Coração de Negro – Complexo Escolar Quilombola

Coração de Negro - Complexo Escolar Quilombola

Simão Dias, SE
Projeto: Vanessa dos Anjos
Renderização: Rafael Cisneiros

O Coração de Negro é um Complexo Escolar desenvolvido para a comunidade rural quilombola de Sítio Alto, município de Simão Dias, região Centro-sul do Estado de Sergipe, nordeste do Brasil. O projeto pretende atender crianças entre 0 à 14 anos, em período integral, auxiliar no processo de equidade social, e fortalecer as potencialidades da cultura e economias locais. Seu conceito fundamenta-se na valorização da identidade quilombola, trazendo como referência o marco territorial e ancestral da árvore Coração de Negro, situada na extremidade da comunidade. Foram incorporados elementos da sua morfologia orgânica de copa circular, raízes, conexões e nós, atribuindo-a como um elemento forte de valorização cultural, memória e identidade local. O partido promove a conexão entre as tradições locais, ancestralidade, crenças e métodos construtivos utilizados no processo de formação do povoado. Os materiais utilizados são abundantes na região, com o uso de terra nas vedações, estruturas em madeira de reflorestamento e coberturas de piaçava. As estratégias bioclimáticas são destacadas nos elementos de aberturas em cobogós, janelas em muxarabis, diferenças de níveis e aberturas nos telhados para exaustão do calor interno dos espaços. Essas soluções permitem a ventilação cruzada, iluminação natural e constante em todos os ambientes das edificações.  A infraestrutura escolar possui um planejamento que possibilita a redução na produção de lixo, baixo consumo energético e tratamento de esgoto ecológico para o seu pleno funcionamento no pós-obra. Nesse contexto a sustentabilidade é um valor intrínseco e se destaca no uso equilibrado dos materiais e soluções arquitetônicas. Além de atender a sustentabilidade sociocultural com o fortalecimento da identidade local, educação digna de forma equitativa, valorização do trabalho no campo, e estímulo à agricultura de subsistência familiar, possibilitando ao Sitio Alto se tornar autossuficiente em seu próprio território.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário