CATEGORIA

Egito lança concurso internacional para Cidade da Ciência

 

O Egito está lançando um ambicioso projeto de divulgação científica – e quer a sua participação. A Biblioteca de Alexandria lançou o projeto Cidade da Ciência, que pretende ser um marco na disseminação do conhecimento científico, da promoção da ciência para o desenvolvimento e do apoio à educação e pesquisa cientifica. E convida arquitetos e urbanistas de todo o mundo para encontrar um plano diretor e um design conceitual para a cidade, que será consytuída em uma área vizinha à Cidade do Cairo.

 

 

O projeto vencedor deve representar a natureza evolutiva da ciência através de um campus de vários prédios a ser implementado gradualmente. A UIA aprovou a competição após analisar o regulamento e garantir a conformidade com as normas da UNESCO-UIA para competições internacionais em Arquitetura e Urbanismo.

 

 

O concurso é aberto a qualquer arquiteto ou equipes multidisciplinares liderados por arquitetos. O vencedor receberá um prêmio de 110.000 dólares, o segundo lugar 70.000 dólares, o terceiro 40.000 dólares e o quarto prêmio será de 20.000 dólares. Além disso, serão entregues quatro menções honrosas no valor de 5.000 dólares cada.

 

 

Saiba mais no endereço www.bibalex.org/sciencecity. Dúvidas podem ser enviadas para o e-mail [email protected].

 

 

Objetivos:

 

A competição visa encontrar o plano global e um design conceitual para o complexo cientifico localizado em uma área de aproximadamente 124.994m². A Cidade da Ciência irá abrigar exposições interativas da ciência, além de possuir museu, planetário, torre de observação, instalações de pesquisa e desenvolvimento, oficinas e um centro de conferências.  O local pretende ser um marco para o Egito e simbolizar o renascimento da ciência no país.

 

 

Calendário da competição:

• Lançamento: 15 de abril de 2016

• Prazo para inscrição: 15 de maio de 2016

• Abertura do período para tirar dúvidas sobre a competição: 12 de maio de 2016

• Visita dos participantes ao local onde será construída a cidade: 22 de maio de 2016

• Fim do período de dúvidas: 16 de junho de 2016

• Prazo para apresentação do projeto: 17 de agosto de 2016

• Reunião do Júri: 23-28 de agosto de 2016

• Anúncio do resultado: 29 de agosto de 2016

 

 

Júri:

• Ismail Serageldin, diretor da Biblioteca de Alexandria

• Odile Decq, premiado arquiteto e acadêmico

• Seif Allah A. Alnaga, Presidente nacional da UIA no Egito

• Nikos Fintikakis, Arquiteto e membro do conselho da UIA

• Suha Ozkan, fundador e presidente da Comunidade Mundial de Arquitetura

• Mohsen Mostafavi, professor na Harvard Graduate School of Design

• Neil MacGregory, historiador de arte britânico e ex-diretor do Museu Britânico (Reino Unido)

 

 

Publicado em 02/05/2016

Com informações da UIA

MAIS SOBRE: CATEGORIA

0 resposta

  1. O Egito não respeita os direitos humanos e persegue minorias religiosas. O governo não é laico. Até que ponto um governo religioso que oprime seguidores de outras religiões, que não a oficial, e não respeita a liberdade de expressão de cada individuo pode estimular a ciência??

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo