ÉTICA E DISCIPLINA

Desafios, novas tecnologias e valorização: 25º Seminário Regional da Comissão de Ética e Disciplina propõe atualizações ao Código de Ética

 

Nos dois últimos dias do 25º Seminário Regional da Comissão de Ética e Disciplina do CAU Brasil, conselheiros federais e estaduais promoveram uma série de oficinas para debater desafios e atualizações para a aplicação do Código de Ética e Disciplina. Evento que aconteceu de 23 a 26 de agosto no Sebrae Ceará, em Fortaleza, fez parte das comemorações dos 10 anos do Código de Ética e Disciplina do CAU Brasil. 

 

“Falamos de tanta coisa: Código de Ética no mundo real, condutas profissionais, exercício ilegal da profissão, responsabilidade técnica, tabela de honorários, fiscalização, ensino a distância, melhorias normativas, impactos positivos e negativos da Inteligência Artificial, função social do arquiteto e políticas públicas”, afirmou o coordenador da CED-CAU Brasil, Fabricio Santos. “Vamos discutir isso também dentro do Plenário, trazer personagens externos e seguir avançando. É uma luta constante”, disse. 

 

Discussões refletiram o Código de Ética não apenas como um guia para o exercício profissional, mas também como um reflexo da identidade de arquiteto(as) e urbanistas. Coordenadas pelo conselheiro do CAU Brasil Roberto Salomão, a dinâmica organizada no formato World Café desenvolveu reflexões que trouxeram diversos pontos de debate.

 

Conheça o Código de Ética e Disciplina do CAU Brasil

 

Conclusões foram apresentadas pelas coordenadoras da CED-CAU/SP, Camila de Camargo; da CED-CAU/SC, Janete Krueger; e da CED-CAU/CE, Denise de Sá Barreto. Alguns pontos principais:

 

  • Necessidade de se reforçar os pontos de relacionamento com clientes, principalmente questões contratuais
  • Interface entre o Código de Ética e o Código de Defesa do Consumidor
  • Modelo  de contratos que considerem formas virtuais de trabalho, como as plataformas online e as mídias sociais
  • Registro e uso de projetos gerados por IA
  • Normas de proteção de dados
  • Questões de assédio e xenofobia
  • Impacto do EAD na profissão de arquiteto
  • Seguro profissional nos moldes que existe na Inglaterra e nos Estados Unidos

 

Na sequência, a analista da Controladoria do CAU Brasil Paula Benitez, apresentou a proposta para o Código de Conduta dos Conselheiros do CAU. Essa iniciativa faz parte do Programa de Integridade do CAU, junto com treinamentos e oficinas para os servidores, conforme exigência legal. “O Código de Conduta, diferente do nosso Código de Ética, é baseado em princípios, não em regras, e é específico da organização”, disse Paula. 

 

As comemorações dos 10 anos do Código de Ética e Disciplina do CAU Brasil vão terminar no Seminário Nacional da Comissão de Ética e Disciplina. Evento acontecerá em 27 e 28 de setembro, em Brasília, e vai reunir todas as colaborações produzidas nos seminários regionais com vistas a possíveis aperfeiçoamentos ao Código de Ética.

 

Confira a íntegra das discussões:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ÉTICA E DISCIPLINA

CAU/BR promove treinamento técnico para membros da Comissão de Ética e Disciplina

ÉTICA E DISCIPLINA

Ética na Arquitetura: Cartilha traz casos reais julgados pelo CAU para orientar o exercício profissional

ÉTICA E DISCIPLINA

Cerimônia de abertura do 4º Seminário Nacional da CED-CAU Brasil traz arquitetos e urbanistas que participaram da criação do Código de Ética e Disciplina

ÉTICA E DISCIPLINA

Comemorações dos 10 Anos do Código de Ética e Disciplina do CAU Brasil impulsionam debates sobre o futuro da Arquitetura e Urbanismo

Pular para o conteúdo