CATEGORIA

IAB-RS e CAU/RS anunciam vencedores de concurso

 

O IAB-RS e o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS) convidam a todos para a Premiação dos Vencedores do “Concurso Público Nacional de Arquitetura de Interiores para o Espaço do Arquiteto do CAU/RS.” O evento será realizado no Solar do IAB-RS, na Rua General Canabarro, 363, Centro de Porto Alegre, no dia 28 de setembro, a partir das 19h30. A equipe vencedora do concurso será contratada para o desenvolvimento dos Projetos Executivos de Arquitetura de Interiores e Complementares para o Espaço do Arquiteto – CAU/RS, localizado no bairro Rio Branco da capital gaúcha, com remuneração de R$ 102.681,83.

 

Os trabalhos premiados serão divulgados simultaneamente ao evento no site oficial do concurso: www.iabrs.org.br/concursocaurs. A cerimônita terá terá transmissão ao vivo através da página do IAB-RS (www.youtube.com/user/iabrstv) e, após o evento, haverá a abertura da exposição contendo todos os trabalhos recebidos. Lançado no dia 22 de julho deste ano, a competição atraiu a atenção de profissionais de todas as regiões do país.

 

Serviço

 

Cerimônia de Premiação dos Vencedores do “Concurso Público Nacional de Arquitetura de Interiores para o Espaço do Arquiteto do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul – CAU/RS
Quando: 28 de setembro, quarta-feira
 
Horário: 19h30
Local: Solar do IAB-RS
Endereço: Rua General Canabarro 363, Centro Histórico de Porto Alegre
Entrada Franca

 

FONTE: IAB

 

Publicado em 26/09/2016
MAIS SOBRE: CATEGORIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CATEGORIA

Conferência das Cidades: espaço para discutir a implementação da política urbana para todo o país 

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Pular para o conteúdo