Neudson Braga (coordenação), Rede Arquitetos, Croquis Arquitetos, RI Arquitetura: Campus Avançado UFC Crateús e Campus Avançado UFC Russas

Neudson Braga (coordenação), Rede Arquitetos, Croquis Arquitetos, RI Arquitetura: Campus Avançado UFC Crateús (2012 / 2015) e Campus Avançado UFC Russas (2013 / 2015)

Crateús e Russas, CE
Fotos: Joana França

Parte do programa de expansão das universidades federais que começou a ser implementado ainda no primeiro governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, as unidades da Universidade Federal do Ceará (UFC) em Crateús e Russas funcionam em seus campi oficiais desde 2015 – antes, em Crateús, alguns cursos foram implantados em locais provisórios. Nos dois municípios do sertão cearense – Crateús a pouco mais de 350 quilômetros da capital e Russas na região do vale do Jaguaribe, a cerca de 170 quilômetros de Fortaleza – os edifícios foram projetados sob coordenação geral do arquiteto Neudson Braga. Em ambas, o desenvolvimento dos projetos esteve a cargo do escritório Rede Arquitetos.

No campus de Crateús (no qual o estúdio trabalhou em parceria com o escritório Croquis Projetos), o primeiro edifício construído foi o bloco administrativo. Funcionando como porta de entrada do campus, trata-se de uma edificação fracionada em dois trechos: um deles mais fechado (o dos ambientes administrativos) e outro mais aberto e fluido, por onde se dá o acesso. Para o Rede, mais que edifício, esse último é uma grande sombra de pé-direito duplo, que gera área de encontro e convívio. 

Já o projeto para Russas foi idealizado de modo a facilitar expansões de acordo com as especificidades de cada unidade, o que se manifesta nos elementos construtivos e nos materiais, bem como no favorecimento das áreas livres sombreadas e sem uso definido. O acesso também se dá por um pórtico, que emoldura a grande marquise em concreto, com vão de doze metros – a articuladora do campus. ”A recepção servirá como rua coberta, fazendo a conexão entre todos os blocos”, explica o arquiteto Bruno Braga. O espaço de aulas ao qual se conecta é constituído por seis prédios de dois pavimentos na forma de lâminas, cuja disposição origina três pátios internos, que facilitam a ventilação e iluminação. 

O fechamento externo das construções do bloco didático alterna cobogós e brises de alumínio. “Pela diversidade de formas e dimensões, buscou-se acabamentos simples, com textura branca e cerâmica nas paredes das áreas de circulação, explorando mais sombras e formas do que diferentes materiais”, conclui o arquiteto. 

Crateús

Área construída: 1.658,35 m2

Arquitetura: Neudson Braga (coordenação); Rede Arquitetos – Bruno Braga, Bruno Perdigão e Igor Ribeiro; Croquis Projetos – Custódio Santos e Renan Cid (autores), Luiz Cattoni (colaborador)

Russas

Área construída: 2.784,50 m2

Arquitetura: Neudson Braga (coordenação); Rede Arquitetos – Bruno Braga, Bruno Perdigão, Igor Ribeiro e Epifanio Almeida; RI Arquitetura – Ricardo Braga e Inês Sobreira (autores)

Texto resumido a partir de matéria publicada na revista PROJETO 433, Setembro/Outubro de 2016

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário