Arquitetura, urbanismo e paisagismo brasileiros contemporâneos:
um passeio de cinco anos.

A chamada pública (*) para a seleção de trabalhos que culminou na presente retrospectiva atual da arquitetura e urbanismo brasileiros foi para nós, da revista PROJETO, grande oportunidade para cotejarmos a nossa produção recente – matérias publicadas nos últimos cinco anos – com o recorte proposto pelo CAU Brasil: “Arquitetura e Urbanismo, Política e Cidadania”.

No período, produzimos cerca de 240 matérias das mais variadas procedências, programas e tipologias, sempre com a apuração cuidadosa dos fatos e o rigor na seleção e apresentação do material. Ainda que contextualizados em um tempo e espaço, e nas dinâmicas sociais, culturais e políticas neles inseridas, os projetos arquitetônicos e urbanísticos têm importância atemporal, seja por precedentes que abrem ou por serem registros históricos, tanto mais úteis quanto maior a quantidade e a qualidade de informações disponíveis.

Arquitetura e urbanismo interessam a todos, direta ou indiretamente. Aos profissionais da área e aos cidadãos comuns. Ao usuário direto ou àqueles impactados remotamente. É com satisfação, assim, que apresentamos a nossa seleção de 80 projetos brasileiros.

Em primeiro lugar, vale uma ressalva: muita obra relevante ficou de fora da lista em nome da abrangência e variedade requeridas. Cada um a seu modo importante, o critério de desempate entre projetos foi o da diversidade do recorte. Na seleção que apresentamos aqui, assim, há obras de todas as regiões do Brasil.

Salvo exceções, os textos são um resumo daqueles publicados originalmente nas matérias e a seleção do material gráfico – desenhos técnicos, diagramas e croquis – foi pensada para facilitar a leitura complementar dos projetos. Leitura, esta, conduzida visualmente com maestria pelo trabalho dos fotógrafos e fotógrafas que acompanham a nós, e aos criadores dos projetos, na estimulante jornada que é documentar – há quase 45 anos – a arquitetura e o urbanismo brasileiro.

Ao final de cada texto, uma ficha resumida – metragem e autoria/equipe de arquitetura e urbanismo – é seguida pela menção ao mês/ano da publicação original e à categoria do projeto.

Penso ter aqui delineado as bases para a navegação neste estimulante universo da arquitetura brasileira contemporânea. Há parques de orla fluvial e marítima, assim como parques urbanos de contemplação e recreação; requalificação de ícones urbanos das cidades; aeroportos, estações de trem e de metrô; um hospital público; conjuntos e edifícios de habitação social ou para a baixa renda; centro de pesquisa, sedes de cooperativas, sedes institucionais; escolas e centros profissionalizantes; centro de cultura até na mais remota localização; potentes intervenções sutis, além de casas e edifícios privados. Desejamos a todos, uma ótima viagem!

Evelise Grunow

editora executiva . revista PROJETO 

(*) Chamada Pública CAU/BR Nº 4/2021