CATEGORIA

Emil Bered, precursor do modernismo gaúcho, completa 90 anos

Presidente do CAU/DF, Alberto de Faria, entrega placa de homenagem ao arquiteto Emil Bered

 

O arquiteto Emil Bered se tornou imagem expressiva de uma corrente modernista que começou a atuar em Porto Alegre na década de 50. Ainda atuante em seu escritório, na mesma cidade, ele acaba de completar 90 anos de idade. É um dos arquitetos de carreira mais longa no Brasil. Sua trajetória ajuda a contar o desenvolvimento da profissão.

 

Gaúcho de Santa Maria, começou a estudar Arquitetura no Instituto Belas Artes, em 1945. Recém-formado, virou professor na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Revelou o caráter modernista de sua obra com o Edifício Sede da Companhia Riograndense de Telecomunicações (CRT), em 1964; Passou a ser visto por arquitetos do Brasil como uma grande referência na arquitetura moderna de Porto Alegre.

 

“Na minha opinião, projetar significa, fazer com que as pessoas sintam-se integradas com o espaço onde se encontram, é o espaço humanizado, onde nada deve ser feito sem um objetivo prático, o resultado plástico do projeto deve revelar o que organicamente foi concebido”, afirma Emil. “A criatividade é um item importante, não só na arquitetura como na maioria das outras profissões”.

 

Sua forte atuação em órgãos de classe ajudou a impulsionar seu nome no mundo da arquitetura. Foi presidente do Departamento do Rio Grande do Sul do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RS), de 1955 a 1956, reeleito, representou o IAB-RS junto à Assembleia Nacional IAB no período de 1958 a 1959.

 

Prédio-Sede da CRT em Porto Alegre em 1980

 

Emil se descreve, aos 90 anos, como um arquiteto prático e pouco teórico, deixando sua intuição falar. Muitas vezes seguiu tendências que surgiam em outros continentes e aplicava em seus trabalhos dentro do país.

 

Em 2013, Emil Bered foi homenageado pelo CAU/BR como um dos primeiros arquitetos e urbanistas brasileiros a se registrar no CAU/BR. Ele recebeu uma placa comemorativa no Dia do Arquiteto, comemorado em 15 de dezembro. Leia aqui.

 

 

 

Publicado em 07/07/2016

 

MAIS SOBRE: CATEGORIA

3 respostas

  1. Meu melhor Professor, assim com maiúscula. Eu chegava bem mais cedo nas aulas de projeto, só para conversar sobre arquitetura e tudo mais. Saúde sempre, Professor Emil!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo