CATEGORIA

Movimento As Cidades que Precisamos

 

 

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Espírito Santo (CAU/ES), lança no próximo dia 20 de dezembro, a campanha Movimento As Cidades que Precisamos. O evento, que envolverá arquitetos e urbanistas, estudantes de arquitetura e urbanismo, prefeituras e a sociedade organizada, contará com um passeio ciclístico de 4,5 quilômetros e faz parte das comemorações do Dia do Arquiteto, no dia 15 de dezembro. Apoiam este movimento o Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas no Estado do Espírito Santo (SINDARQ-ES), o Instituto dos Arquitetos do Brasil, Departamento do Espírito Santo (IAB/ES), a Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (FENEA) e a Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA).

 

O movimento marca o início de uma companha que será desenvolvida pelo CAU/ES, que pretende chamar a atenção da população e da sociedade organizada para a necessidade de aplicação de ações de sustentabilidade na criação, desenvolvimento e manutenção das cidades. “A nossa intenção é envolver os arquitetos, população e prefeituras em ações sociais de sustentabilidade, desenvolvimento e qualidade das cidades, garantindo uma vida melhor para as futuras gerações”, destacou Tito Augusto Abreu de Carvalho, presidente do CAU/ES.

 

A saída do passeio ciclístico será feita do estacionamento da Praça dos Namorados, passando pela avenida Adalberto Simão Nader até o quiosque sete e chegada no Píer Iemanjá, em Camburi. No local da chegada, os estudantes de arquitetura e urbanismo, irão instalar um “parklet”, espécie de área de lazer e descanso, usando madeiras recicladas utilizadas na fabricação de pallets para transportes de cargas.

 

O termo “parklet” foi usado pela primeira vez em San Francisco, nos EUA, para representar a conversão de um espaço de estacionamento de automóveis num miniparque recreativo. O conceito de Parklet incluí tanto os espaços anteriormente ocupado por carros, bem como os espaços que podem também ativar uma determinada área de uma rua, bairro ou cidade.

 

O objetivo dos parklets é aumentar o espaço por pessoa nas cidades, tornando ruas e bairros mais humanos e amigáveis, ativando a recreação, comércio local e restringindo o espaço dos automóveis nas cidades.

 

Publicado em 09/12. Fonte: CAU/ES

MAIS SOBRE: CATEGORIA

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

CATEGORIA

Fórum de Presidentes do CAU/BR cumpre extensa pauta em Belo Horizonte (MG)

ATENDIMENTO E SERVIÇOS

Central de Atendimento do CAU/BR não funcionará na Sexta-feira Santa

ACERVOS

Seminário TOPOS:  CAU/BR e FAU/UnB promovem debate sobre a importância de acervos e arquivos de urbanismo no país 

#MulherEspecialCAU

“Arquiteta, na solidão da sua profissão, seu nome pede valorização!”, defende Tainã Dorea

Pular para o conteúdo