ARQUITETURA SOCIAL

Falece a muito querida socióloga Maria Ruth Amaral de Sampaio, ex-diretora da FAU/USP

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil lamenta o falecimento da doutora Maria Ruth Amaral de Sampaio Gruber ocorrido hoje, 20 de novembro, em São Paulo. O velório ocorrerá amanhã, dia 21, às 9 horas, e o sepultamento se dará às 12 horas, no Cemitério do Araçá (Av. Dr. Arnaldo, 300, Pacaembu, São Paulo).

 

Socióloga formada  pela USP, em 1956, Maria Ruth especializou-se em Arquitetura em 1958 pela mesma universidade. “Ela era e continuará sendo muito querida entre os arquitetos e urbanistas dada a relevância de seu trabalho, em especial na área de habitação, e sua participação em dezenas de bancas de mestrado e doutorado na FAU/USP. Foi um nome fundamental na história da faculdade, onde atuou como diretora entre 1998 e 2002”, afirmou Nadia Somekh, presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, externando seu pesar.

 

“Desde cedo, Maria Ruth  encaminhou-se para os estudos sobre cidade e habitação, tendo sido recebida por Roger Bastide em Paris para desenvolver o seu mestrado nessa área. Professora da FAU desde 1962, realizou ao lado de Carlos Lemos pesquisas pioneiras sobre moradias autoconstruidas na periferia paulistana.

 

Realizou seu doutorado na FAU/USP sobre moradia e metropolização, com orientação de Nestor Goulart, prosseguindo sua produção sobre o tema em sua pesquisa de Livre Docência sobre a história e as lutas da favela de Heliópolis pelo direito a moradia. Além de atuar permanentemente junto a distintos movimentos de moradia – de Heliópolis, à favela de São Remo, o cortiço vertical da rua Solon no Bom Retiro, com o que ganhou o prêmio internacional Urban Age – foi também um gestora pública importante no campo da política urbana e habitacional nos anos 1980”, completou a presidente do CAU Brasil.

 

Ultimamente, Maria Ruth era professora titular da Universidade de São Paulo e Membro de corpo editorial da Revista de Cultura e Extensão.

 

Em 2011, atuou como voluntária no projeto e obra de recuperação do prédio número 934 da Rua Solon, no Bom Retiro (Centro). O edifício, abandonado ainda em fase de construção, duas décadas antes, abrigava na ocasião um cortiço com 42 famílias.

 

 

Em 2002, o local chamou a atenção da professora Maria Ruth Amaral de Sampaio numa ocasião em que saiu pela cidade com seus alunos da disciplina Habitação Popular Paulistana para conhecer de perto os problemas reais da população. “Eu passei em frente ao prédio e decidi entrar. Conversei com os moradores e, durante um ano, trouxe 22 alunos para pensar melhorias para o local”, contou ela. Após as melhorias, o prédio foi rebatizado como Edifício União. O projeto foi reconhecido em 2008, quando venceu o prêmio Deutsche Bank Urban Age Award São Paulo, entre 133 concorrentes, e recebeu um prêmio em dinheiro destinado integralmente às obras do edifício. “Só saio quando o prédio ficar pronto”, disse.

 

Maria Ruth tinha ainda especialização em Planejamento Urbano e Regional pela Edinburgh University e Town And Country Summer School Manchester University (1968), especialização em Sociologia pela École Pratique Des Hautes Études da Sorbonne (1959), mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1966) e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (1973).

 

Vídeo de aula ministrada por Maria Ruth na Escola da Cidade em 2014.

 

Fontes: Lattes e Prefeitura de São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

NADIA SOMEKH

Presidente do CAU Brasil participa da 36ª Plenária Ordinária do CAU/SP

ARQUITETURA SOCIAL

Arquitetura Rural: CAU Brasil vai promover acordo de cooperação com o INCRA

ARQUITETURA SOCIAL

Seminário Melhorias Habitacionais: Plataformas tecnológicas conectam arquitetos(as) e urbanistas, profissionais de obras e moradores

ARQUITETURA SOCIAL

Seminário de Melhorias Habitacionais do IPEA destaca projetos de moradia digna patrocinados pelo Edital de ATHIS do CAU Brasil

Pular para o conteúdo