ELEIÇÕES

Eleições do CAU utilizarão plataforma da Justiça Eleitoral. Profissionais devem se cadastrar no gov.br

No dia 10 de outubro, arquitetos(as) e urbanistas de todo o país vão escolher os (as) novos (as) conselheiros(as) do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU Brasil) e dos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo dos Estados e do Distrito Federal (CAU/UF).

 

Uma novidade deverá ser o uso do sistema “VotaOnline”, desenvolvido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Tocantins,  para melhorar a segurança e transparência do processo.

 

IMPORTANTE:

Para acessar o sistema de votação, os profissionais de Arquitetura e Urbanismo precisam estar cadastrados na plataforma gov.br, um serviço do Governo Federal que permite aos cidadãos acessarem diversos serviços públicos digitais.

 

O cadastro pode ser feito por meio do aplicativo gov.br ou diretamente no portal gov.br, utilizando o número do CPF e uma senha criada pelo usuário.

 

Para criar sua conta no gov.br clique aqui

 

ACORDO

O uso do novo sistema será possível em razão de acordo  acordo de cooperação  técnica com o Tribunal Eleitoral Regional (TRE) do Tocantins  assinado em 25 de maio pela presidente do CAU Brasil, Nadia Somekh, e pelo Desembargador Helvécio de Brito Maia Neto. Não haverá transferência de recursos financeiros entre as partes.

 

A assinatura do acordo foi aprovada na  44a. Plenária Ampliada realizada dia 19 de maio.  Após condução inicial do Gabinete da Presidência,  a Comissão Eleitoral Nacional seguiu com as tratativas com a Justiça Eleitoral. Na Plenária, a coordenadora da CEN, arquiteta Cristina Evelise, manifestou a satisfação da Comissão pelo acordo a ser assinado, “que nos permite valer de uma tecnologia transparente e segura e significa um elogio ao processo democrático”.

 

Segundo ela, “vai ser um salto para o CAU inaugurar a próxima eleição com esta possibilidade. E inclusive significará economia pois  não vamos precisar fazer licitação tanto para este sistema quanto para o sistema de auditoria, resultando em uma boa gestão dos recursoss dos profisisonais”.

 

A coordenadora também agradeceu o empenho da Presidência e ao conselheiro Matozalem Santana, representante do Tocantins, e ao presidente do CAU/TO, Silenio Camargo, pela sugestão inicial de uso do sistema da Justiça Eleitoral.

 

SISTEMA

O “VotaOnline” é um sistema de votação online voltado especificamente para entidades públicas organizadas e instituições de ensino. Por meio de tecnologias de ponta como blockchain, ele garante o armazenamento seguro e imutável de informações. Também permite a realização de auditorias independentes e a validação dos resultados eleitorais.

 

A realização de eleições do CAU por meio da internet é prevista em resolução. Assim, a Presidente do CAU Brasil, Nadia Somekh, enviou ofício ao Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, informando sobre as Eleições do CAU, solicitando informações sobre o VotaOnline e uma indicação de como proceder para utilizar o sistema.   TSE orientou a estabelecer tratativas junto ao TRE-TO e o CAU/BR assim procedeu.  O pedido foi aceito pelo Presidente do TRE-TO, desembargador Helvecio de Brito Maia Neto no dia 1º de março, o que possibilitou a autorização da Plenária e finalmente a assinatura do documento.

MAIS SOBRE: ELEIÇÕES

2 respostas

  1. SERÁ QUE VAI ECOMO NA POLÍTIA? PODEMOS CONFIAR? SERÁ O STF QUEM VAI DEFINIR?

  2. A ELEIÇÃO DO CAU PASSA PARA O CONTROLE DO TSE / STF E PARECE QUE JÁ ESTÁ TUDO DEFINIDO, INCLUSIVE COM O AVAL DO ALEXANDRE DE MORAIS. VAI FICAR TUDO TÃO CONFIÁVEL COMO AS ELEIÇÕES EM GERAL DO TSE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ELEIÇÕES

ELEIÇÕES CAU 2023: Veja a gravação da 17ª Plenária que aprovou novas datas para votação

ELEIÇÕES

Eleições 2023: Saiba como se cadastrar na plataforma GOV.BR

ELEIÇÕES

Eleições CAU 2023: Acesse o site oficial para saber como votar (e se candidatar)!

ELEIÇÕES

ELEIÇÕES DO CAU: ainda dá tempo para profissionais atualizarem seus dados no SICCAU

Pular para o conteúdo