ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquiteto esloveno Joze Plecnik é tema de exposição em Brasília

A composição arquitetônica da capital da Eslovênia, Liubliana, tem a indiscutível marca de Jože Plečnik. A influência do arquiteto na cidade é tão grande que ela é apelidada pelos eslovenos como “A Liubiana de Plečnik”. É esse o título a exposição em homenagem a ele, que fica em cartaz de 28 de setembro a 13 de outubro no Palácio do Buriti, sede do Governo de Brasília. Depois, segue para a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília (UnB), onde fica aberta à visitação entre os dias 1º e 18 de novembro.

 

Entrada do Cemitério Žale é uma das obras mais marcantes de Plečnik na capital eslovena (Foto: Município de Liubliana)
Entrada do Cemitério Žale é uma das obras mais marcantes de Plečnik na capital eslovena (Foto: Município de Liubliana)

 

Inspirado pela arquitetura ateniense, o trabalho de Plečnik também pode ser visto em cidades como Praga, na República Checa; Viena, na Áustria; e Belgrado, na Sérvia. Plečnik é considerado um dos maiores arquitetos da história do leste europeu e do século XX. Prova disso é que diversas obras do esloveno foram indicadas para tombamento como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) em 2018.

 

“Plečnik é o maior arquiteto esloveno dos todos os tempos. Ele tem a mesma importância para a Eslovênia e a capital Liubliana que Oscar Niemeyer tem para Brasília e o Brasil”, afirma Mojca Grandovec, oficial de Cultura, Comunicação e Diplomacia Pública da Embaixada da Eslovênia. “Independentemente dos estilos de arquitetura do começo do século 20, ele desenvolveu o seu próprio estilo, atemporal e cheio de simbolismo. A sua Arquitetura oferece as soluções universais e ainda é atual”, afirma a oficial.

Igreja do Santíssimo Coração do Nosso Senhor, em Praga, projetada por Plečnik (Foto: Jynto/Flickr)
Igreja do Santíssimo Coração do Nosso Senhor, em Praga, projetada por Plečnik (Foto: Jynto/Flickr)

 

A mostra, que já foi apresentada em vários países, é promovida pela Embaixada da Eslovênia e marca os 145 anos de nascimento e 60 anos de morte do artista. A exposição celebra ainda os 25 anos do estabelecimento das relações diplomáticas entre a Eslovênia e o Brasil. Depois de Brasília, fica em cartaz em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife.

 

Além da exposição, em colaboração com o CAU/BR e com o IAB/DF, a Embaixada organizou palestras sobre Joze Plecnik ministradas pela arquiteta e urbanista Darja Kos Braga em várias faculdades de Arquitetura e Urbanismo da capital federal, como as do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), da Universidade Católica de Brasília (UCB) e do Centro Universitário IESB, que acontece dia 27 de setembro, às 19h30.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CAU/BR

Concurso CAU Brasil: resultado final das provas objetivas e resultado provisório da prova discursiva

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquiteto Washington Fajardo vai atuar na Divisão de Habitação e Desenvolvimento Urbano do BID

ARQUITETOS EM DESTAQUE

Arquitetura Modernista: New York Times indica Brasília como um dos melhores lugares para visitar 2024

IAB

IAB divulga nota com expectativas para a nova gestão do CAU Brasil

Pular para o conteúdo