CATEGORIA

Escritório de Zaha Hadid participa do NUTAU 2016

Continuam abertas as inscrições para o 11° Seminário Internacional do Núcleo de Pesquisa em Tecnologia da Arquitetura e Urbanismo da USP 2016. O Seminário abordará o tema “Águas: projetos e tecnologias para o território sustentável” e será realizado na Biblioteca Brasiliana, em seu auditório e espaços anexos, no Campus Butantã da USP.

 

logo-nutau-site

 

O renomado escritório Zaha Hadid Architects estará presente no evento, apresentando o novo edifício-sede do porto de Antuérpia, Bélgica, recém-inaugurado. Com 12 km de cais, o porto de Antuérpia é o segundo maior de embarque da Europa, servindo 15.000 navios comerciais e 60.000 balsas fluviais a cada ano.

 

O  Núcleo de Pesquisa em Tecnologia da Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (NUTAU-USP), é um dos Núcleos de Apoio à Pesquisa vinculados à Pró-Reitoria da Pesquisa (NAPs). O Núcleo é composto por uma equipe de pesquisadores vinculados à Universidade de São Paulo, dedicados à investigação nas diversas áreas que integram a tecnologia da arquitetura e do urbanismo.

 

Data / Date: 30 de novembro e 01 de dezembro de 2016 / November 30 to December 01, 2016

 

Local / Location: Auditório da Biblioteca Brasiliana, USP – Universidade de São Paulo, Campus Butantã / Auditorium of the Brazilian Library, USP – University of Sao Paulo, Butanta Campus

 

Mais informações

 

Clique aqui para acessar o site do evento

Como apoio ao evento, entrou no ar a música “Cristalinas, Águas”, que pode ser vista pelo YouTube.

Facebook do evento

 

Publicado em 22/11/2016

MAIS SOBRE: CATEGORIA

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Assistência Técnica

Mais médicos/Mais arquitetos: mais saúde para o Brasil (artigo de Nadia Somekh no portal do Estadão)

Pular para o conteúdo