CATEGORIA

IAB provoca sociedade a participar dos debates urbanos

reuniao_dn_janot

 

O coordenador de concursos do IAB e conselheiro pelo Rio de Janeiro do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), Luiz Fernando Janot, defendeu, na última reunião da Direção Nacional do IAB, no dia 3 de junho, a necessidade de se levar à sociedade o debate sobre a promoção da qualidade urbana. Para Janot, as conclusões do Seminário de Política Urbana Quitandinha+50 (Q+50), cujos eventos alcançaram todas as regiões do país em 2013, não podem se restringir ao círculo dos arquitetos.

 

Clique aqui para acessar o documento Relatório Final Q+50 – Uma agenda para as cidades

 

De frente para o futuro – Artigo de Luiz Fernando Janot

 

Para o urbanista, a cidade do século XXI deverá incorporar novos paradigmas no seu processo de desenvolvimento urbano. Ainda segundo Janot, é possível extrair aspectos relevantes das conclusões do Q+50, que devem ser contemplados nos programas dos candidatos às eleições municipais.

 

“O momento é propício para fazer uma reflexão sobre as transformações comportamentais que estão ocorrendo no mundo contemporâneo e as suas consequências na estruturação das cidades”, argumentou Janot.

 

O arquiteto recomendou ainda que o IAB e as demais entidades nacionais de arquitetura e urbanismo produzissem folders com as recomendações do Q+50 para serem distribuídos em órgãos governamentais e junto a políticos, parlamentares e futuros candidatos a prefeito. Ele sugeriu também que as reflexões promovidas no ciclo de seminários fossem divulgadas em revistas especializadas, universidades e veículos de comunicação.

 

 

FONTE: IAB

 

Publicado em 09/06/2016

MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CATEGORIA

Fórum de Presidentes do CAU/BR cumpre extensa pauta em Belo Horizonte (MG)

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Pular para o conteúdo