CAU/UF

Divulgados os vencedores do concurso que pretende revitalizar a Praça Feira-Mar

Praça Feira-Mar
Equipe do projeto vencedor é de Porto Alegre. Autores: Elisa Martins, Bernardo Magalhães, Camila Thiesen, Cássio Sauer e Diogo Valls.

Foram divulgados os projetos ganhadores do Concurso de Ideias de Arquitetura que pretende revitalizar a Praça Feira-Mar (Praça Romildo Gonçalves Pereira), em Antonina, no litoral do estado. A sessão solene para a revelação do resultado foi realizada na noite desta sexta-feira (dia 1º) na Sala João Batista Vilanova Artigas – o auditório da sede do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná (CAU/PR), em Curitiba.

 

Promovido pela Associação de Defesa do Meio Ambiente de Antonina (ADEMADAN) e viabilizado pelo Edital de Chamada Pública de Apoio Institucional do CAU/PR, o certame recebeu 32 propostas realizadas por arquitetos e urbanistas de diferentes regiões do país – individualmente ou em grupo – com memorial descritivo ou texto explicativo, plantas, croquis e perspectivas do projeto.

 

“A arquitetura é um trabalho intelectual que deve ser contratado pelo critério de qualidade e a maneira mais democrática de realizar esse processo é o concurso público. Por isso, para o CAU/PR foi muito importante patrocinar este certame”, afirmou o presidente do Conselho, Jeferson Dantas Navolar.

 

Cerimônia de Premiação
O presidente do CAU/PR, Jeferson Dantas Navolar, participou da mesa de abertura da sessão solene que divulgou o resultado do Concurso de Ideias de Arquitetura.

Já a diretora técnico-científica da ADEMADAN, Eliane Beê Boldrini, ressaltou a atuação dos arquitetos e urbanistas no planejamento urbano. ” O centro histórico de Antonina é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e a Praça Feira-Mar está dentro de uma unidade de conservação. A experiência do concurso foi fantástica e os moradores conseguiram perceber a importância desses profissionais para a cidade, que apresentaram soluções com cuidados inclusive para a questão da sustentabilidade do local”.

 

Termo de compromisso para a contratação do projeto ganhador

 

A Prefeitura de Antonina elaborou um Termo de Compromisso que garante a contratação do projeto vencedor para a revitalização da Praça Feira-Mar. “A administração municipal se comprometeu ainda a captar recursos para a execução desse projeto. O espaço vai ficar valorizado, sem dúvida vai atrair os moradores e, é claro, os turistas também”, apontou a arquiteta e urbanista do município, Cassia Fonseca.

 

“A possibilidade da execução da proposta vencedora comprova que o CAU/PR surgiu para ser um marco nas políticas públicas. O concurso foi fruto de uma chamada pública para projetar uma obra pública e quem vai ser beneficiado é a sociedade”, destacou o arquiteto e urbanista Augusto Pimentel Pereira, que integrou a comissão julgadora do certame representando a Universidade de Ferrara da Itália e o Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas no Estado do Paraná .

 

Ormy Hütner
O coordenador do Concurso de Ideias de Arquitetura, Ormy Leocádio Hütner Júnior.

Envolvimento da comunidade

 

O coordenador do Concurso de Ideias de Arquitetura, Ormy Leocádio Hütner Júnior, contou que a comunidade antoninense ficou muito envolvida com a ação, que durou cerca de um ano. “Os moradores foram entrevistados para dizerem o que queriam para a Praça Feira-Mar e essas opiniões foram colocadas no edital do concurso. O resultado foi surpreendente, com projetos de muita qualidade. Isso será um legado para os cidadãos de Antonina”.

 

Ormy ainda lembrou que a ideia do concurso surgiu do presidente do CAU/PR, Jeferson Dantas Navolar. “Estávamos participando de um seminário no Festival de Antonina do ano passado, quando debatemos melhorias para a cidade. Foi então que o presidente falou sobre o Edital de Patrocínio do CAU/PR, que acabou fomentando esse projeto”, recordou o coordenador do Concurso de Ideias de Arquitetura.

 

Em 2015, dois Editais de Chamada Pública de Apoio Institucional foram publicados pelo Conselho. O Edital 01/2015 destinou R$ 60 mil para o financiamento de três projetos culturais (R$ 20 mil para cada um), que contribuíssem para o desenvolvimento da arquitetura e urbanismo no Paraná.

 

A cerimônia de premiação das equipes vencedoras do concurso irá ocorrer durante a abertura do 26º Festival de Inverno da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Antonina. O evento está programado para o próximo dia 17, às 20h. “É muito gratificante ver a concretização de uma ideia surgida durante o Festival de Inverno. Esse concurso trouxe desenvolvimento para a região”, comemorou a pró-reitora de Extensão e Cultura da UFPR, Deise  de Lima Picanço.

 

Entre as 32 propostas recebidas, foram selecionados oito projetos. Além do primeiro, segundo e terceiros lugares – que receberão R$ 8 mil, R$ 4 mil e R$ 2 mil respectivamente – ainda foram classificados mais dois trabalhos como menções honrosas e outros três que foram considerados destaques.

 

O projeto feito pelas arquitetas e urbanistas Aline Picler e Julia Sabbag foi reconhecido como destaque do Concurso de Ideias. Elas valorizaram o oportunidade de participar do certame. “Foi a primeira vez que concorremos em um concurso. Ficamos orgulhosas do nosso projeto, mas queremos conhecer os outros trabalhos para aprender mais com essas propostas”, disse Aline.

 

Clique aqui para conferir todos os projetos selecionados!

 

FONTE: CAU/PR

 

Publicado em 06/07/2016

MAIS SOBRE: CAU/UF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/UF

Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RN anuncia concurso público para níveis médio e superior

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Roberto Bratke, arquiteto que transformou a paisagem da zona sul de São Paulo, morre aos 88 anos

ASSESSORIA PARLAMENTAR

NOTA OFICIAL: Esclarecimentos sobre o PL 2081/2022

CAU/UF

Profissionais debatem os desafios das arquitetas e arquitetos negros

Pular para o conteúdo