CONCURSO DE PROJETO

III Fórum Internacional: Projetos vencedores de Concursos de Arquitetura mostram desafios da sustentabilidade

 

No último dia do III Fórum Internacional de Conselhos, Ordens e Entidades de Arquitetura e Urbanismo do CAU Brasil, a principal atração  foi a apresentação dos projetos vencedores dos concursos Ecoparque Itaipu e Reformulação e Ampliação do Refúgio Bela Vista. Soluções propostas revelaram não apenas fundamentos e inovações arquitetônicas, mas também os desafios enfrentados pelos arquitetos e urbanistas no cenário da sustentabilidade. 

 

A Itaipu Binacional promoveu os dois concursos com apoio do IAB. O Refúgio Biológico Bela Vista, um dos atrativos turísticos da Itaipu, com cerca de 30 mil visitantes por ano, ganhou  um projeto arquitetônico de reforma, ampliação e qualificação de espaços. O escritório Tempo Arquitetos, de São Paulo, representado por Augusto Longarine e Luiz Sakata – em parceria com a RibasMarçal Arquitetura – apresentou o projeto vencedor. 

 

O projeto abrange a Casa do Sol e da Lua, Torre de Observação, Pergolado com cantina e sala de estar, Mirante e Recinto de Imersão. Augusto Longarine afirmou que o projeto exigiu abordar diversas escalas, do macrozoneamento ao edifício, visando atrair tanto turistas quanto a população local. 

 

 

SUSTENTABILIDADE

Complexidade da empreitada levou-os a pensar na interface com a exuberante natureza local, optando por métodos de construção modular para minimizar o impacto ambiental. “Pensamos em reduzir ao máximo o stress dos materiais sobre a natureza”, disse. 

 

Marcelo Ribas detalhou aspectos que minimizam o impacto nos animais soltos na reserva. “Escolhemos a cor vermelha porque é a menos visível aos olhos dos animais”, afirmou. “Tivemos consultoria de biólogos, veterinários, paisagistas e engenheiros.” 

 

Luiz Sakata descreveu a Torre de Observação, destacando suas três paredes não conectadas que proporcionam vistas panorâmicas para a usina, floresta e cidade. 

 

Revitalização do Refúgio Biológico Bela Vista (RBV). Projeto de Tempo Arquitetos e RibasMarçal Arquitetura

 

ECOPARQUE ITAIPU

O projeto do Ecoparque Itaipu foi apresentado pelo escritório AP Arquitetos, representado pelos arquitetos e urbanistas André Augusto Prevedello e Estevan Barin Moreira. Segundo André, a proposta busca integrar o parque à cidade, com foco na dinamicidade e leveza da arquitetura. 

 

“Para que a Arquitetura não se torne protagonista, ela precisa ser muito leve e dinâmica, com grandes vãos”, disse. “É uma Arquitetura que se transforma do dia pra noite, com estruturas semipermeáveis e membranas que filtram a luz.” 

 

Essa proposta se materializou no Pavilhão Principal e da Grande Tenda, aliada a um mirante de 20 metros de altura. Estevan Moreira enfatizou o projeto de experiências, com um espaço sensorial específico para autistas. “Nós projetamos experiências. Alameda reúne várias atividades, com passagens sombreadas, paredes de escalada e pista de skate. Escolhemos uma Arquitetura coadjuvante à natureza”, afirmou.

 

EcoParque Itaipu. Projeto de AP Arquitetos

 

Os arquitetos ressaltaram a importância do exercício do concurso como prática, destacando o papel do IAB na definição clara dos objetivos arquitetônicos. “Concursos são oportunidades para jovens arquitetos acessarem grandes projetos. É quase uma atividade lúdica, um momento de experimentação”, afirmou Luiz Sakata.

 

Confira a apresentação na íntegra:

 

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CONCURSO DE PROJETO

Fundepar lança concurso de Arquitetura para construção de planetário no Parque da Ciência

CONCURSO DE PROJETO

Abertas inscrições para o Concurso Nacional de Arquitetura do Memorial Erbo Stenzel

CONCURSO DE PROJETO

Arquiteto brasileiro, Caio Simonetti, vence concurso internacional de arquitetura minimalista

CONCURSO DE PROJETO

Fiocruz vai lançar Concurso Nacional para Projeto do Memorial sobre a Covid-19 em parceria com o IAB-RJ

Pular para o conteúdo