ARQUITETOS EM DESTAQUE

Concurso Troféu IABsp 2018 – 75 Anos divulga resultado

Com participação aberta a estudantes dos cursos de graduação de arquitetura e urbanismo, design de interiores, design gráfico e desenho industrial de todo o país, o concurso teve como objetivo promover a criação do projeto do troféu que será entregue na cerimônia da “Premiação IABsp 2018 – 75 anos”, a ser realizada em dezembro deste ano – mês em que o IABsp comemora seu aniversário de 75 anos de fundação.

 

A partir da análise dos 12 projetos inscritos, o júri fez uma primeira triagem, eliminando três participantes por descumprimento do edital. Na segunda etapa de seleção, foram destacados cinco projetos finalistas, que estavam de acordo com as expectativas propostas no edital.

 

Ao final do processo, três projetos foram premiados pelo cumprimento dos critérios de representação das instituições organizadoras e destaque aos 75 anos do IAB grafados nas peças; representação do processo de trabalho e viabilidade construtiva; e atendimento aos critérios de avaliação estabelecidos pelo edital, como conceito, impacto visual e originalidade.

 

O concurso – promovido pelo IABsp em parceria com a AMATA, empresa especializada na produção consciente e venda de madeira para a construção civil – concedeu prêmios que variam de acordo com a colocação dos três primeiros colocados.

 

Confira os premiados:

 

1º Lugar:

 

Autora: Débora Filippini da Escola da Cidade

 

A proposta apresenta estética agradável, preocupação com a escala da mão e ergonomia é superinteressante. Vale destacar para a aplicação do logo em diferentes planos, o que proporciona variadas formas de apreciar o objeto. A referência e homenagem a Artigas e ao ponto de apoio são pertinentes para a celebração especial dos 75 anos.

 

2º Lugar:

 

Autor: Victor Anholon Lucena de PUC de Campinas

 

A proposta resolve de maneira criativa a mistura da madeira bruta com a industrializada, o encaixe e a forma como se completam as peças remete à nossa diversidade e o valor do trabalho em conjunto. A aplicação do logo poderia ser melhor pensada para que, na execução, seu acabamento tivesse melhor qualidade.

 

3º Lugar:

 

Autor: Sandro Manoel Passos de Morais da FAUUSP

 

A proposta tem como ponto positivo a pluralidade das diferentes peças que se relacionam, formando o conjunto com harmonia. Destaque para o movimento e a busca por novas soluções e formas, além da intenção do equilíbrio sutil. No entanto, a base e a placa têm um resultado muito literais. Apesar de cumprir a função, poderiam ter um desenho mais integrado com o todo, assim como a aplicação do logo.

 

Veja mais: Ata de julgamento 

 

(Fonte: IABsp e Arcoweb)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/UF

Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RN anuncia concurso público para níveis médio e superior

CONCURSOS DE AU

Concurso Público da Companhia Municipal de Habitação e Inclusão Produtividade – EMCASA seleciona profissional de Arquitetura e Urbanismo

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquiteto Washington Fajardo vai atuar na Divisão de Habitação e Desenvolvimento Urbano do BID

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquitetura Modernista: New York Times indica Brasília como um dos melhores lugares para visitar 2024

Pular para o conteúdo