreiteira compartilham do mesmo sentimento”.

 

Na representação, ele acentuou que “a campanha é, ainda, discriminatória, pois em outra mensagem do conjunto dos “spots” que a compõem, há uma peça que enaltece o profissional engenheiro, dando-lhe um tratamento elevado e diverso do que é prestado ao arquiteto e urbanista”.

 

Na ação apresentada à Justiça, o CAU/BR afirma que a Andrade Gutierrez não tem o direito de, “com o intuito de resgatar a credibilidade afetada pela participação em ilícitos, ofender a credibilidade e respeitabilidade de toda uma categoria profissional”.

 

O Conselho solicitou a retirada imediata do ar do “spot” e o pagamento de indenização por danos morais coletivos aos arquitetos e urbanistas. Além disso, requereu a veiculação, às custas da empreiteira, de mensagens de valorização dos arquitetos e urbanistas na elaboração de projetos arquitetônicos (de edificações) e execução de obras.

 

SAIBA MAIS

 

CAU/BR aciona na Justiça construtora Andrade Gutierrez por difamação de arquitetos e urbanistas

22 respostas

  1. Em geral o poder público Brasileiro que é Centralizador dita as regras e deixa
    que a responsabilidade não seja assumida pelos profissionais, no caso nós arquitetos.
    Um exemplo são os lentos e morosos processos de aprovação ditados, regulados e responsabilizados
    pelas prefeituras. Assim os clientes não tem a quem responsabilizar caso suas edificações sejam
    insalubres, feias etc. Está na hora do CAU assumir responsabilidades como o conselho Canadense
    que não permite a qualquer profissional sair assinando projetos Brasil a fora a preços absurdos.
    E chega desse papo de sindicatos para regulamentar salários. Queremos valorização! Uma carreira linear
    sem concorrências desleais feitas por decoradores etc. Vamos padronizar e regular as profissões ligadas
    a construção civil no Brasil.

  2. Vergonha na cara tem que tomar o CAU e O CREA por permitir contimuem a ser construdos e vendidos os “navios de escravos” da minha casa minha vida…milhoes de familias mal sobrevivendo apinhadas como gado em ambientes de 2,4 2,5 metros de largura… e pagando centenares de milhares de reais por decadas..muita hipocresia procurar a culpa nos outros e nao fazer nada quando se tem o poder de mudar o que esta errado !!!

    1. Pablo, o CAU/BR vem apresentando suas críticas ao MCMV em todos os fóruns adequados, desde a sua criação. Inclusive no Ministério das Cidades e na Caixa. Mas não participamos diretamente nas decisões de políticas públicas do Governo Federal.

    2. Pablo, a sua revolta até procede mas, você está culpando as entidades e os profissionais errados, perceba quenão há hipocrisia nenhuma, não se está colocando a culpa nos outros! A Andrade Gutierrez está totalmente errada, em sua matéria!

  3. Alguém vai avaliar a conduta dos profissionais citados? Ou exigir que a empresa indique quem são? Ou CAU e IAB prefere adotar um sindicalismo protetor,
    Semelhante aos que vemos com médicos que deixam as pessoas morrer sem nenhuma punição das entidades profissionais?

  4. Não adianta chorar. O arquitetos tem que mudar maneira de atuar na construção civil, e tornar se “AGENTE PRINCIPAL” na obra da sua autoria. Só assim vai ter devido respeito. O CAU deveria deveria começar pensar como mudar este cenário triste dos arquitetos e urbanistas nas obras Brasileiras.

  5. ARQUITETO

    Arquiteto faz música, poesia,
    teatro, filme, pintura, escultura, ficção…
    Arquiteto faz vc feliz
    com moveis, utensílios, decoração, aconchego!
    Comidinhas, bebidas, drinks decorados!
    Fashion! Vestidinhos, biquinis, noivas, joias,
    relógios, pingentes, tiaras, coroas!
    Arquiteto tira o mau humor
    com piano bar, piscina, casa, palácio,
    igreja, catedral, jazigo!
    Arquiteto faz humor
    e faz tb a guerra, a caça, a pesca,
    os commodities, grãos… comércio internacional.
    Arquiteto defende o meio ambiente,
    floresta, rio, montanha, céu, mar, ar.
    Arquiteto faz carro, barco, navio, avião, foguete!
    Arquiteto vai à Lua, Marte, Saturno, infinito.
    Arquiteto é do Bem!
    Faz Amor, carinho, lembrança, suvenir.
    Arquiteto faz tudo o que os outros não fazem…
    porque ele é especialista em você!
    Vc que é gente!
    vc que sonha, tem família, tem nome e sobrenome.
    Vc que vivencia sua moradia como um palácio,
    sua cidade como um reino.
    Vc que é humano
    e me lembra demais Deus,
    que tb é Arquiteto! Graças a Deus!

    ET

  6. Já é mais que hora do conselho mostrar a que veio, caminhar junto com seus sócios,não ser omisso, além disso une a classe!

  7. Parabéns pela iniciativa CAU!
    Um absurdo o comportamento desta empresa que difamou nossa profissão.
    Temos que esclarecer ao publico nossas atribuições.
    Com a provável punição da empresa, quem sabe, aplicar uma multa para fins de financiamento de uma campanha esclarecedora do que é a nossa profissão.

  8. É muito importante o CAU estar sempre alerta e em especial, tomar as providências legais cabíveis. Parabéns

  9. Acho que saiu barato para a Andrade Gutierrez. Deveria ser aplicada uma multa pesada, e uma condenação a divulgar uma campanha a favor dos arquitetos com o dobro da duração da original

  10. E os grandes escritórios de Arquitetura que pagam 1300 reais sem carteira assinada para profissionais formados, isso não é difamar a categoria também? O CAU faz algo?

  11. Como uma empresa picareta destas, envolvida em vários escândalos financeiros relacionado a super faturamentos a obras, o qual está totalmente ligada a ética profissional no exercício da profissão, não foi punida ainda????? O CREA serve para que? e para quem???? São coniventes e corruptos também, é uma grande piada, o CAU deveria notificar o CREA para começar um processo administrativo de má conduta profissional!!!! Mas este país está repleto de picaretas que já estão engajados com a desonestidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

NOTA DE ESCLARECIMENTO

CAU/BR

CAU/BR aponta protagonismo feminino na arquitetura e urbanismo durante 98º ENIC

CAU/BR

Comissões do CAU/BR debatem temas de interesse dos arquitetos e urbanistas

CAU/BR

CAU/BR celebra uma década dos primeiros empregados públicos efetivos

Pular para o conteúdo