COMISSÕES

Fiscalização e atribuições profissionais em pauta no Encontro Nacional das CEP

 

O CAU Brasil promoveu nos dias 18 e 19 de outubro o II Encontro Nacional das Comissões de Exercício Profissional. Durante dois dias, conselheiros, presidentes, integrantes das equipes técnicas dos CAU/UF aprofundaram o entendimento sobre dois temas relevantes para o cotidiano do CAU e dos arquitetos e urbanistas: a fiscalização e as atribuições profissionais. O evento aconteceu em formato híbrido; on-line e presencial, na sede, em Brasília.

 

CONFIRA O ÁLBUM DE FOTOS DO EVENTO

 

O primeiro dia do evento foi dedicado exclusivamente à Resolução 198. Construído em colaboração com os CAU/UF e aprovado em 2020 pelo plenário, o novo regramento atualiza os procedimentos e normas para a  fiscalização, atividade central da atuação do CAU. Entre os objetivos da atualização, também estiveram o aperfeiçoamento da definição das situações passíveis de sanção e a desburocratização do trâmite administrativo para acelerar os processos. A previsão é que o novo módulo entre em vigor a partir de 1º de dezembro deste ano.

 

A coordenadora da CEP-CAU/BR, Patrícia Luz, explicou que a intenção do encontro foi aprofundar a segurança e a confiança na aplicação da norma, um processo que envolverá não apenas as equipes de fiscalização, mas outras estruturas do CAU. Os participantes relembraram o processo de elaboração da norma, que procurou estruturar um modelo de fiscalização capaz de acomodar melhor as demandas locais e proporcionar maior autonomia aos CAU nos estados.

 

O assessor jurídico do CAU Brasil, Eduardo Paes, fez um comparativo entre a resolução 198 e o regramento atualmente em vigência, a Resolução 22/2012. Também detalhou as diferenças de enquadramentos legais (capitulações), ofereceu exemplos sobre a aplicação de cálculo de multa para as infrações a partir da nova norma e explicou as regras para os processos já em andamento.

 

A norma atualizada também subsidia a construção do Plano de Fiscalização, do Manual de Fiscalização e de procedimentos padronizados para responder às demandas dos arquitetos e urbanistas nos estados.

 

Os próximos passos são a constituição de um Grupo de Trabalho para acompanhar a capacitação das equipes técnicas e preparar os CAU/UF para aplicar a nova resolução.

 

Também participaram das apresentações do dia os conselheiros Guivaldo Batista (CAU/BA) e Rubens Camillo (MS), a Coordenadora Técnico Normativa da SGM, Laís Maia, e a Analista Técnica da CEP-CAU/BR, Claudia Quaresma.

 

ACESSE A RESOLUÇÃO 198/2020

 

 

 

 

ATIVIDADES TÉCNICAS

 

O segundo dia do Encontro foi dedicado às atribuições dos arquitetos e urbanistas. Foi um espaço para esclarecer dúvidas cada vez mais frequentes sobre as atividades que podem ser desempenhadas pelos profissionais e eventuais conflitos com outras atividades técnicas.

 

O conselheiro federal pelo estado da Bahia, Guivaldo Batista, propôs uma reflexão sobre o escopo da atuação profissional a partir das habilidades adquiridas na formação acadêmica. Também apontou as disposições do Código de Ética e Disciplina que tratam do exercício profissional. A coordenadora da Comissão, Patrícia  Luz, falou sobre as resoluções e deliberações do CAU que tratam do tema e apresentou um panorama de demandas sobre atribuições e atividades a que a comissão se dedica.

 

A última atividade da programação do II Encontro Nacional das CEP foi reservado à apresentação de uma proposta de fluxo para análise dos questionamentos envolvendo as estruturas dos CAU/UF e CAU Brasil que se dedicam a atender as demandas dos arquitetos e urbanistas, feita pela assessora técnica Claudia Quaresma.

 

A partir das contribuições dos participantes do encontro, a CEP deverá criar um um banco de dados sobre as situações recorrentes envolvendo sombreamento de atividades nos estados para subsidiar a atuação segura dos arquitetos e urbanistas.

MAIS SOBRE: COMISSÕES

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

COMISSÕES

Nova Gestão: Plenário elege composição das Comissões e vice-presidentes do CAU/BR para 2024

COMISSÕES

Comissão Especial de Políticas Afirmativas do CAU Brasil é aprovada durante a 136ª Plenária

COMISSÕES

24º Seminário Regional da CED estuda aperfeiçoamento do Código de Ética e Disciplina

COMISSÕES

CAU aprimora organização interna para aplicação do planejamento estratégico institucional

Pular para o conteúdo