CAU/BR

Dia Mundial da Arquitetura: Por um mundo melhor, rumo à UIA2020RIO

 

 

Outubro é um mês especial para os arquitetos e urbanistas de todo mundo devido à comemoração, em 1º. de outubro, do Dia Mundial da Arquitetura, pela UIA (União Internacional dos Arquietos), e do Dia Mundial do Habitat, pela ONU, cujas celebrações culminarão no dia 31 com o Dia Mundial das Cidades.

 

A UIA, que reúne associações que representam mais de 3,2 milhões de profissionais em todo o planeta, escolheu como tema para 2018 o tema “Arquitetura… Para um Mundo Melhor”. O cartaz oficial da data foi escolhido em um concurso internacional, vencido por Ana Rute Costa e Rúben Ferreira Duarte, de Portugal. O cartaz, que mostra o planeta Terra como a nossa casa no universo, transmite a mensagem do do Dia Mundial da Arquitetura de forma simples e poderosa. “O mundo é o nosso lar, fazemos as nossas casas no mundo, e a arquitetura é o meio pelo qual meditamos a nossa habitação”, disse o júri da UIA que escolheu a peça que representa as comemorações.

 

Na opinião do arquiteto e  urbanista Luciano Guimarães, presidente do CAU/BR, “para os profissionais brasileiros, a comemoração reveste-se de importância ainda maior pela coincidência com as eleições para escolha dos novos Presidente da República, Governadores e parlamentares federais e estaduais”.

 

“Como ressaltado na “Carta-Aberta aos Candidatos nas Eleições de 2018 pelo Direito à Cidade”, elaborada pelo CAU/BR e pelo IAB, nossas cidades vivem um momento crítico e pedem socorro. O Brasil tem competência técnica para tratar dos problemas urbanos. Arquitetos e urbanistas têm o conhecimento necessário para, atuando em equipes multidisciplinares, humanizar nossas cidades, dar dignidade para as habitações e colaborar para minimizar as diferenças sociais. Planos e leis também não faltam. No entanto, como diz o documento, é imperativo implementá-los, o que exige uma assertiva decisão política para colocá-los em prática”.

 

“O outubro da Arquitetura e do Urbanismo é mais uma oportunidade para reafirmarmos, como cidadãos eleitores e como profissionais, nossa luta por uma reforma urbana baseada na função social da cidade prevista na Constituição de 1988 e regulamentada pelo Estatuto da Cidade”, completou ele. 

 

Para o arquiteto e urbanista brasileiro Roberto Simon, vice-presidente da UIA para as Américas, representando o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), a comemoração mundial é oportuna por destacar a importância da arquitetura por meio de eventos, exposições, palestras e outras atividades para a profissão e o público. “O design, acompanhado do nome dos autores, serão utilizados mundialmente para promover o Dia Mundial da Arquitetura nos meios de comunicação de massa, na imprensa especializada, nas mídias sociais e em uma ampla variedade de eventos e locais”.

 

Simon também destaca a proximidade do 27º Congresso Mundial de Arquitetos, a ser realizado em 2020 no Rio de Janeiro, com organização do IAB e da UIA. “Naturalmente, estamos a poucos passos do Congresso UIA Rio 2020, e devemos transmitir em nosso contexto nacional a mesma ideia de ‘Arquitetura para um mundo melhor’”, afirma Simon. Este Dia Mundial da Arquitetura de 2018 marca também o 70º aniversário da fundação da UIA, criada em 1948 para unir arquitetos em todos os lugares.

 

 

Para o Presidente da União Internacional de Arquitetos (UIA), Thomas Vonier Faia Riba, “a arquitetura pode ajudar nosso planeta a enfrentar dois dos seus problemas mais graves – degradação ambiental e necessidades humanas cada vez maiores. Os arquitetos podem ajudar a reverter padrões que destroem o patrimônio, degradam o habitat, desperdiçam recursos e perpetuam os desequilíbrios sociais”, disse. 

 

“A arquitetura pode tornar nosso mundo melhor para todas as pessoas. Através do design, podemos ajudar a parar a destruição de paisagens naturais e valiosas terras agrícolas. Através do design, podemos ajudar a atender a escalonamento global da necessidade humana, concentrada em grande parte em nossas maiores cidades”, afirmou.

 

De acordo com Vonier, os arquitetos do mundo – que hoje somam 3,2 milhões – compartilham o compromisso de fornecer serviços básicos para todas as pessoas, para tornar nossas cidades mais limpas e fortes, ajudar as pessoas necessitadas e proporcionar espaços públicos mais seguros e acessíveis para todos. “Conhecemos o poder da arquitetura e vamos compartilhá-la para todos, por um mundo melhor”, declarou.

 

OUTUBRO URBANO
Em 1º. de outubro também se iniciam as comemorações do Outubro Urbano, promovido pelo Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat). São vários eventos realizados em todo o mundo durante o mês, que começa com o Dia Mundial do Habitat (1º de outubro) e termina com o Dia Mundial das Cidades (31 de outubro). O tema do Dia Mundial do Habitat é a Gestão Municipal de Resíduos Sólidos, e o tema do Dia Mundial das Cidades será Construindo Cidades Sustentáveis ​​e Resilientes.

 

O Outubro Urbano 2018 acontece logo após a primeira revisão do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 11, sobre Cidades e Comunidades Sustentáveis ​​no Fórum Político de Alto Nível, em Nova York. A ONU-Habitat encoraja as autoridades locais e regionais e os parceiros a organizar atividades que enfatizem como tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis. O Dia Mundial da Arquitetura, inclusive, é comemorado sempre na primeira segunda-feira de outubro para coincidir com o Dia Mundial do Habitat, de forma a potencializar a divulgação de ambas as datas.

 

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

CAU/BR aponta protagonismo feminino na arquitetura e urbanismo durante 98º ENIC

CAU/BR

Comissões do CAU/BR debatem temas de interesse dos arquitetos e urbanistas

EVENTOS

Patrícia Sarquis Herden é presença confirmada no 3º Fórum Mundial Niemeyer 

CAU/BR

CAU/BR celebra uma década dos primeiros empregados públicos efetivos

Pular para o conteúdo