CATEGORIA

Entidade global pede a inclusão do Direito à Cidade na Nova Agenda Urbana

 

No âmbito do processo preparatório para a 3ª Conferência da ONU sobre Habitação e Assentamentos Humanos Sustentáveis (Habitat III, Quito, outubro de 2016) , a Plataforma Global do Direito à Cidade lançou um veemente apelo pela inclusão do Direito à Cidade como pilar fundamental da Nova Agenda Urbana e pela  responsabilidade de todos os atores por sua implementação. E para atingir esse objetivo, diz a entidade,  é essencial garantir a participação das organizações da sociedade civil e dos governos locais – em condições de igualdade em relação aos outros atores – como parceiros-chave na definição e implementação da Nova Agenda Urbana.

Clique aqui para acessar a íntegra do documento.

O Fórum Nacional de Reforma Urbana, do Brasil, participa da Plataforma, juntamente com as seguintes entidades: Cities Alliance, ActionAid,  Fundación Avina, Fondo Global para el Desarrollo de las Ciudades  (FMDV), Coalición Internacional para Hábitat  (HIC), Hábitat para la Humanidad, Alianza Internacional de los Habitantes (-AIH), Instituto Polis , Red Mujer y Hábitat de América Latina, Shack/Slum Dwellers International (SDI), StreetNet  International , , Women in Informal Employment: Globalizing and Organizing (WIEGO), Women and Habitat Network (Red Mujer y Habitat), Comisión Huairou, International e Comisión de Inclusión Social, Democracia Participativa y Derechos Humanos de la Red de Ciudades y Gobiernos Locales Unidos (CGLU).

 

Publicado em 13/10/2015

MAIS SOBRE: CATEGORIA

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CATEGORIA

CAU/BR promove debate sobre políticas afirmativas na Arquitetura e Urbanismo

CATEGORIA

CAU/BR intensifica ações para homologação das novas DCNs e enfrentamento do 100% EAD em Arquitetura

CATEGORIA

CAU/BR:  Parabéns aos profissionais da arquitetura e urbanismo pelo trabalho em prol do desenvolvimento do país

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

Pular para o conteúdo